Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
13Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
65103408-Tormenta-de-espadas-1.pdf

65103408-Tormenta-de-espadas-1.pdf

Ratings: (0)|Views: 365 |Likes:
Published by Euzenir Almeida

More info:

Published by: Euzenir Almeida on Aug 22, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/29/2014

pdf

text

original

 
A Storm of SwordsI
George R. R. Martin
Song of Ice and Fire / 3
Gigamesh
 
APRESENTAÇÃO
 Infelizmente, para muitos, não há melhor veredicto de um livro que o apoio maciço dos leitores, presenteou futuro. Se eles estiverem presentes, o livro é um triunfo
marketing
ou de boca em boca. Se o futuroclássico.George R.R. Martin pertence ao romancista mais nobre linhagem que tem grandes histórias que são, ao mesmo tempo, grandes histórias. Nas últimas décadas pós-heróicos, desde o fim da SegundaGuerra Mundial 
intelligentsia
epopeia literária não simpatizar com os personagens e humor expansivo,mas com poesia e introspecção, de modo que as grandes histórias / grandes histórias foram relegadas para a gaveta do tempo ou
-
horror dos horrores
-
nas prateleiras
 best-sellers.
 A paisagem interior desolado, árido, substituído anos para a grande planície
ocidental
ou para as montanhas e vales e mares sem fim da aventura. Mas a situação está mudando.livros de Martin recebeu até agora duas vezes veredicto dos leitores do passado e do presente, que foram os anos atuais e futuras.
Morte de luz
uma narrativa poderosa condensado rasgada e aventura- primas, é um clássico por muitos anos, enquanto
A Song for Lya
ou
Fevre Dream
dificilmente sãoevitáveis relativamente a este nova primavera de gêneros da literatura (fantasia, horror) em que vivemoshoje. Frutas da pena de um escritor tão talentoso quanto improvável para uma estrutura lúdicainconstância ou estilo livre. E na obra de Martin tudo é a estrutura, em vez de paixão, ele também anda. De lá, demorou tantotempo para completar cada volume desta saga A Song of Ice and Fire, para irritação dos leitores queacalmar a sua fome em discussões complicadas em fóruns e listas de discussão na Internet. Apesar decada livro é de cerca de mil páginas, nenhuma delas parece ser longa e se é verdade que Martin tem prazer nas aventuras como o principal gancho para o leitor, a verdade é que seria difícil dar qualquer um deles sem o todo sofreria. Eu li o primeiro volume de A Song of Ice and Fire movido pela curiosidade eo entusiasmo de LouisG. Prado (de Bibliopolis), Alejo Vidal Raven e Alex (do Gigamesh). Nenhum deles simpatizar com a fantasia do tribunal sagas cheias seudomedieval as livrarias de todo o mundo, por isso era mais do que provável que os volumes de aparência imponente, (que hoje tem vontade de começar uma história que provavelmente vai ultrapassar sete mil páginas?) escondendo algo valioso. E assim ele se escondeu.Qual é a chave para o sucesso de Martin? É difícil de explicar. Eu acho que baseia-se principalmente na sua capacidade de aplicar as regras da série de fantasia mais imparcial e mais bemconstruída, esse tipo de narrativa que agarra o pescoço do leitor e falta de ar, dá-lhe uma parte de ummundo multi-dimensional e e estimula a sua cumplicidade com o impossível que pontilham parcela. Alémdisso, ter escolhido a sequência de pontos de vista a uma futura intervenção, Martin permite ao leitor identificar-se com um dos seus muitos protagonistas. Um apelo populista não menos eficaz. Mas Song of Ice and Fire não é apenas uma novela, mas também, e isso é importante, um romancehistórico de aventuras localizado (paradoxos), em um universo imaginário. É difícil expressar a alegriaque senti quando Martin recomendado em sua própria página web de leitura também monumental sagarepublicana de Roma por Colleen McCullough, cuja primeira entrega está soberba
O Primeiro Homemde Roma.
 E essa foi a primeira referência clara que surgiu na minha cabeça quando vestindo apenascerca de cinquenta páginas
A Game of Thrones,
que iniciam o início do inverno para o Ocidente. O segundo foi Bernard Cornwell (da série de Lord of War, em particular) e, em geral, o novo lote deescritores de romances históricos, que partilham com Song of Ice and Fire o gosto pela brutalidade etotal falta de escrúpulos Ao eliminar os caracteres um a priori fundamental para o desenvolvimento da

Activity (13)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
vivyh19 liked this
Liliana Rosas liked this
salsalista liked this
ASESORIALEGAL liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->