Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Apostila de Crimes contra o Sistema Financeiro Nacional e de Lavagem de Dinheiro

Apostila de Crimes contra o Sistema Financeiro Nacional e de Lavagem de Dinheiro

Ratings: (0)|Views: 586 |Likes:
Published by Achei Concursos
Apostila de Crimes contra o Sistema Financeiro Nacional e de Lavagem de Dinheiro, contendo:

1. Doutrina completa e questões comentadas sobre a Lei 9.613 de 1998 (Crimes contra o Sistema
Financeiro Nacional e de Lavagem de Dinheiro).

 Legislação atualizada e comentada;
 26 questões extraídas de concursos anteriores;
 14 questões comentadas didaticamente.
Apostila de Crimes contra o Sistema Financeiro Nacional e de Lavagem de Dinheiro, contendo:

1. Doutrina completa e questões comentadas sobre a Lei 9.613 de 1998 (Crimes contra o Sistema
Financeiro Nacional e de Lavagem de Dinheiro).

 Legislação atualizada e comentada;
 26 questões extraídas de concursos anteriores;
 14 questões comentadas didaticamente.

More info:

Categories:Types, Business/Law
Published by: Achei Concursos on Sep 06, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/18/2013

pdf

text

original

 
 APOSTILA PARA CONCURSOS PÚBLICOS
CRIMES CONTRA O SISTEMAFINANCEIRO NACIONAL
e
CRIMES DE LAVAGEM DE DINHEIRO
DIREITO PENAL
Encontre o material de estudo para seu concurso preferido em
www.acheiconcursos.com.br
Conteúdo:1. Doutrina completa e questões comentadas sobre a Lei 9.613 de 1998 (Crimes contra o SistemaFinanceiro Nacional e de Lavagem de Dinheiro).
Legislação atualizada e comentada;
26 questões extraídas de concursos anteriores;
14 questões comentadas didaticamente.
ATENÇÃO:
Esta apostila é uma versão de demonstração, contendo
1
3
páginas.A apostila completa contém
40
páginas e está disponível para download aosusuários que participarem da promoção em
http://www.acheiconcursos.com.br  
 
Crimes contra o sistemafinanceiro: gestão fraudulenta egestão temerária
Francisco Monteiro Rocha Júnior
*
Introdução
O objetivo desta a
QPTUJ
la é a análise da Lei 7.492/86, que dispõe sobre oscrimes contra o sistema fnanceiro nacional. Especifcamente, analisaremos ocrime de gestão raudulenta, previsto no seu respectivo artigo 4.º.
Crime de gestão raudulentade instituição fnanceira
Analisemos a redação do artigo 4.º da Lei 7.492/86:
Art 4.º Gerir raudulentamente instituição fnanceira:Pena - Reclusão, de 3 (três) a 12 (doze) anos, e multa.
Bem jurídico
O bem jurídico tutelado pela Lei 7.492/86 é o sistema fnanceiro nacional.Em relação ao delito do artigo 4.º, tenta-se coibir a perpetração de raudesnas atividades de gestão das instituições fnanceiras, buscando a proteção,um pereito desenvolvimento do mercado fnanceiro e de capitais.Para melhor aclarar o tema, veja-se o seguinte precedente do SupremoTribunal Federal:
[...] 7. Exige-se que o administrador cuide da higidez fnanceira da instituição fnanceiraque, por sua vez, se encontra inserida no Sistema Financeiro Nacional, daí a preocupaçãoem coibir e proibir a gestão raudulenta, pois do contrário há sério risco de uncionamentode todo o sistema fnanceiro. Assim, o bem jurídico protegido pela norma contidano artigo 4.º, da Lei 7.492/86, é também a saúde fnanceira da instituição fnanceira.
*
www.acheiconcursos.com.br
1
 
2Crimes contra o sistema fnanceiro: gestão raudulenta e gestão temerária
Este material é parte integrante do acervo do IESDE BRASIL S.A.,mais informações www.iesde.com.br
A repercussão da ruína de uma instituição fnanceira, de maneira negativa em relação àsoutras instituições, caracteriza o crime de perigo. (STF, HC 95515, Rel. Min. Ellen Gracie,2ª.T., julgado em 30/09/2008, publicado em 24/10/2008)
Conceito de instituição fnanceira
A lei de crimes contra o sistema fnanceiro nacional defniu instituição f-nanceira no seu artigo 1.º:
Art. 1.º Considera-se instituição fnanceira, para eeito desta lei, a pessoa jurídica de direitopúblico ou privado, que tenha como atividade principal ou acessória, cumulativamenteou não, a captação, intermediação ou aplicação de recursos fnanceiros de terceiros,em moeda nacional ou estrangeira, ou a custódia, emissão, distribuição, negociação,intermediação ou administração de valores mobiliários.
Por sua vez, é importante também analisarmos o parágrao único, que dáos contornos de quais são as instituições fnanceiras por equiparação:
Parágrao único. Equipara-se à instituição fnanceira:I - a pessoa jurídica que capte ou administre seguros, câmbio, consórcio, capitalização ouqualquer tipo de poupança, ou recursos de terceiros;II - a pessoa natural que exerça quaisquer das atividades reeridas neste artigo, ainda quede orma eventual.
Sujeitos do delito
Sujeito ativo próprio
Como explica Juliano Breda (2002, p. 85), a gestão raudulenta é eminen-temente um delito próprio, exigindo-se o domínio do ato por, no mínimo,uma das pessoas elencadas no artigo 25 da Lei 7.492/86, que assim dispõe:
Art. 25. São penalmente responsáveis, nos termos desta lei, o controlador e osadministradores de instituição fnanceira, assim considerados os diretores, gerentes(Vetado).
Este tem sido o entendimento da jurisprudência brasileira, como se vê noseguinte precedente do Supremo Tribunal Federal:
[...] A gestão raudulenta é crime próprio cujo sujeito ativo poderá ser todo aquele quetiver poderes para gerir a instituição fnanceira, conorme defnido no artigo 25 da Lei7.492, de 1986. O crime de gestão raudulenta é crime de mão própria. No caso, o terceiro,estranho aos quadros da instituição fnanceira, responde pelo crime previsto no artigo19 da Lei 7.492, de 1986. Precedente do Plenário do STF (HC 93553/SP, Rel. Min. MarcoAurélio).
www.acheiconcursos.com.br
2

Activity (3)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->