Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
APOSTILA DE TRANSMISSÃO POR CORRENTES DE ROLOS

APOSTILA DE TRANSMISSÃO POR CORRENTES DE ROLOS

Ratings: (0)|Views: 13|Likes:
Published by JosueNorris

More info:

Published by: JosueNorris on Sep 07, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/03/2013

pdf

text

original

 
 FACULDADE DE TECNOLOGIA DE SOROCABA
CURSO DE PROJETOS
TRANSMISSÃO PORCORRENTES DE ROLOS
Prof. Dr. ANTONIO CARLOS DE OLIVEIRAProf. M. Sc. IBERÊ LUIS MARTINS, Eng. Mec.Prof. M. Sc. FAUSTO LACERDAProf. M. Sc. FRANCISCO DE ASSIS TOTI
Agosto 2009
 
TRANSMISSÃO POR CORRENTES DE ROLOSA transmissão por corrente de rolos é um meio altamente eficiente e versátil para transmitirpotência mecânica em aplicações industriais. Este sistema de transmissão assegura umrendimento de 98% em condições corretas de trabalho, obtendo-se uma relação de velocidadeconstante entre as rodas dentadas motriz e movida.Quando há necessidade de transmissão de potência em locais de difícil acesso, grandesdistâncias entre centros, condições abrasivas ou poeirentas, e outras condições especiais, ascorrentes de rolos apresentam resultados extremamente satisfatórios, sendo esse tipo decorrente o mais utilizado em todo o mundo.1.
 
NORMASAs correntes de rolos são fabricadas segundo a norma ANSI (American NationalStandard Institute) antigamente conhecida por ASA e incluída na normalização da ISSO(International Organization for Standardization) e na normalizazação da ABNT(Associação Brasileira de Normas Técnicas).Estas correntes são construídas normalmente nos tipos simples, duplas e triplaspodendo, sob encomenda, serem fabricadas até com 14 carreiras.2.
 
CARACTERÍSTICAS DIMENSIONAIS DAS CORRENTES DE ROLOSUma corrente de rolos, esquematizada abaixo é composta dos seguintes elementos.1. Chapa lateral interna2. Luva3. Rolo4. Chapa lateral externa5. PinoAs dimensões principais são padronizadas, onde:P = passo da correnteC = largura entre placasD = diâmetro do roloF = passo transversalL = largura totalH = altura das placas
 
2.1
 
 –
Correntes simples
C D F L H Carga de Ruptura PesoANSI ISO E ABNT Pol. mm mm mm mm mm mm kgf kg/m25-1. 04C-1 1/4. 6,35 3,18 3,3 - 9,7 5,7 450 0,1235-1 06C-1 3/8. 9,53 4,77 5,08 - 11,8 7,3 950 0,3340-1 08A-1 1/2. 12,7 7,95 7,92 - 16,4 10,2 1700 0,650-1 10A-1 5/8. 15,88 9,53 10,16 - 20,3 13 2800 1,0160-1 12A-1 3/4. 19,05 12,7 11,91 - 25,5 18 3800 1,4380-1 16A-1 1 25,4 15,88 15,88 - 33,5 24 6600 2,53100-1 20A-1 1.1/4 31,75 19,05 19,05 - 40,4 29,6 10800 4,02120-1 24A-1 1.1/2 38,1 25,4 22,23 - 50,5 36 15400 5,96140-1 28A-1 1.3/4 44,45 25,4 25,4 - 54,4 42 20800 7,75160-1 32A-1 2 50,8 31,75 28,58 - 64,5 48 26200 10,1200-1 40A-1 2.1/2 63,5 38,1 39,67 - 78,5 57,2 43000 16,1240-1 48A-1 3 76,2 47,63 47,62 - 94,5 71,8 59000 25,1Passo (P)Referencia Norma
 

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->