Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
12Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
SÉRIE CONTOS ERÓTICOS DO BRASIL - O DOCINHO SENSUAL DA BAHIA

SÉRIE CONTOS ERÓTICOS DO BRASIL - O DOCINHO SENSUAL DA BAHIA

Ratings: (0)|Views: 999 |Likes:
Mais um romance da Série Contos Eróticos do Brasil - O docinho sensual da Bahia
Mais um romance da Série Contos Eróticos do Brasil - O docinho sensual da Bahia

More info:

Published by: Carlos Henrique Mascarenhas Pires on Sep 07, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/09/2013

pdf

text

original

 
SÉRIE CONTOS ERÓTICOS DO BRASIL
O DOCINHO SENSUAL DA BAHIA
 *Por Carlos Henrique Mascarenhas Pires
A
Série Contos Eróticos do Brasil
é uma iniciativa pessoal para valorizar as histórias regionaisque povoam as cabeças de todos os brasileiros; uma homenagem a todos os Estados e oDistrito Federal; um tributo às beldades sensuais de cada canto brasileiro e suas lendasurbanas.As publicações estão em ordem alfa
bética por nome de Estado: “
A baronesa do Acre
”; “
Existesereia nas Alagoas
?” e
 
A justiceira sensual do Amapá
,
A pastora do Amazonas
 
e esta, “
Odocinho sensual da Bahia
. No próximo texto pousaremos no Ceará. Espero que curtam e que
 
pelo menos uma destas ficções romântico-eróticas os façam lembrar-se de algo, ou alguém oude algum lugar...Dizem que na Bahia as pessoas não nascem; elas estreiam!A fama da lassidão que todo baiano tem, na verdade é eliminada por outros predicadosnaturais que as pessoas de lá possuem. Falo isso por mim, que nasci na terra querida de JorgeAmado e de tantos outros amados e amadas...O mapa da Bahia é muito parecido com o do Brasil, que ressalvando a forma abstrata sem adevida exatidão de simetria, em muito lembra uma vulva; então o baiano já estreia na vidaimaginando sensualidades a partir de seu próprio mapa estadual.Na parte alta do mapa baiano tem uma região pobre de gente de muito valor; é uma regiãoencantadora que compreende o sertão nordestino e a famosa Chapada Diamantina. Terra demuitas lendas e muitas histórias de heroísmo e bravura de seu povo. Se por um lado este lugarestá distante do mar, ninguém sente muita falta, porque estão próximos de uma naturezainvejável, com muitas cachoeiras, chapadões, lagoas sensacionais e matas quase virgens; e énesta região que começa a nossa sensualíssima história; na cidade de SEABRA, portal daChapada Diamantina!Seabra é uma cidade com menos de 50 mil habitantes; dista quase 500 km da capital Salvador.O povo é simples e possui cultura ímpar, da mesma forma que todos os outros nordestinossofredores que estão acostumados a lidar com as questões da seca brutal que ocorre todos osanos. As mulheres da cidade não possuem uma característica pessoal que as diferencie deoutras mulheres nordestinas; em geral são charmosas e o jeito brejeiro as faz ficar ainda maissensuais.Nossa história começa com Rita de Cássia, uma moça simples que faz serviços domésticos paraum comerciante importante de Seabra, um tal de Donato Cabral que possui algunssupermercados na região. Homem cinquentão que nasceu, viveu e fez fortuna na cidade comatividades mercantis. Donato é casado com Maria Antonia e ambos têm 3 filhos; dois garotosadolescentes e Lucia, de 21 anos; esta é a família Cabral!Rita mora na casa dos Cabral desde seus 12 anos; foi morar com eles junto com a mãe, umaretirante da seca que morava na vizinhança da fazenda de Donato. A mãe de Rita foi empregadoméstica na casa do comerciante, mas morreu há dois anos e Rita, agora com 19 anos,preferiu ficar sob os cuidados do casal e assumiu as funções da mãe. Ela não é tratada comofilha do casal, mas possui muitas regalias, inclusive pode frequentar a piscina e sair a noite,podendo voltar a qualquer hora.
 
A empregada e os Cabral vivem em perfeita harmonia; ela sempre foi educada e sabe respeitaros limites que a dista naturalmente da família. Rita de Cássia é uma garota meiga eperfeitamente bela; uma morena com tudo no lugar. O ponto alto da sensualidade da moçaestá nos lábios grossos e o busto. No tronco da amável Rita há um par de seios tão perfeitos
que alguns colegas da escola lhe deram o nome de “Docinho”, mas a maioria das pessoas
pensa, ainda, que seu apelido ocorreu por causa de seu jeitinho meigo...Certa vez o Donato viajou com a família e Rita ficou sozinha em casa; sabendo que não seriaimportunada, banhou-se na piscina e tirou a peça que cobre os seios para revelar doismontinhos perfeitos, de pele morena e auréola rosada; ambos apontando para lados opostose tão firmes que dariam para suportar dois cabides com roupas...Um vizinho que também estuda na mesma escola que Rita, a viu seminua e quaseenlouqueceu; na escola este vizinho tratou de espalhar que ela era uma deusa. Ele tentou tirarfotos, mas seu celular não captou as imagens nítidas; e Rita sequer se importou com oscomentários jocosos a seu respeito; ao invés disso ela tratou de ficar ainda mais bela.Começou a frequentar seções de estética, recortar os pelos pubianos e sempre que podia, láestava Rita deitada na piscina dando um trato com bronze máximo em seu corpinho delgado.Certa vez ela apareceu com os pelos dourados e vestindo roupas que realçavam suas belasformas, como blusinhas sem sutiã e shortinhos apertados. Pelo visto Rita resolveu mudarcompletamente e ao que parece, ela está namorando. Moça simples e recatada quandocomeça a mostrar as asas da sensualidade, com certeza é o amor!Ninguém nunca falou ou a viu namorando alguém. Muito nova ela perdeu a mãe e depoisdisso Rita ficou ainda mais reclusa, mas agora tudo mudou. Era visível que ela estava passandopor um processo inovador; e isso estava chamando a atenção de muita gente, inclusive dafamília Cabral. Os filhos homens do casal que são mais novos que Rita, passaram a vê-la comos olhos da lascívia; e passou a ser comum que eles passassem a encostar sem querer, ouquerendo muito, não se sabe; na moça. Um deles, de 18 anos, estava sempre em visívelereção, sobretudo quando encontrava sua empregada doméstica.Até o Donato, homem de poucas palavras, passou a falar mais com e sobre Rita. Nos encontros
com amigos eles sempre davam um jeitinho que colocar o “Docinho” na roda de conversa.
Houve até uma aposta para saber se Rita ainda era virgem!Certa semana Rita pediu ao casal para não trabalhar no final de semana; ela se justificouinformando que precisava viajar para encontrar alguns amigos. Rita jamais havia pedido parase ausentar da casa; e foi óbvio que Donato e Antonia não só permitiram como tambémofereceram dinheiro extra para que ela não passasse qualquer privação.A moça colocou poucas roupas numa mochila e saiu de casa na sexta, regressando apenas nasegunda pela manhã. Ela disse ao casal que alguns amigos a chamaram para curtirem nascachoeiras da Chapada Diamantina. Ela retornou ainda mais alegre e sorridente; muito maischarmosa; e a esposa do Donato a chamou para uma conversa. A patroa falou com Rita que se

Activity (12)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Genielson Mendes liked this
Anap20 liked this
rcf2010 liked this
Abel Dabula liked this
cymeiga liked this
Marli Lima liked this
Patrick Medeiros liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->