Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
2012-4851-OG-070812

2012-4851-OG-070812

Ratings: (0)|Views: 473 |Likes:
Published by Thales Nascimento

More info:

Published by: Thales Nascimento on Aug 08, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/27/2013

pdf

text

original

 
CHICO
— Ligue não... Eles falam da boca pra fora!
Vitóriaem Marte
O robô Curiosity, deUS$ 2,5 bilhões, fez umpouso perfeito, ontem,em Marte para buscarsinais de vida. A missãoé a mais sofisticada jálançada.
PÁGINA 30
ROBYN BECK/AFP
Opai.
PeteTheisinger,daNasa
Arthur Zanetti, de 22 anos e 1,56m, con-quistou ontem o segundo ouro para o Brasilem Londres. Ele venceu a prova de argolas,dando a primeira medalha na ginástica aopaís. Com ótima atuação, superou o chinêsYibing Chen, campeão olímpico e tetramundial, que ficou com a prata. No vôlei depraia, Alison/Emanuel está na semifinais.
A CRUZ DEOURO EMLONDRES
Perfeição.
Arthur Zanetti faz a cruz nas argolas para conquistar a inédita medalha de ouro
IVO GONZALEZMURAD SEZER/REUTERS
Medalhagarantida.
Adriana Araújo eEsquiva Falcão estão nas semifinais do boxee já garantiram, no mínimo, o bronze
OGLOBO
TERÇA-FEIRA, 7 DE AGOSTO DE 2012
ANO LXXXVIII - Nº 28.855
IrineuMarinho
(1876-1925) (1904-2003)
RobertoMarinho
RIO DE JANEIRO
oglobo.com.br
No cargo há dois meses, opremier sírio, Riyad Hijab,desertou do regime de Assad,que classificou comoterrorista e assassino. Ele se juntou aos rebeldes, fugindopara a Jordânia, com doisministros e três militares dealta patente.
PÁGINA 27
Premier foge de‘regime terrorista’
NovadeserçãonaSíria
 A polícia identificou o autordo massacre contra umtemplo sikh, que matou seisem Wisconsin, como WadeMichael Page, ex-militar de 40anos, com participação emmovimentos de supremaciaracial e fundador de umabanda neonazista.
PÁGINA 28
Autor era músicoe neonazista
MassacrenosEUA 
Depois de dizer que levou“sistematicamente” aogoverno a questão dadefasagem de preços doscombustíveis (acima de 20%),Graça Foster, presidente daPetrobras, promete cortarcustos.
PÁGINA 21
e editorial “Casotípico de gestão temerária”
Petrobras agoravai reduzir custos
Depoisdoprejuízo
Um teste em nove áreaspúblicas do Rio com acessogratuito à internet revela quesó em duas delas o serviçofunciona bem. O problema vem desde que o estadoassumiu a operação e amanutenção da rede.
PÁGINA 12
Wi-fi só funcionaem duas de 9 áreas
Conexãoimpossível
Os servidores da PolíciaFederal farão operação-padrão em vários setores,inclusive o de emissão depassaportes, que fica restrita acasos de urgência. Eles pedema saída do chefe da PF,Leandro Daiello.
PÁGINA 22
PF deve entrarem greve hoje
Sempassaporte
SEGUNDOCADERNO
João Emanuel Carneirofala sobre sua rotina detrabalho, o sucesso de“Avenida Brasil” eentrega algumasviradas nabem-sucedidatrama danoveladas 21h.
Mobilização sópelo Twitter
PÁGINA 5
OsadvogadosdeJoséDirceu,ex-chefe da Casa Civil; JoséGenoino, ex-presidente doPT;DelúbioSoares,ex-tesou-reirodoPT;eMarcosValério,lobista que operou o mensa-lão,lançarammãodeestraté-gias parecidas: todos alega-ram que não há provas nosautosdoqueoMinistérioPú-blico Federal sustenta ter si-do uma organização crimi-nosa,todosnegamterhavidocompra de votos de deputa-dos e todos empurram asresponsabilidades uns paraos outros, de forma que pos-samseeximirdeculpa.Oad- vogado de Dirceu rebateu asacusações: “Meu cliente nãoéquadrilheiro.OdeDelúbioadmite que ele fez caixa doisna campanha do PT, crime jáprescrito que não pode levarninguémàcondenação.Ode Valério só reconhece que ha- via caixa dois.
PÁGINAS 3 a 8,
Mí-riam Leitão e Merval Pereira
Só Delúbio assumecrime. E já prescrito
ususamaticadeempurrararesponsabilidadeunsparaosoutros
DirceualegaquenãomandavanoPT;Genoino,quenãocuidavadodinheirodopartido;Delúbio,queadministravaasfinanças,masnãonegociavaapoioparlamentar;Valério,quefezempréstimoslegais.Nofim,sóadmitemcaixa2
 AHORADOMENSALÃO
_
Confissão.
Arnaldo Malheiros, advogado de Delúbio, admite caixa 2
ANDRÉ COELHO
HojenoSTF
Advogados de Rogério Tolentino,Cristiano Paz, Kátia Rabello,Simone Vasconcelos e Geiza dosSantos farão a sustentação oralde seus clientes.
PÁGINA 6
RichardCragun,
aos 73
DIVULGAÇÃO
Bailarino americano foiparceiro de MárciaHaydée por 36 anos.
HojenaTV
11h:BrasilxRússia,
vôlei feminino/quartas
15h45:BrasilxCoreiadoSul,
futebolmasculino/quartas
Riquezada floresta
 Amazôniaabrigaamai-or diversidade de vidado mundo, mas enfren-ta um problema crôni-co: faltam recursos e ci-entistas para desvendaresse patrimônio.
O PAI DE NINAE CARMINHA
       M        Ô       N       I       C       A       I       M       B       U       Z       E       I       R       O
Celso BluesBoy,
aos 56
DIVULGAÇÃO
Guitarrista de “Aumentaque isso aí é rock’n’roll”sucumbiu a um câncer.
OBITUÁRIO
EdiçãoMetropolitana-
Preço deste exemplar no Estado do Rio de Janeiro
R$2,50
- Circulam com esta edição: Classificados, Segundo Caderno, Revista O GLOBO Amanhã e caderno Esportes: 90 páginas
Supremo afago
 
2
l
OGLOBO
Edição
Terça-feira 7.8.2012
Página2
P
ara a cobertura do julga-mento do mensalão noSupremo, coube à edito-ra de País do GLOBO,
Fernan-da da Escóssia
, buscar a me-lhor maneira de traduzir o “ju-ridiquês”dassessõesparafaci-litar a compreensão do leitorque acompanha, seja em tem-porealnosite,ounojornalim-presso no dia seguinte, os des-dobramentos do caso.Foientãoquesurgiuaparce-ria com o Centro de Justiça eSociedade da Fundação Getú-lio Vargas/Direito Rio, que um mês auxilia a Redação noentendimento das argumenta-ções jurídicas.— Embora seja mais comple- xo fazer um trabalho desseslongedaRedação,acompanharo julgamento com os advoga-dos da FGV nos ajuda a enten-der melhor o que está sendodiscutido no STF e nos dá maissegurança na hora de explicarpara o leitor — ressalta o editorassistente
LeonardoPimentel
,que coordena a cobertura naFGV com outros dois profissio-naisquealimentamoambienteespecial minuto a minuto.O site do GLOBO conta comeste ambiente onde é possívelconferir todas as informaçõessobre o julgamento no STF, doseu início até a votação final.— O conjunto da coberturaoferece ao leitor/internautainformações qualificadas em várias mídias, com as notíciasdo dia, a análise dos especia-listasereportagensmaisapro-fundadasparaaediçãoempa-pel do dia seguinte — afirmaFernanda.
l
Mensalãotraduzido
DOMINGOS PEIXOTO
Temporeal.
Jornalistas acompanham o julgamento na FGV/Direito Rio
OGLOBO PorDentroLoterias
l
O leitor deve checar os resultados em agências oficiais e no site da CEF porque, com os horários de fechamento do jornal, os números aqui publicados, divulgados sempre no fim da noite pela CEF, podem eventualmente estar defasados.
LOTOFÁCIL
788
l
01
l
03
l
04
l
08
l
09
l
10
l
11
l
12
l
16
l
19
l
21
l
22
l
23
l
24
l
25
QUINA
2.962
l
02
l
17
l
20
l
60
l
68
NA PÁGINA 6 DO OLIMPÍADAS 2012:
“Após o medo da eliminação,vitória garante vaga nas quartasde final”. “Mas sair de umasituação extremamente difícil,como essa que saímos, abre umagrande oportunidade.” Erro deregência. Certo: “Mas sair de umasituação extremamente difícil,como essa de que saímos, abreuma grande oportunidade.”
NA PÁGINA 3 DO SEGUNDO CADERNO:
“Bienal do Livro de SP pretendeatrair 800 mil ao Anhembi”.“Lygia Fagundes Telles ganharáuma homenagem extra-oficial.”Com a reforma, o prefixo “extra-”só tem hífen antes de “h” e “a”.Certo: “...homenagem extraoficial.
U
 Autocrítica
NAWEB
oglobo.com.br
Leia a íntegra da coluna
Resumo da crítica feita e supervisionada pelosprofessores Ozanir Roberti e Sérgio Nogueira,sob a coordenação do jornalista Aluizio Mara-nhão. Distribuída todos os dias na Redação doGLOBO.
a
Leiatambémnestaedição
O acervo inclui originais detodas as versões das medalhascunhadas desde a primeiraedição contemporânea dosJogos, em 1896.
RIO, PÁGINA 20
RioteráexposiçãosobrehistóriadasOlimpíadas
Dezesseis policiais egípciosmorreram no ataque atribuídoa jihadistas, que tentaraminvadir Israel com blindadosroubados.
MUNDO, PÁGINA 29
EgitoenviahelicópterosaoSinaiapósataque
O ex-presidente comeu umabacalhoada ontem com apresidente Dilma paracomemorar os resultados deexames de saúde.
PAÍS, PÁGINA 11
MédicosliberamLulaparafazercampanha
O governo vai deportar 1.600do total de detidos emoperação em Atenas, batizadade Zeus Xenios, deus dahospitalidade.
MUNDO, PÁGINA 29
Gréciadetém6milimigrantesilegais
O desabamento de uma lajena obra do Estádio ManéGarrincha, em Brasília, sededa Copa de 2014, feriu ontemcinco operários.
OLIMPÍADAS 2012
AcidentefereoperáriosnoManéGarrincha
Nem rachaduras visíveisforam suficientes. Foipreciso um estalo, quedeixou os moradoresem pânico, e um prédiode 3 andares seentortar e se escorarnum outro para que aDefesa Civil decidissedemolir 4 edifícios emRio das Pedras. Todoscorrendo risco dedesabar, erguidosprecariamente sobreterreno instável.
l
 A 
DRIANA 
O
LIVEIRA 
,
adriana@oglobo.com.br
Antes queseja tardedemais
 Visões
FOTO: PABLO JACOB
Entre os 21,3 mil candidatosno estado, 2.700 foramindeferidos pela JustiçaEleitoral, revela o TSE. Aindacabe recurso.
PAÍS, PÁGINA 10
10%doscandidatosmregistronegadonoRio
Documentos apreendidospela Polícia Federal mostramque bicheiro pagou R$ 680 mila escritório de advocacia desubprocurador.
PAÍS, PÁGINA 9
BrindeiroatuouemdefesadeCachoeira
Com a venda de parte de suasações na holding para oCasino, o grupo francêsassume o controle da rede varejista.
ECONOMIA, PÁGINA 23
AbilioDinizcomeçaadeixarodeúcar
Metalúrgicos de São José dosCampos devem aprovarafastamento remunerado aténovembro.
ECONOMIA, PÁGINA 22,
eeditorial “Lição de Detroit”
TrabalhadoresdaGM votamhojeproposta
O ator americano participoude comício em Valencia, naque é considerada a maisárdua campanha de Chávez àreeleição.
MUNDO, PÁGINA 29
SeanPennécaboeleitoraldeChávez
 A Secretaria Nacional doConsumidor notificou dezbancos por cobrar caro portarifa de cadastro ao financiar veículos.
ECONOMIA, PÁGINA 25
Bancossãonotificadosporcobrançaabusiva
O STF parece estar maisligado na realidade
SEGUNDO CADERNO, PÁGINA 10
ARNALDOJABOR
MENSALÃO
a
Personagensdodia
James Hansen
Reabilitado porObama, o diretordo InstitutoGoddard da Nasadiz que as ondasde calor nos EUAsão resultado daação humana.
CIÊNCIA, PÁGINA 30
PIONEIRO DO CLIMAVOLTA À CARGA
AP
Jorge PauloLemann (InBev e Burger King),R$ 29,3 bilhõesde fortuna, teriaencostado em EikeBatista no rankingda “Forbes Brasil.
ECONOMIA, PÁGINA 23
NO TOPO DO RANKING,EMPATE TÉCNICO
F. LEMANN/BLOOMBERG
Jorge P. LemannCristiano Girão
O ex-vereador, queestá preso, tevebens e aluguéisde 22 imóveisbloqueados porordem judicial.Seu grupo recebiaR$ 80 mil por mês.
RIO, PÁGINA 14
GOLPE NAS FINANÇASDAS MILÍCIAS
LUIZ MORIER/ 9-9-2008
|
Panoramapolítico
|
_
A MINISTRA
Miriam Belchior (Planejamento) é amadrinha do novo secretário-executivo daSecretaria de Aviação Civil, Guilherme Ramalho.
_
ComSimoneIglesias,sucursaisecorrespondentes
panoramapolitico@oglobo.com.br
_
I
LIMAR 
F
RANCO
Ilimar@bsb.oglobo.com.br
_
 A CPI do Caso Cachoeira descobriu que umconsultor do Senado, especializado emDireito Penal, é advogado de AndressaMendonça, mulher do contraventor CarlosCachoeira. Ele integra a equipe do advogadoJosé Gerardo Grossi e recebe honorários paradefendê-la, e ganha um salário do Senado,mas não pode atuar nesta investigação. Osintegrantes da CPI estão constrangidos.
Dupla militância
Ao pé do ouvido
 A presidente da Petrobras,Maria das Graças Foster,garantiu que o cronogramade investimentos dasrefinarias em construçãonão irá atrasar, apesar doprejuízo de R$ 1,3 bilhão daestatal no segundotrimestre. Mas falandosobre o assunto com osgovernadores, tem aconselhado a procurarinvestidores estrangeiros para antecipar as obras.
MARCELO CARNAVAL/28-10-2010
_
“O Brasil se tornou um país dofaz-de-conta. Faz de conta quenão se produziu o maior dosescândalos nacionais, que osculpados nada sabiam”
MarcoAurélioMello
Discurso de posse na presidência do STF (4/5/2006)
_
Banco do Nordeste: Dilma x Cid
 A presidente Dilma resolveu contrariar ogovernador do Ceará, Cid Gomes (PSB), e estádecidida a nomear para a presidência do Bancodo Nordeste o ex-ministro dos Portos, Pedro Brito,que é funcionário de carreira da instituição. Britoatualmente é diretor da Antaq e está rompidocom os Ferreira Gomes desde a fase final dogoverno Lula. Cid Gomes fez tudo para vetarBrito, manifestando preferência pelo presidenteinterino, Paulo Ferraro. Para emplacar seu nome,Cid pediu o apoio do governador Jaques Wagner(BA-PT), mas não adiantou até agora. Dilma gostade Brito e quer na instituição alguém de suaconfiança e que tenha autonomia para trabalhar.
Aconteceu na quinta-feira (2)
No intervalo da sessão do STF, após rejeitarpedido do advogado Alberto Toron, o presidente Ayres Britto pergunta ao relator, ministro JoaquimBarbosa: “Você acha que fui muito ríspido?”. Aresposta: “Não, imagina. Logo o Toron...”.
Um memorial para Jorge Amado
Na solenidade do centenário de nascimento deJorge Amado, ontem, no Senado, a família doescritor e o governador Jaques Wagner (BA)retomaram negociações para transformar a casade Jorge Amado, em Salvador, num memorial.
Ibama quer superpoderes
 A Confederação Nacional dos Municípios e aCâmara Brasileira da Indústria da Construçãoatuam juntas na votação do Código Florestal. Asduas entidades se rebelam contra a tentativa doIbama de tirar dos municípios o poder de decidirsobre a ocupação do solo urbano. A senadora Ana Amélia (PP-RS) resume: “Eles querem aplicar naárea urbana o mesmo critério da área rural”.
Delta e financiamento eleitoral
 As consultorias a serviço do PSDB descobriramque a Delta mandou recursos para 16 empresasde fachada. A remessa mínima estimada é de R$291 milhões. Os tucanos suspeitam que essedinheiro foi para campanhas eleitorais em 2010.
Saia-justa
O candidato à reeleição em Curitiba, LucianoDucci (PSB), apoiado pelo governador tucanoBeto Richa, tem dado dor de cabeça ao PSDB doParaná. Sua campanha é só de elogios ao governoDilma. Os petistas apoiam Gustavo Fruet (PDT).
 
O QUE ALEGOUJOSÉ DIRCEU
EX-CHEFEDACASACIVIL
NÃO SABIA DE NADA DO PT
Dirceu não teria comandado quadrilhaporque sequer conhecia a forma usadapelo PT para organizar suas finanças, poisera chefe da Casa Civil de Lula. “Quandoele assumiu a chefia da Casa Civil, deixoude participar da vida do partido. Só se elefosse super-homem”. Negou uso do cargopara favorecer operadores do esquema
O QUE ALEGOUJOSÉ GENOINO
EX-PRESIDENTEDOPT
SÓ TRATAVA DEASSUNTOS POLÍTICOS
Ele não cuidava das finanças do PT, queera assunto de Delúbio. Os empréstimospor ele avalizados seriam legais. Nuncatratou de empréstimos com Valério.“Genoino cuidava das relações com ospartidos da base aliada em termospolíticos, não tratava de finanças”
O QUE ALEGOUMARCOS VALÉRIO
OPERADORDOMENSALÃO
CAIXA DOIS
Os empréstimos contraídos para o PTteriam sido legais. Não teria havido uso dedinheiro público ou compra de votos. Nãoacusa Dirceu ou Genoino. Houve caixadois, reconhecido por Delúbio. “O fatoprovado é o caixa dois de campanhaseleitorais. Delúbio lhe informou que o PTtinha dívidas de campanha”
O QUE ALEGOUDELÚBIO SOARES
EX-TESOUREIRODOPT
CAIXA DOIS
Delúbio não teria envolvimento comassuntos políticos, muito menos com apoioparlamentar. Não comprou votos, nemapoio. E reconhece o caixa dois: “Que eleoperou caixa dois de campanha, operou.Não nega. E ele não corrompeu ninguém,até porque não tinha atribuição de obterapoio político ou maioria parlamentar”
Terça-feira 7.8.2012
2ª Edição
O GLOBO
l
3
País
UMJULGAMENTOPARAAHISRIA
_
Jogo de empurra no STF
Defesa diz que Dirceu e Genoino não cuidavam de dinheiro do PT e que houve só caixa dois
-BRASÍLIA-
Integrantes do chamado núcleopolítico no processo do mensalão, o ex-chefedaCasaCivilJoséDirceu,oex-pre-sidentedoPTJoséGenoinoeoex-tesou-reirodoPTDelúbioSoaresunificaramasdefesas para alegar que não há provasnosautossobreoqueoMinistérioPúbli-cosustentatersidoumaorganizaçãocri-minosa. Também juntos, negaram terhavidocompradevotosdedeputadosmasusaramespéciedejogodeempurrapara se eximir de responsabilidade.O advogado de Dirceu disse que o cli-ente não cuidava de temas do PT. O deGenoino, que ele só tratava de aspectospolíticos — e que o homem do dinheiroeraDelúbio.Adefesadotesoureiroassu-miucaixadois,nãoligadoaoprocesso,prescritoe,porisso,nãopassíveldecon-denação. Os três são acusados de cor-rupção ativa e formação de quadrilha. AdefesadeMarcosValério,apontadocomo operador do mensalão e inte-grantedochamadonúcleopublicitário,também lançou mão do caixa dois, su-postamente cometido por Delúbio, pa-ra tentar se livrar dos cinco crimes aosquais responde: corrupção ativa, pecu-lato, lavagem de dinheiro, formação dequadrilha e evasão de divisas. Sócio de Valério em empresas de publicidade,Ramon Hollerbach também teve a de-fesa apresentada em plenário.
GRÁFICOS DISTRIBUÍDOS AOS MINISTROS
 A tese de que não há provas suficien-tes para condenação foi recorrente.— Ninguém dá notícia de compra oupedido de compra de voto de deputa-do, apesar das 300 testemunhas ouvi-das na instrução criminal — disse Mar-celo Leonardo, advogado de Valério.Euseiquenãosepodeexigirescri-tura ou confissão, mas a gente tem quetrabalhar com um mínimo de realida-de. E a realidade é essa, não dá paracondenar — afirmou Arnaldo Malhei-ros, defensor de Delúbio.— O mensalão nunca existiu. Falava(Roberto) Jefferson inicialmente de pa-gamentosperiódicos,regulares,deR$30mil a deputados. Há nos autos algumaprovadisso?Nãohánenhuma,nada,ab-solutamente nada — disse Luiz Fernan-do Pacheco, em nome de Genoino.Para sustentar melhor a tese, Malhei-ros preparou gráficos e distribuiu aosministros. Disse que, dos 394 depoimentos analisados, 337 não menciona-ramseucliente.Só39alegaramqueco-nheciam Delúbio da vida profissionalou partidária. Outras 14 disseram queconheciam o ex-tesoureiro de vista, ouda mídia. Malheiros disse que nenhu-ma testemunha conversara com o réusobre compra de votos ou ouviu falarnapossibilidade.Paraacontafechar,fi-caram faltando quatro testemunhas.Os advogados mostraram preocupa-ção com a opinião pública. José Luís deOliveira Lima, defensor de Dirceu, citouartigodeMalheirosquedizqueominis-tro Celso de Mello “nunca se deixoupressionar por forças políticas, pela im-prensa ou pela opinião pública”:— Tenho certeza de que essas virtu-des refletem as virtudes de todos os in-tegrantes desta Corte.Malheiros citou passagem bíblica emqueogovernadorromanoPôncioPilatospede ao povo para escolher entre a con-denaçãodeJesuseBarrabás,umladrão:— Como é nocivo o juiz que vai até asacadaperguntaraopovooqueelequer.Solta Barrabás, condena Jesus e depoislavaasmãos,masaconsciênciaoperse-gue.Issonãopodeserfeito.Ojulgamen-to tem de ser como essa Casa vai fazer,tecnicamente, à luz das provas, da lei.Porque ainda há a Justiça brasileira.MarceloLeonardoreclamoudotrata-mento dado a Valério pela mídia:— (Valério) Não é troféu ou persona-gem a ser sacrificado em altar midiáti-co. Foi vítima de implacável e insidiosacampanha de publicidade opressiva.Pacheco argumentou que o PT já foiabsolvido pela opinião pública:— Tanto que o presidente Lula reele-geu-se de forma acachapante.
l
ANDRÉ COELHO
Osadvogados
. Oliveira Lima (à esquerda) conversa com Malheiros no STF
C
 AROLINA 
B
RÍGIDO
carolina@bsb.oglobo.com.br
 A 
NDRÉDE
S
OUZA 
andre.renato@bsb.oglobo.com.br
Defesa admite crime paraevitar condenação porformação de quadrilha
-BRASÍLIA-
A defesa do ex-tesou-reiro do PT Delúbio Soares foia primeira a admitir, no plená-rio do Supremo, a prática decrime. Segundo o advogado Arnaldo Malheiros, seu clienteoperoucaixadois,ouseja,mo- vimentou dinheiro de campa-nhasemdeclararàJustiçaElei-toral. O objetivo é tentar fugirde condenação por corrupçãoativa e formação de quadrilha,crimes dos quais foi acusadopelo Ministério Público. Comoele não responde por caixadois na denúncia, e o crime jáestariaatéprescritoaestaaltu-ra, não há possibilidade decondenação por esta prática.— Porque que tudo isso eratransmitido em cash? Por quenão se faziam corriqueirastransferências bancárias, rápi-das e fáceis de fazer? Porqueerailícito.OPTopoderiafa-zer a transferência de um di-nheiro que não tinha entradonosseuslivros.Issofoiassumi-do — disse Malheiros. — Essedinheirotodoemcasherailíci-to mesmo. Delúbio não se fur-ta a responder por aquilo quefez. Só não quer ser condena-do pelo que não fez. Ele ope-rou caixa dois de campanha eisso é ilícito, ele não nega. Masele não corrompeu ninguém,até porque não tinha no parti-do a atribuição de obter maio-ria parlamentar.Na denúncia, o procurador-geral da República, RobertoGurgel, disse que Delúbio era oprincipal elo entre o núcleo po-lítico do esquema e os núcleosfinanceiroeoperacional,lidera-dosporMarcosValério.Aaçãode Delúbio não se limitou a in-dicarosbeneficiáriosdaspropi-nas,tendosidotambémobene-ficiário final das quantias rece-bidas”, disse o procurador.Nos 33 minutos em que fa-lou, Malheiros alegou que seucliente não pode responderpor formação de quadrilha.Para ele, o MP incluiu na qua-drilha pessoas que pagavampropinaequerecebiam.Poris-so, não seria possível estabele-cer uma associação de interes-ses entre os réus. Segundo Ma-lheiros, Delúbio tinha um so-nhoaoentrarnoPT,eoain-tenção de cometer crimes:— É uma quadrilha muito es-quisita, é a quadrilha que irma-naquemcobraequempaga.Is-so não é quadrilha. As pessoasnão têm unidade de propósito.Quadrilha é associar-se previa-mente com o fim de cometercrimes. Delúbio se associou aoPTcomofimderealizarumso-nho, de exercer um projeto depoder, de mudar o Brasil.
“A PROVA É PÍFIA, É ESGARÇADA”
 A defesa também apresen-tou a tese de que não houvecompra de votos de parlamen-tares. Isso porque não se podefazerrelaçãodiretaentreossa-ques de dinheiro e a vitória dogoverno em votações impor-tantes. Segundo Malheiros, odinheiro repassado a parla-mentares era para a quitaçãode dívidas de campanha:— O trabalho dele era provi-denciar dinheiro para custeardespesas de campanhas. Háindícios fortes nos autos dequeodinheirofoiusadoparaocusteio de campanhas.Para o advogado, a tese daexistênciadomensalãonãofazsentido, porque não seria pos-sível comprar a maioria parla-mentarcomos13parlamenta-res que teriam recebido recur-sos. Ele destacou que não ha- via ato de ofício, ou seja, o pa-gamento de dinheiro em trocade ato de funcionário público.Malheiros destacou que a de-núncia não aponta o motivoreal do recebimento.— Se toda vantagem dada afuncionário público implicas-se condenação, os ministrosdo STF seriam condenados,porque as editoras mandam li- vrosparaelesenãoexigemna-da em troca — sustentou.Segundo Malheiros, dasmaisde600testemunhasouvi-das no processo, apenas 39alegaramconhecerseucliente.E, dessas, nenhuma fez a rela-ção de Delúbio com o supostoesquema de compra de votos.— O mínimo de prova temque haver. Não há uma identifi-cação,nãoháoqueemtrocadoque.Aprovaépífia,éesgarçada,é rala, não se presta à condena-ção de Delúbio de maneira ne-nhuma — disse o advogado.Para o Ministério Público,além de ser o principal elo en-treocleopolíticoeosnúcle-os operacional e financeiro,Delúbio tinha a atribuição deindicaraMarcosValérioosno-mes de quem receberia os re-cursos.
l
‘Ele (Delúbio) operou caixa dois de campanha e isso é ilícito’, diz advogado
CarolinaBrígidoeAndrédeSouza
“Ninguém dánotícia de compraou pedido decompra de voto,apesar das 300testemunhas”
MarceloLeonardo
Advogado deMarcos Valério

Activity (3)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->