Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Resumo sobre Maquiavel

Resumo sobre Maquiavel

Ratings: (0)|Views: 17 |Likes:
Published by Patric Rodrigues

More info:

Published by: Patric Rodrigues on Jul 25, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/14/2012

pdf

text

original

 
RESENHA: O PríncipeNome: Patric RodriguesDisciplina: Teoria política IIEsta resenha é baseada na obra Nicolau Maquiavel denominada
“O Príncipe”
contendo 26 capítulos relacionados diretamente com formas de governo é ummanual de como manter-se no poder, a primeira edição do livro aconteceu noano de 1532, dezenove anos pós ser escrito, na obra destinada ao governo daépoca ele deixa claro que o uso da força e leis bem elaboradas seriam osprincipais fatores para manter um governo, se o Príncipe usa-se dessas
“artimanhas” de uma forma correta e moder 
ada o mesmo manteria-se no poder por muito mais tempo ou então conseguiria uma estabilidade governamental.Segundo ele um governo não funcionaria apenas com uso de leis bemelaboradas e que quando necessário o uso de força bruta este deveria ser feito, mas apenas em casos extremos, a ideia dele é que muitas vezes ações
geram reações e a “violência” exercida pelo príncipe ape
nas era um reflexo deum povo que necessitava de educação por estes meios.Maquiavel fala nos primeiros capítulos sobre como se manter no poder, nistoele cita que um príncipe hereditário tem mais chances de continuar no poder aum príncipe incorporado ao um estado com tradição hereditária onde a coroa épassada de pai para filho e assim sucessivamente, ele também especifica quea queda de um governo é sempre causada pela negligencia de quem está afrente do poder, e que mesmo em tempos de paz é necessária uma atençãoespecial quanto a um possível estado de guerra, pois a sorte pega osdesprevenidos, e mesmo o mais virtuoso dos príncipes deve estar com o focona mesma. Todo aquele que é contra o seu governo logicamente se tornar uminimigo seu.O autor fala que um príncipe para dominar um Estado já dominado precisariadevastar o que ali existia, mas também poderia apenas extorquir em forma deimpostos os recursos oferecidos pelo mesmo e deixar com que os habitantesali presentes continuassem a viver conforme suas leis e costumes, o autor grifaque um povo que tem por habito viver em liberdade jamais se curvaria dediante de um príncipe no caso deste querer conquistar uma republica, nestecaso o mesmo deveria agir antes de ser instalada esta forma de governo nasterras que ele visa ser suas. Um novo governante sempre deverá procurar ter como aliado os cidadãos, pois somente desta forma eles deixaram ser 
dominados, estes devem ver o príncipe como um “homem bom” e não como
um tirano, ele não precisa do ódio dos seus súditos e sim da fidelidade deles.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->