Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Acidente Envolvendo Os Olhos - Enfermagem

Acidente Envolvendo Os Olhos - Enfermagem

Ratings: (0)|Views: 0 |Likes:
Published by Nilton Goulart

More info:

Published by: Nilton Goulart on Aug 05, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/01/2014

pdf

text

original

 
708
ACIDENTES DE TRABALHO ENVOLVENDO OS OLHOS: AVALIÃO DE RISCOSOCUPACIONAIS COM TRABALHADORES DE ENFERMAGEM
1
Cristiana Brasil de Almeida 
Lorita Marlena Freitag Pagliuca 
Ana Lourdes Almeida e Silva Leite 
Almeida CB, Pagliuca LMF, Leite ALAS. Acidentes de trabalho envolvendo os olhos: avaliação de riscosocupacionais com trabalhadores de enfermagem. Rev Latino-am Enfermagem 2005 setembro-outubro;13(5):708-16.
Objetivou-se identificar trabalhadores de enfermagem que sofreram acidentes oculares e o tipo de acidente; descrever as providências tomadas e propor metodologias de Educação em Saúde. Estudo descritivo,exploratório, realizado em maternidade pública, de setembro de 2002 a janeiro de 2003. A coleta de dados ocorreu por meio de observação direta do ambiente e entrevista com os trabalhadores. Os sujeitos foram dez profissionais de enfermagem (uma enfermeira, duas técnicas e sete auxiliares) que sofreram acidente de trabalho envolvendo o olho. Os acidentes agruparam-se de acordo com o tipo de material causador do trauma: com substância química (4), com medicações (3), por trauma mecânico (1), escalpe (1) e urina (1). Diante dos resultados encontrados, é interessante enfatizar que trabalhadores hospitalares estão propícios a acidentes de trabalho porque o ambiente oferece riscos biológicos, químicos e físicos. Uma importante medida para impedir a ocorrência de novos acidentes seria a prevenção dos erros humanos, mediante adoção de treinamento contínuo dos profissionais e uso de óculos de proteção.DESCRITORES: saúde ocular; trabalhadores; riscos ocupacionais; enfermagem 
LABOR ACCIDENTS INVOLVING THE EYES: ASSESSMENT OFOCCUPATIONAL RISKS INVOLVING NURSING WORKERS
The study aimed at identifying nursing workers who were victims of eye accidents and the type of accident; describing the measures taken and proposing Health Education methods. A descriptive and exploratory study was carried out at a public maternity hospital from September 2002 to January 2003. Data were collected through direct observation of the environment and interviews with workers. Subjects were ten professionals (one nurse, two technicians and seven nursing auxiliaries) who were victims of work accidents involving the eye. The accidents were grouped according to the type of material that caused the trauma: chemical substances (4), medication (3), mechanical trauma (1), scalp (1) and urine (1). The results reveal that hospital workers are vulnerable to labor accidents because the environment presents biological, chemical and physical risks. An important step to prevent the occurrence of new accidents would be the prevention of human mistakes through permanent training and the use of protection glasses.DESCRIPTORS: eye health; workers; occupational risks; nursing 
ACCIDENTES DE TRABAJO INVOLUCRANDO LOS OJOS: EVALUACIÓN DERIESGOS LABORALES CON TRABAJADORES DE ENFERMERÍA
El objetivo fue identificar a los trabajadores de enfermería que sufrieron accidentes oculares y el tipo de accidente, describir las medidas tomadas y proponer metodologías de Educación en Salud. Estudio descriptivo,exploratorio, realizado en una maternidad pública, de septiembre/2002 a enero/2003. Se recopiló los datos mediante observación directa del ambiente y entrevista con los trabajadores. Diez profesionales del equipo de enfermería (una enfermera, dos técnicas y siete auxiliares) sufrieron accidentes de trabajo involucrando el ojo. Se agrupó los accidentes según el tipo de material causador del trauma: sustancia química (4); remedios (3); trauma mecánico (1); escalpe (1) y orina (1). Ante los resultados encontrados, es importante enfatizar que los trabajadores de hospitales están propensos a accidentes de trabajo porque el ambiente ofrece riesgos biológicos, químicos y físicos. Una medida importante para impedir que ocurran nuevos accidentes sería la prevención de errores humanos, adoptando entrenamiento continuado de los profesionales, y uso de gafas de protección.DESCRIPTORES: salud ocular; trabajadores; riesgos laborales; enfermería 
1
Trabalho realizado no Projeto Saúde Ocular, CNPq/Universidade Federal do Ceará;
2
Enfermeira, Mestranda em Enfermagem, Bolsista Capes;
3
Enfermeira,Doutor, Professor Titular da Universidade Federal do Ceará, Pesquisador do CNPq, e-mail: pagliuca@ufc.br;
4
Enfermeira do Trabalho, Gerente da qualidadeda Unidade de Farmacologia da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará
Artigo Original 
Rev Latino-am Enfermagem 2005 setembro-outubro; 13(5):708-16www.eerp.usp.br/rlae
 
709
INTRODUÇÃO
acidente de trabalho caracteriza-se poruma interação direta, repentina e involuntária entrea pessoa e o agente agressor em curto espaço detempo. Esse tipo de acidente está relacionado aosriscos ocupacionais, ou seja, aos elementos presentesno ambiente de trabalho que podem causar danos aocorpo do trabalhador, ocasionando doençasocupacionais adquiridas em longo prazo
(1)
. No casodos trabalhadores hospitalares, entre os riscos a queestão expostos sobressaem: os agentes físicosambientais (calor, frio, ruído e radiações); os agentesquímicos (detergentes, desinfetantes, medicamentoscomo os antibióticos de última geração); os agentesbiológicos (vírus, bactérias) e as doenças do trabalho(problemas de coluna, estresse, fadiga, hipertensão,etc). Tais riscos ocupacionais podem afetar a visãodesses profissionais
(2)
.A enfermagem constitui a maiorrepresentatividade de pessoal dentro do hospital esua primordial atividade caracteriza-se na promoçãoda saúde a um número elevado de pessoas. Nodesempenho dessas atividades, entretanto, impõem-se rotinas, elevada carga horária semanal eprocedimentos executados com reduzido quadro deprofissionais para cumprir essas funções
(3)
.O estudo sobre as condições de saúde dosprofissionais de enfermagem da área hospitalar develevar em consideração a complexidade das relaçõesentre saúde e trabalho, como os acidentes de trabalhoe as doenças de origem profissional. Nesse sentido,as atividades decorrentes do trabalho são, às vezes,responsáveis por danos físicos em virtude da falta deconhecimento sobre medidas preventivas e do usoincorreto de equipamentos de proteção.Especificamente, os danos oculares ocorrem em razãoda presença de partículas em suspensão no ar, dasmás condições ambientais e do manuseio inadequadode produtos agressivos ao aparelho visual. A visãoperfeita é o ideal para todas as pessoas. Mas ostrabalhadores de enfermagem, particularmente,necessitam de visão acurada para o exercício de suasatividades profissionais. Por outro lado, estãoexpostos a riscos oculares decorrentes de agentesquímicos, físicos e biológicos. A equipe de enfermagementra em contato com substâncias, produtos químicosem geral (soluções químicas e fármacos); com riscobiológico (material orgânico contaminado), esforçofísico e visual (leitura das prescrições, graduação daseringa, rótulo da medicação, gotejamento de soro),com objetos perfurocortantes, postura inadequada,trabalho noturno, arranjo do ambiente, materiais eiluminação inapropriados que se configuram fontesde risco permanente para esses trabalhadores
(4)
. Ocenário hospitalar representa ambiente de intensosriscos oculares, especialmente para o pessoal daenfermagem. Diante disso, objetivou-se caracterizaro ambiente; identificar os trabalhadores deenfermagem que sofreram acidentes oculares e o tipode acidente; descrever as providências tomadas apóso acidente e propor metodologias de Educação emSaúde.
MATERIAL E MÉTODO
Estudo descritivo, exploratório, pois visadescrever os fenômenos pesquisados por meio daobservação, descrição e classificação do objeto deestudo, como também explorar as dimensões dessefenômeno
(5)
. Desenvolveu-se no Setor de SaúdeOcupacional de uma maternidade pública de referênciado Estado do Ceará, uma das poucas instituições nacidade a dispor desse tipo de serviço dirigido atrabalhadores na área hospitalar.A população compôs-se de 224 trabalhadoresde enfermagem que atuam nos diversos setores damaternidade. Os profissionais foram questionadosprimeiramente se já haviam sofrido acidente detrabalho com comprometimento ocular. Do total, dezprofissionais de enfermagem informaram terem sidoacometidos por esse tipo de acidente, os quaisconstituíram a amostra estudada.A coleta de dados iniciou-se em setembro de2002 e foi concluída em janeiro de 2003. Os setoresda maternidade foram visitados e analisados sobreos possíveis riscos ocupacionais oferecidos peloambiente físico. Por meio da técnica de observaçãopassiva, a avaliação ambiental realizou-se com orecurso de um
chek list 
, contendo breve descriçãodo setor avaliado, juntamente com as condições deiluminação, ventilação, temperatura do ambiente e otipo de atividade e material utilizado em cada setor.Ao mesmo tempo, os trabalhadores foram abordadospara se identificar aqueles que, em algum momentoda vida profissional na instituição, haviam sofridoacidente envolvendo o olho. Os profissionais foramquestionados sobre os temas por meio de um planode entrevista, interrogando: como ocorreu o acidente
Rev Latino-am Enfermagem 2005 setembro-outubro; 13(5):708-16www.eerp.usp.br/rlaeAcidentes de trabalho...
Almeida CB, Pagliuca LMF, Leite ALAS.
 
710
de trabalho; que providências foram tomadas após oacidente e quais as conseqüências sofridas após oacidente de trabalho. Os dados foram apresentadosquanto à análise do ambiente de trabalho e nos relatosdos acidentes de trabalho descritos pelostrabalhadores. Fez-se esse agrupamento de acordocom o tipo de material que causou o acidente.O projeto de pesquisa foi autorizado pelainstituição e pelo Comitê de Ética e Pesquisa daUniversidade Federal do Ceará. Depois de recebereminformações acerca da pesquisa, os participantesassinaram um termo de consentimento, sendo-lhesgarantido o direito ao anonimato e a se retiraremquando achassem conveniente.
RESULTADOS
A apresentação dos resultados descreve oambiente de trabalho; em seguida, agrupa os relatosdos trabalhadores que sofreram acidente de trabalhoenvolvendo a visão e, por fim, sugere metodologiasde Educação em Saúde. A amostra foi constituída pordez profissionais de enfermagem: uma enfermeira,duas técnicas e sete auxiliares de enfermagem, todasdo sexo feminino e vítimas de algum tipo de acidentede trabalho com comprometimento do olho. Paramelhor avaliação desses acidentes, os casos foramagrupados de acordo com o tipo de material quecausou o trauma à saúde ocular do trabalhador.Descrição do ambiente de trabalhoOs setores avaliados foram: Enfermarias dePuérperas e Parturientes, Alojamento Conjunto,Berçário de Baixo Risco, Emergência e Sala de Parto.As Enfermarias de Puérperas e Parturienteslocalizam-se no 1º andar da instituição e compõem-se de 17 unidades, no total de 88 leitos. As enfermariasestão dispostas nos dois lados de amplo corredor quemede cerca de 60 metros de comprimento. Possuium posto de enfermagem que dispõe de iluminaçãonatural e artificial. A ventilação é natural comtemperatura variando entre 23ºC e 26ºC. Osmateriais usados são: agulhas, seringas, dispositivosintravenosos, esfignomanômetro e estetoscópio.O Alojamento Conjunto é uma sala deaproximadamente 20 metros de comprimento por 12metros de largura, onde ficam dispostos os prontuáriosdos recém-nascidos. Há uma pia e embaixo dela umarmário que é utilizado para higiene e depósito demateriais. Possui duas mesas, cinco carteiras, trêscadeiras, um ventilador de teto, uma geladeira usadapara armazenar e conservar as vacinas e um balcãocom outro armário embaixo. A iluminação é naturale artificial e a ventilação é natural, somente. Atemperatura é agradável, em torno de 24ºC, variandocom a do ambiente externo. Os materiais usados nosetor são iguais aos do setor anterior, acrescentando-se as vacinas BCG e Hepatite B, preparadas pelaenfermeira.O Berçário de Baixo Risco é uma sala deaproximadamente 11 metros de largura por 8 metrosde comprimento, com capacidade para 16 leitos derecém-nascidos em observação. Há um balcão ondesão preparadas as medicações e a alimentação dosbebês. Nele, encontram-se também duas pias comarmários, onde são guardados os materiais deconsumo como: seringas, agulhas, fraldasdescartáveis etc. A iluminação da sala é somenteartificial. O ar condicionado mantém a temperaturado ambiente em torno de 22ºC. No setor, utilizam-seagulhas e dispositivos intravenosos paraadministração das medicações. Os profissionaisentram em contato com as secreções fisiológicas dosrecém-nascidos, ficando expostos a agentesbiológicos que podem agredir o aparelho visual.A Emergência possui duas salas amplas, aprimeira reservada para a observação das pacientes,conta com cinco leitos e mede aproximadamente 15metros de comprimento por 6 metros de largura. Asegunda sala é maior, com dois leitos no corredor deentrada e outros quatro leitos no segundo corredor.Os leitos são individualizados e fechados com cortinas,para garantir a privacidade das pacientes. Ailuminação é artificial com lâmpadas fluorescentes. Aventilação é por meio de condicionadores de ar, comtemperatura em torno de 20ºC e 24ºC. Os materiaisutilizados no setor são agulhas, seringas e dispositivosintravenosos para administrar medicações por viaendovenosa. Nesse momento, há o contato comsecreções das pacientes.A Sala de Parto é subdividida em quatroenfermarias. A primeira possui três leitos e éreservada para gestantes em trabalho de partoprematuro. Mede aproximadamente 10 metros decomprimento por 7 metros de largura. A segundacontém seis leitos, mede cerca de 14 metros decomprimento por 10 metros de largura. A terceirapossui quatro leitos, mas há uma porta de
Rev Latino-am Enfermagem 2005 setembro-outubro; 13(5):708-16www.eerp.usp.br/rlaeAcidentes de trabalho...
Almeida CB, Pagliuca LMF, Leite ALAS.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->