Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E O SURGIMENTO DO SERVIÇO SOCIAL

A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E O SURGIMENTO DO SERVIÇO SOCIAL

Ratings: (0)|Views: 912 |Likes:
Published by Káttia Gonçalves

More info:

Published by: Káttia Gonçalves on Aug 01, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/01/2014

pdf

text

original

 
A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL E O SURGIMENTO DO SERVIÇOSOCIAL
 A Revolução Industrial no século XIX possibilitou a ascensão do capitalismoindustrial o que significava para os operários a exploração de suas própriasvidas, foi aí que o proletário começou se reconhecer como classe. O capital,como relação social de produção, tem como característica e condição aexpansão de valor e a faz, face a classe assalariada. Diante de tamanhaexploração surgiu uma onda crescente de manifestações operárias, mas aindanão tinham força organizativa, nem objetivos centrados, daí percebeu-se aimportância das associações. Porém, só através da união massiva dostrabalhadores, em 1824 na Inglaterra eles ganharam o direito de se reuniremem associações. O movimento dos trabalhadores tornara-se cada vez maisorganizado politicamente e o proletário era uma presença marcadamentesignificativa no cenário social. Isso e os enormes problemas sociais produzidospela expansão do capitalismo causaram uma inquietação na burguesia, nosentido de desestabilizar sua ordem social. A burguesia usou como estratégiaas práticas assistenciais como forma de ratificar tais sujeições e apareceu comum falso discurso humanitário baseado na igualdade e na harmonia entre asclasses, na verdade ela queria se apropriar da prática social para submetê-laaos seus desígnios. O Serviço Social surge, portanto como criação típica do
 
capitalismo, articulada com um projeto de hegemonia do poder burguês. As formas de assistência vigentes eram repudiadas pelo proletário, quelutava por medidas mais amplas de política social. Temerosa e assustada, aclasse dominante procurava pensar em estratégias que contivessem asameaças que colocavam em risco as suas propriedades. Assim, diante detamanha expansão da pobreza, já não se podia mais restringir a assistênciaaos pobres às iniciativas de particulares ou da Igreja; era preciso mobilizar opróprio Estado. Foram conferidas às práticas assistenciais novos padrões deeficácia e racionalidade. A expansão do número de agentes foi notável noúltimo terço do século XIX.No início do século XX, o Serviço Social estava presente na maioria dospaíses europeus e nos EUA.
Com isso a Revolução Industrial surgiu para reivindicar os direitos daclasse trabalhadora denominada como proletariados, que eraminjustamente discriminados com seus baixos salários. Vendo também umaanálise crítica do entendimento pessoal sobre esses fatores que foramimportantes para o surgimento do Serviço Social.
 
Esses fatores foram essenciais, pois existiam muitas desigualdades sociais,que foram causando e ativando as revoluções em vários lugares,principalmente na Europa. Por causa dessas revoluções surgiram váriasmanifestações por direitos melhor, tanto social quanto no trabalho,manifestações causadas pelos proletariados (classe trabalhadora),

Activity (2)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->