Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
23Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Apostila da Lei de Licitações e Contratos Comentada (Lei 8.666/93) para Concursos

Apostila da Lei de Licitações e Contratos Comentada (Lei 8.666/93) para Concursos

Ratings: (0)|Views: 13,602 |Likes:
Published by Achei Concursos
Apostila da Lei de Licitações e Contratos Comentada (Lei 8.666/93) para Concursos, contendo:

1. Íntegra da Lei nº 8.666/93, que institui normas para licitações e contratos da Administração Pública, didaticamente comentada, com exercícios e questões resolvidas de diversos concursos anteriores.

 Legislação atualizada e comentada;
 132 questões extraídas de concursos anteriores;
 316 questões comentadas didaticamente.
Apostila da Lei de Licitações e Contratos Comentada (Lei 8.666/93) para Concursos, contendo:

1. Íntegra da Lei nº 8.666/93, que institui normas para licitações e contratos da Administração Pública, didaticamente comentada, com exercícios e questões resolvidas de diversos concursos anteriores.

 Legislação atualizada e comentada;
 132 questões extraídas de concursos anteriores;
 316 questões comentadas didaticamente.

More info:

Categories:Business/Law
Published by: Achei Concursos on Sep 10, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/05/2014

pdf

text

original

 
 APOSTILA PARA CONCURSOS PÚBLICOS
LEI 8.666/93 COMENTADA
(LICITAÇÕES E CONTRATOS DAADMINISTRAÇÃO PÚBLICA)
DIREITO ADMINISTRATIVO
Encontre o material de estudo para seu concurso preferido em
www.acheiconcursos.com.br
Conteúdo:1. Íntegra da Lei nº 8.666/93, que institui normas para licitações e contratos da Administração Pública,didaticamente comentada, com exercícios e questões resolvidas de diversos concursos anteriores.
Legislação atualizada e comentada;
132 questões extraídas de concursos anteriores;
316 questões comentadas didaticamente.
 
LEI Nºථ8.666, DE 21 DE JUNHO DE 1993
Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da ConsƟtuição Federal, ins-Ɵtui normas para licitações e con-tratos da Administração Pública edá outras providências. 
 
CÊÃÄãÙ®Ê
 
 ൞ 
Licitação é um procedimento administraƟvo, ou seja,um conjunto de atos encadeados, buscando, entre outras,duas coisas: a seleção da melhor proposta entre aquelasapresentadas e o respeito da isonomia (igualdade) entreos parƟcipantes. Podemos dizer que a isonomia é uma dasmaiores preocupações da Administração. Sem ela, toda com- peƟção estaria desƟnada a se tornar ilegal. Mas não é isso:tudo estaria perdido se não houvesse aqui a preocupaçãocom o princípio básico do nosso ordenamento jurídico queé a Legalidade. Devido a sua observância, se faz necessárioestabelecer regras objeƟvas, claras, escritas e públicas sobreo certame (procedimento) e, assim, espera-se, como produtonatural, um indivíduo que, passado pela fornalha da licitação,agora esteja pronto para celebrar um contrato administraƟvocom a Administração Pública.
O PRESIDENTE DA REPÚBLICA:
 
Faço saber que o Congres-so Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
CAPÍTULO IDas Disposições GeraisSeço IDos PrincípiosArt.
 
Esta Lei estabelece
normas gerais
sobre licitaçõese contratos administraƟvos perƟnentes a obras, serviços,inclusive de publicidade, compras, alienações e locaçõesno âmbito dos Poderes da União, dos Estados, do DistritoFederal e dos Municípios.
 
 
CÊÃÄãÙ®Ê
 
 ൞ 
O art.෴1º e seu parágrafo único têm o objeƟvo de deĮnir o que é a Lei nº 8.666/1993.
 Aqui podemos estabelecer alguns tópicos importantes:
Norma Geral:
é a regra, o෴padrão. Todos os outros esta-tutos dela derivados devem seguir seus princípios e, muitasvezes, grande parte de seus procedimentos. Ela foi feita paratodas as enƟdades federaƟvas: União, Estados, Distrito Fe-deral, Municípios e, quando exisƟr, os Territórios, bem comosuas Administrações Indiretas.
Competência LegislaƟva:
não é exclusiva da
União
.Os෴Estados, o DF e os Municípios também podem ter.
 A Licitação:
é o antecedente natural do contrato, ressal-vadas as exceções constantes dos arts. 17, 24 e 25. Assim,todos os contratos administraƟvos serão, necessariamente, precedidos de um procedimento licitatório. A licitação éuma compeƟção que funciona como meio de qualiĮcar um fornecedor de um produto e/ou serviço para a Administraçãocontratante.
O Contrato:
o resultado natural de uma licitação é ocontrato administraƟvo, chamado assim por ser regido em
 ൞ 
 ൣ
 ൞
regra pelo direito público, podendo, então, ser chamado decontrato público. Veremos mais detalhes no comentário doart.෴54.
Parágrafo único.
Subordinam-se ao regime desta Lei,além dos órgos da administraço direta, osථfundos espe-ciais, asථautarquias, asථfundações públicas, asථempresaspúblicas, asථsociedades de economia mista e demais en-Ɵdades controladas direta ou indiretamente pela Unio,Estados, Distrito Federal e Municípios
1
.
 
 
CÊÃÄãÙ®Ê
 
 ൞ 
Poderíamos estabelecer, resumidamente, que toda a Administração Direta e Indireta das enƟdades federaƟvasestão subordinadas à obrigação de licitar. Lembremo-nos,então, de algumas deĮnições:
 Administração Direta෴– 
Pessoa Jurídica de direito públicoque inƟtula uma enƟdade federaƟva, ou seja, cada uma dasenƟdades da Federação são Administrações Diretas, que sãodivididas em 3 poderes: ExecuƟvo, LegislaƟvo e Judiciário.
 Administração Indireta෴– 
Nasce pela vontade e/ou ne-cessidade de uma Administração Direta, que, para melhorar o desempenho de sua prestação à população, cria ou auto-riza a criação de Pessoas Jurídicas Independentes que são Įscalizadas pela administração criadora. Hoje, dentro dos 3 poderes,
somente
o Poder ExecuƟvo tem a possibilidade deter uma Administração Indireta.
Ligação entre elas
– Vale ressaltar que não existesubordinação hierárquica entre Administração Direta e Administração Indireta. O෴que existe é um vínculo chamadode controle ĮnalísƟco que, muitas vezes, revela-se pela su- pervisão ministerial.
Curiosidades da Emenda nº 19/1998 – 
Autoriza ediçãode um estatuto jurídico de licitações e contratos para asempresas públicas e as sociedades de economia que explo-rem aƟvidade econômica, devido à necessidade de mais Ňexibilidade para que elas consigam concorrer com empresas privadas do mesmo setor. Uma década após essa previsãolegal, o෴estatuto ainda não foi criado, ou seja, as෴empresas públicas e as sociedades de economia mista ainda se subme-tem à Lei nº 8.666/1993 para suas aquisições e alienações.Veja o texto da previsão:Citando a ConsƟtuição Federal de 1988 Art. 173. Ressalvados os casos previstos nesta Cons-Ɵtuição, a෴exploração direta de aƟvidade econômica pelo Estado será permiƟda quando necessária aosimperaƟvos da segurança nacional ou a relevanteinteresse coleƟvo, conforme deĮnidos em lei.§෴1º
 A lei estabelecerá o estatuto jurídico
da empresa pública, da sociedade de economia mista e de suassubsidiárias que explorem aƟvidade econômica de produção ou comercialização de bens ou de prestaçãode serviços, dispondo sobre:III – licitação e contratação de obras, serviços,compras e alienações, observados os princípios daadministração pública;
.............................................................................................
1
Assunto cobrado nas seguintes provas: Cespe/CEF/Engenharia/Nível Supe-rior/2010/Questão 15/AsserƟva A e FCC-Fundação Carlos Chagas/TribunalRegional do Acre/Técnico Judiciário/Área AdministraƟva/2010/Questão 62.
 ൞ 
 ൣ
 ൞
 ൞ 
 ൣ
 ൞
www.acheiconcursos.com.br
1
 
 
Observação importante:Em análise ao Mandado de Segurança (MS) nº 28.745,a ministra Ellen Gracie, do Supremo Tribunal Federal (STF),deferiu pedido de liminar feito pela Petrobras contra decisãodo Tribunal de Contas da União (TCU) que determinou aaplicação da Lei nº 8.666/1993 – a Lei de Licitação – aos pro-cedimentos licitatórios da autora. Com a decisão da ministra,a determinação do TCU Įcará suspensa, até julgamento domérito, e a estatal conƟnuará a adotar regime diferenciadopara realizar licitações.Processos relacionados<hƩp://www.sƞ.jus.br/portal/processo/verProcessoAndamento.asp?numero=28745 &classe=MS&origem=AP&recurso=0&ƟpoJulgamento=M> MS nº28.745. Em suma enquanto perdurar essa liminar a Petrobrasnão está obrigada a licitar pela Lei nº 8.666 de 1993, poderáadotar regime diferenciado.
Art.
 
As obras, serviços, inclusive de publicidade,compras, alienações, concessões, permissões e locações daAdministração Pública, quando contratadas com terceiros,serão necessariamente precedidas de licitação, ressalvadasas hipóteses previstas nesta Lei.
 
 
CÊÃÄãÙ®Ê
 
 ൞ 
O art. 2º estabelece o objeto da licitação.
Foi para adquirir esses objetos da melhor forma possível que ela foi elaborada. Então é muito importante você ter conhecimento, mesmo que básico, de cada um desses itens. Alguns deles se encontram na própria lei, em seu art.෴6º. NoarƟgo 2º, a෴lei deixa claro que
a regra é a licitação
 , mesmoque, ao estudar suas exceções, você Įque surpreso com aquanƟdade de possibilidades de não fazê-la.
Parágrafo único. Para os Įns desta Lei,
considera-secontrato todo e qualquer ajuste entre órgãos ou enƟdadesda Administração Pública e parƟculares, em que haja umacordo de vontades para a formação de vínculo e a esƟpu-lação de obrigações recíprocas, seja qual for a denominaçãouƟlizada
2
.
 
 
CÊÃÄãÙ®Ê
 
 ൞ 
O que busca uma licitação? 
Uma licitação busca em primeiro lugar manter a isono-mia do procedimento não estabelecendo critério injustos oudesnecessário. Após essa conquista o poder público busca a proposta mais vantajosa que não necessariamente signiĮcadizer que se busca a proposta mais barata. Muitas vezes avantagem é algo um pouco mais caro, mas sua aquisição semostra muito mas muito mais vantajosa para a administra-ção. E por úlƟmo a alteração do ano passado a busca por umdesenvolvimento nacional sustentável, preocupação com omeio ambiente e também um mudança de paradigma quedefendi em minha monograĮa na faculdade, que a licitaçãonão é só um instrumento de compra mas sim um instrumentode desenvolvimento e de invesƟmento no mercado internosem necessidade de uma políƟca protecionista. Sustentabi-lidade é a base do raciocínio.” 
Art. 3º A licitaço desƟna-se a garanƟr a observânciado princípio consƟtucional da isonomia, a seleço da pro-posta mais vantajosa para a administraço e a promoçodo desenvolvimento nacional sustentável e será processadae julgada em estrita conformidade com os princípios bási-cos da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, daigualdade, da publicidade, da probidade administraƟva,
2
Cespe/Banco da Amazônia/Técnico CienơĮco-Administração/2009/Questão 118.
 ൞ 
 ൣ
 ൞
 ൞ 
 ൣ
 ൞
da vinculaço ao instrumento convocatório, do julgamentoobjeƟvo e dos que lhes so correlatos.
(Redação dada pelaLei nº 12.349, de 2010)
A ơtulo de exemplo:
Uma fundação pública estadual celebrou contrato com a empresa XYZ, tendo por objetoa prestação de serviços de vigilância pelo prazo de dozemeses. A contratação não foi precedida de licitação, tendoa autoridade administraƟva fundamentado a contrataçãodireta no fato de que a contratada teria oferecido propostaaltamente vantajosa para a fundação, que deveria arcar tão somente com os custos da mão de obra. A postura da fundação pública, nessa hipótese, aĮgura-se incorreta, porque a exigência de prévia licitação nas contrataçõesadministraƟvas tem por objeƟvo não apenas selecionar a proposta mais vantajosa para a Administração Pública,mas também oferecer a todos os administrados tratamentoisonômico.
3
§ 1º É vedado aos agentes públicos:I – admiƟr, prever, incluir ou tolerar, nos atos de convo-cação, cláusulas ou condições que comprometam, restrinjamou frustrem o seu caráter compeƟƟvo, inclusive nos casosde sociedades cooperaƟvas, e estabeleçam preferências oudisƟnções em razão da naturalidade, da sede ou domicíliodos licitantes ou de qualquer outra circunstância imperƟ-nente ou irrelevante para o especíĮco objeto do contrato,ressalvado o disposto nos §§ 5º a 12 deste arƟgo e no art. 3ºda Lei nº 8.248, de 23 de outubro de 1991;
(Redação dada pela Lei nº 12.349, de 2010)
II – estabelecer tratamento diferenciado de natureza co-mercial, legal, trabalhista, previdenciária ou qualquer outra,entre empresas brasileiras e estrangeiras, inclusive no que serefere a moeda, modalidade e local de pagamentos, mesmoquando envolvidos Įnanciamentos de agências internacio-nais, ressalvado o disposto no parágrafo seguinte e no art. 3ºda Lei nº 8.248, de 23 de outubro de 1991.§ 2º Em igualdade de condições, como critério de de-sempate, será assegurada preferência, sucessivamente,aos bens e serviços:I –
(Revogado pela Lei nº 12.349, de 2010)
II – produzidos no País;III – produzidos ou prestados por empresas brasileiras.IV – produzidos ou prestados por empresas que invistamem pesquisa e no desenvolvimento de tecnologia no País.
(Incluído pela Lei nº 11.196, de 2005)
§ 3º A licitação não será sigilosa, sendo públicos e aces-síveis ao público os atos de seu procedimento, salvo quantoao conteúdo das propostas, até a respecƟva abertura.§ 4º
(Vetado) (Incluído pela Lei nº 8.883, de 1994)
§ 5º Nos processos de licitação previstos no
caput 
, poderáser estabelecido margem de preferência para produtos ma-nufaturados e para serviços nacionais que atendam a normastécnicas brasileiras.
(Incluído pela Lei nº 12.349, de 2010)
§ 6º A margem de preferência de que trata o § 5º seráestabelecida com base em estudos revistos periodicamente,em prazo não superior a 5 (cinco) anos, que levem em con-sideração:
(Incluído pela Lei nº 12.349, de 2010)
I – geração de emprego e renda;
(Incluído pela Lei nº 12.349, de 2010)
II – efeito na arrecadação de tributos federais, estaduaise municipais;
(Incluído pela Lei nº 12.349, de 2010)
III – desenvolvimento e inovação tecnológica realizadosno País;
(Incluído pela Lei nº 12.349, de 2010)
IV – custo adicional dos produtos e serviços;
(Incluído pela Lei nº 12.349, de 2010)
3
Cesgranrio/Bacen/Analista/2010/Questão 22.
www.acheiconcursos.com.br
2

Activity (23)

You've already reviewed this. Edit your review.
myllabhorgess liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
Rodrigo Sogabe liked this
vendasml liked this
Laís Athayde liked this
Alexandre Lemos liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->