Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Bacia Hidrográfica e Hidrogeológica de Entre-Ribeiros: Zonas Prováveis de Recarga e Análise dos Impactos Ambientais Históricos

Bacia Hidrográfica e Hidrogeológica de Entre-Ribeiros: Zonas Prováveis de Recarga e Análise dos Impactos Ambientais Históricos

Ratings: (0)|Views: 53 |Likes:
Apresenta-se uma proposta de delimitação das prováveis zonas de recarga da Bacia Hidrográfica de Entre-Ribeiros (Noroeste de Minas Gerais/Brasil). A delimitação teve como subsídio estudos de lito-estratigrafia, geomorfologia, unidades geo-ambientais e hidrogeologia. A partir da delimitação proposta, e conjugando-se à análise da ocupação do solo entre o período de 1975 a 2008, procura-se identificar as tendências de ocupação das zonas prováveis de recarga. Por fim, tecem-se comentários sobre os impactos ambientais decorrentes da ocupação dessas áreas.
Um dos aspectos centrais desse estudo é o exame dos sistemas hídricos de superfície em relação à litoestratigrafia, tipos de rochas, áreas de exsudação e o relevo, de forma a se chegar a caracterizar as prováveis zonas prováveis de recarga. Esse tipo de análise se apresenta como promissor e de baixo custo para se elucidar essa questão de modo regionalmente eficiente com aproveitamento de dados secundários.
O processo de ocupação do solo foi confrontado com o conhecimento existente sobre os aqüíferos subterrâneos e superficiais, tomando por base pesquisas existentes de Hidrogeologia. Pretendeu-se estabelecer relações entre os sistemas agro-econômicos existentes na bacia e o ciclo hidrológico como um todo. Esse enfoque serve de base para uma gestão integrada dos recursos hídricos dentro da óptica ecológico-econômica, enfocando, primariamente, (1) o uso consuntivo de água, (2) a redução de infiltração da água no solo por ocupação de zonas de recarga e (3) o impacto da drenagem de Veredas, lagoas marginais e áreas de inundação.
Conclui-se, portanto, que investigação sobre a recarga dos aqüíferos auxilia a compreensão de quão integrados estão a ocupação do solo e as alterações do ciclo hidrológico e hidrogeológico.
O modelo de uso e de identificação de zona de recarga provável aqui considerado pode ser usado de modo sistemático em outras bacias, como um procedimento incluso à elaboração de planos diretores. Apresenta-se, inclusive, como ponto de partida para avaliar a necessidade de se aprofundar estudos em áreas mais críticas com outros métodos específicos. Nesse aspecto, estudos quanto ao escoamento superficial e a percolação em cada tipo de cobertura vegetal, uso do solo (especialmente para diferentes manejos agrícolas), conjugados às classes de solo e declividade, seriam importantes para perscrutar o impacto hidrogeológico ocasionado pelo avanço da frente de ocupação por sobre os ecossistemas nativos.
Apresenta-se uma proposta de delimitação das prováveis zonas de recarga da Bacia Hidrográfica de Entre-Ribeiros (Noroeste de Minas Gerais/Brasil). A delimitação teve como subsídio estudos de lito-estratigrafia, geomorfologia, unidades geo-ambientais e hidrogeologia. A partir da delimitação proposta, e conjugando-se à análise da ocupação do solo entre o período de 1975 a 2008, procura-se identificar as tendências de ocupação das zonas prováveis de recarga. Por fim, tecem-se comentários sobre os impactos ambientais decorrentes da ocupação dessas áreas.
Um dos aspectos centrais desse estudo é o exame dos sistemas hídricos de superfície em relação à litoestratigrafia, tipos de rochas, áreas de exsudação e o relevo, de forma a se chegar a caracterizar as prováveis zonas prováveis de recarga. Esse tipo de análise se apresenta como promissor e de baixo custo para se elucidar essa questão de modo regionalmente eficiente com aproveitamento de dados secundários.
O processo de ocupação do solo foi confrontado com o conhecimento existente sobre os aqüíferos subterrâneos e superficiais, tomando por base pesquisas existentes de Hidrogeologia. Pretendeu-se estabelecer relações entre os sistemas agro-econômicos existentes na bacia e o ciclo hidrológico como um todo. Esse enfoque serve de base para uma gestão integrada dos recursos hídricos dentro da óptica ecológico-econômica, enfocando, primariamente, (1) o uso consuntivo de água, (2) a redução de infiltração da água no solo por ocupação de zonas de recarga e (3) o impacto da drenagem de Veredas, lagoas marginais e áreas de inundação.
Conclui-se, portanto, que investigação sobre a recarga dos aqüíferos auxilia a compreensão de quão integrados estão a ocupação do solo e as alterações do ciclo hidrológico e hidrogeológico.
O modelo de uso e de identificação de zona de recarga provável aqui considerado pode ser usado de modo sistemático em outras bacias, como um procedimento incluso à elaboração de planos diretores. Apresenta-se, inclusive, como ponto de partida para avaliar a necessidade de se aprofundar estudos em áreas mais críticas com outros métodos específicos. Nesse aspecto, estudos quanto ao escoamento superficial e a percolação em cada tipo de cobertura vegetal, uso do solo (especialmente para diferentes manejos agrícolas), conjugados às classes de solo e declividade, seriam importantes para perscrutar o impacto hidrogeológico ocasionado pelo avanço da frente de ocupação por sobre os ecossistemas nativos.

More info:

Categories:Types, Research, Science
Published by: Vitor Vieira Vasconcelos on Aug 19, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/10/2014

pdf

text

original

 
Bacia Hidrográfica e Hidrogeológica de Entre-Ribeiros: Zonas Prováveis de Recarga e Análise dos Impactos Ambientais Históricos
Vitor V. Vasconcelos
I
; Paulo P. Martins Junior
II
; Renato M. Hadad
III
 
I
Doutorando em Geologia, Universidade Federal de Ouro Preto, Mestre em Geografia, Especialista em Solos e Meio Ambiente, Bacharel em Filosofia, Técnico em Meio Ambiente, Técnico em Informática, vitor.vasconcelos@almg.gov.br 
II
Universidade Federal de Ouro Preto (Professor), Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais - CETEC-MG (Pesquisador Pleno), Geólogo, Doutor em Ciências da Terra, paulo.martins@cetec.br 
III
PUC-MG (Pró-Reitor), Programa de Pós-Graduação em Geografia - Tratamento da Informação Espacial (Professor), Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais, CETEC-MG (Pesquisador Pleno), Doutor em Ciência da Computação, Mestre em Ciência da Computação, Bacharel em Engenharia Mecânica, rhadad@pucminas.br
Disponível em:
Versão para língua portuguesa do original publicado em:
VASCONCELOS, Vitor V.; MARTINS JUNIOR, Paulo P.; HADAD, Renato M.. Hydrographic and hydrogeological  basin of Entre-Ribeiros: probable recharge zone delimitation and environmental impact assessment.
 Eng. Agríc.
, Jaboticabal, v. 32, n. 3, June 2012 . Available from <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-69162012000300015&lng=en&nrm=iso>. access on 18 Aug. 2012. http://dx.doi.org/10.1590/S0100-69162012000300015.
 
 
 Eng. Agríc., Jaboticabal, v.32, n.3, p.560-572, maio/jun. 2012
 
BACIA HIDROGRÁFICA E HIDROGEOLÓGICA DE ENTRE-RIBEIROS: ZONAS PROVÁVEIS DE RECARGA E ANÁLISE DOS IMPACTOS AMBIENTAIS HISTÓRICOS VITOR V. VASCONCELOS
1
, PAULO P. MARTINS JUNIOR 
2
, RENATO M. HADAD
3
 
RESUMO: A
 presenta-se uma proposta de delimitação das prováveis zonas de recarga da Bacia Hidrográfica de Entre-Ribeiros. A delimitação teve como subsídio estudos de lito-estratigrafia, geomorfologia, unidades geo-ambientais e hidrogeologia. A partir da delimitação proposta, e conjugando-se à análise da ocupação do solo entre o período de 1975 a 2008, procura-se identificar as tendências de ocupação das zonas prováveis de recarga. Por fim, tecem-se comentários sobre os impactos ambientais decorrentes da ocupação dessas áreas.
 PALAVRA-CHAVE:
hidrogeologia, zonas de recarga, zoneamento de uso do solo, meio ambiente, compactação do solo.
HYDROGRAPHIC AND HYDROGEOLOGIC BASIN OF ENTRE-RIBEIROS: PROBABLE RECHARGE ZONE DELIMITATION AND ENVIRONMENTAL IMPACT ASSESSMENT ABSTRACT:
The probable recharge zone delimitation of Entre-Ribeiros Basin is proposed in this  paper. The delimitation is based upon stratigraphy, geomorphology, geo-environmental domains and hydrogeology. Combining the recharge zone map with the land use variation between 1975 and 2008, the recharge zones occupation trend are identified. Concluding, the environmental impacts are discussed for this basin.
KEYWORDS:
Hydrogeology, Recharge Zones, Land Use Zoning, Environment, Soil Compactation
INTRODUÇÃO
A Bacia Hidrográfica de Entre-Ribeiros situa-se na Bacia do Rio Paracatu, no Noroeste de Minas Gerais (mapas das Figuras 1a, 1b e 1c), entre os Municípios de Paracatu e Unaí. Trata-se de um cenário marcante para analisar o efeito potencial das novas frentes agrícolas. Desde o ano de 1970, observa-se nessa bacia hidrográfica o estabelecimento progressivo de um grande sistema de irrigação (RODRIGUEZ et al., 2007), envolvendo diversos agricultores de forma associada. Caracteriza-se por uma agricultura que se utiliza de tecnologia de ponta, incluindo o uso freqüente de pivôs circulares de irrigação. Com a expansão dessa frente agrícola irrigada, a utilização dos recursos hídricos de Entre-ribeiros chegou a um nível crítico, muito abaixo da vazão ecológica necessária para a manutenção dos ecossistemas aquáticos e terrestres associados. Em períodos de maior estiagem, chegou-se inclusive a conflitos entre os agricultores pelos recursos hídricos escassos (PRUSKI et al., 2007).
1
 
Doutorando em Geologia, Universidade Federal de Ouro Preto, Mestre em Geografia, Especialista em Solos e Meio Ambiente, Bacharel em Filosofia, Técnico em Meio Ambiente, Técnico em Informática, vitor.vasconcelos@almg.gov.br.
 
2
 
Universidade Federal de Ouro Preto (Professor), Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais - CETEC-MG (Pesquisador Pleno), Geólogo, Doutor em Ciências da Terra, paulo.martins@cetec.br.
 
3
 
PUC-MG (Pró-Reitor), Programa de Pós-Graduação em Geografia - Tratamento da Informação Espacial (Professor), Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais, CETEC-MG (Pesquisador Pleno), Doutor em Ciência da Computação, Mestre em Ciência da Computação, Bacharel em Engenharia Mecânica, rhadad@pucminas.br .  Recebido pelo Conselho Editorial em: 25-2-2011 Aprovado pelo Conselho Editorial em: 9-1-2012
 
 
Hydrographic and hydrogeological basin of Entre-Ribeiros: probable recharge zone delimitation
561
 Eng. Agríc., Jaboticabal, v.32, n.3, p.560-572, maio/jun. 2012
 
FIGURAS 1a, 1b e 1c. Localização da Sub-Bacia de Entre-Ribeiros na Bacia do Rio Paracatu e, por sua vez, no Estado de Minas Gerais.
 Entre-Ribeiros in Paracatu River Basin, on  Minas Gerais State
.
Investigação das Áreas de Recarga
Por meio do método gráfico de BARNES, a Fundação Centro Tecnológico de Minas Gerais (1981) estimou que, para a bacia do Rio Paracatu, em diferentes pontos, há uma contribuição de 32% a
48% dos aquíferos subterrâneos para a manutenção da vazão dos cursos d’água. Essa contribuição aumenta na medida em que o curso d’água apresenta mais áreas d
e recarga de arenitos cretácicos e de sedimentos de cobertura terciária-quaternária
 – 
 observação que fundamenta a escolha dessas áreas para a delimitação das zonas de recarga de Entre-ribeiros. Em contrapartida, esses cálculos consideraram que a infiltração e contribuição proveniente das formações fraturadas e kársticas do aqüífero Bambuí seria muito reduzida ou praticamente nula, quando comparada aos aqüíferos granulares supracitados.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->