Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword or section
Like this
4Activity

Table Of Contents

I – Imanência entre pensamento e vida: Espinosa e Nietzsche
Aliados e adversários: um combate filosófico
A unidade entre pensamento e vida
A alegria como alimento
Os desprezadores do corpo
A gaia ciência
Vida filosófica e ascetismo: as máscaras do filósofo
O pensamento como instinto
Sobriedade e independência
Ativação do pensamento, afirmação da vida
O filósofo como criador
Primado do negativo e modo de vida reativo
Conexão entre crítica e criação
Crítica da idéia de finalidade e afirmação da perfeição da Natureza
Teoria dos afectos e revalorização do corpo
O bergsonismo como metafísica do movimento
As artes e o movimento
Um novo conceito de imagem
O cinema e as imagens que dão o que pensar
A “ilusão cinematográfica” e a primeira tese bergsoniana em torno do movimento
As artes, o movimento e o instante
A segunda tese bergsoniana a respeito do movimento
O Todo aberto
O Todo como continuum das relações
As imagens cinematográficas e sua composição
Imagens cinematográficas, totalidade orgânica e movimento dialético
Proust, os fragmentos de tempo e a imensidão do Tempo
Vertov: o espinosismo em cinema
Outras alternativas à totalidade orgânica em cinema
O cinema, o sublime e a extrapolação dos limites das faculdades
O expressionismo em cinema e a luz como intensidade
Totalidade não-orgânica e vitalidade não-orgânica: movimento intensivo
A ruptura bergsoniana com o modelo da percepção natural
Entre idealismo e realismo: imagem e matéria em devir
Matéria e idéia como graus de intensidade da imagem movente
Espinosa, Bergson e o plano de imanência
Multiplicidades num plano de consistência
Individuações por hecceidade
Individuações e temporalidades
Temporalidades, devires e história
Política, percepção e emergência do novo
Temporalidade aiônica, eternidade espinosana e forma pura do tempo kantiana
Pensamento, tempo e espaço
A subjetividade transcendental
O tempo fora dos eixos
Extensivo e intensivo
Essências singulares e quantidades intensivas
O tempo cindido
O tempo cindindo o sujeito
Pensamento como criação ou a reunificação da Estética
Síntese perceptiva e ritmo
Sublime extensivo e intensivo
Kant e os dinamismos espaço-temporais: etologia e cartografia
Campo transcendental e plano de consistência
Bergson e os devires: involução criadora
O liame entre a percepção e o imperceptível
As passagens entre plano de organização e plano de imanência
Desejo e Corpo sem Órgãos
Plano de imanência e univocidade
As multiplicidades proustianas
Corpo e pensamento num mesmo plano
O declínio do cinema das imagens-movimento
Cinema e pensamento: as posições de Artaud e Eiseinstein
A Segunda Guerra e a experiência do esfacelamento
Imagens-tempo em ruptura com a narratividade
O acesso direto ao tempo
Imagens-tempo em síntese disjuntiva
III - O grande livro sobre o Corpo sem Órgãos: Espinosa e
As diferentes formulações do Corpo sem Órgãos
O acirramento progressivo da crítica à psicanálise
Um novo Artaud e um novo Corpo sem Órgãos suscetível a novos perigos
A terra e os movimentos relativos a ela
Um Corpo sem Órgãos espinosista
As dimensões da individualidade espinosista e os três gêneros de conhecimento
As relações diferenciais entre as infinitas partes dos indivíduos
As essências como quantidades intensivas
A proveniência medieval do termo ‘latitude’
Produção de corpos sem órgãos e beatitude
Individualidade e relação entre corpo e mente
A solução espinosista para o dualismo cartesiano
A mente como idéia do corpo
Deleuze e o corpo instigante
Corpo e mente ou o ideado e sua idéia
A igualdade entre corpo e mente
Igualdade e simultaneidade : crítica à doutrina do
A divergência entre as expressões no corpo e na mente
A generalização da igualdade e a distinção entre indivíduos
O critério da complexidade corporal
Conseqüências éticas da igualdade
Uma primeira abordagem do gerenciamento dos afectos
As incidências de ‘igual’ e de ‘igualdade’
Noções comuns e afectos: o discurso misto
Paixões cartesianas versus afectos espinosistas
O elogio de Espinosa a Descartes
A potência crítica da teoria dos afectos
Experiência do próprio corpo e liberdade
A pergunta pela potência do corpo
A destituição das prerrogativas da mente
Desfazendo a ilusão da liberdade
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Corpo_e_Pensamento_-_Alianças_Conceituais_Entre_Deleuze_e_Espinosa

Corpo_e_Pensamento_-_Alianças_Conceituais_Entre_Deleuze_e_Espinosa

Ratings: (0)|Views: 14 |Likes:
Published by Adolphe Cabral

More info:

Published by: Adolphe Cabral on Aug 18, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/27/2013

pdf

text

original

You're Reading a Free Preview
Pages 6 to 24 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 30 to 132 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 138 to 219 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 225 to 244 are not shown in this preview.
You're Reading a Free Preview
Pages 250 to 273 are not shown in this preview.

Activity (4)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Bernardo Bento liked this
Carlos da Silva liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->