Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
12Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Yvonne Lindsay - Um Homem Honrado (Desejo 156)

Yvonne Lindsay - Um Homem Honrado (Desejo 156)

Ratings: (0)|Views: 512|Likes:
Published by emaildagloria4308

More info:

Published by: emaildagloria4308 on Sep 15, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/01/2013

pdf

text

original

 
Um Homem Honrado
Honor-Bound Groom
Yvonne Lindsay 
Homem de agosto:
Alexander Castillo, CEO e filho mais velho.
Seu dilema:
Acabar com a maldição da família.
Sua única opção:
Casar.Desde a infância, Alexander estava destinado a se casar com uma mulherescolhida para ele e o por ele! Para sua felicidade, a pretendente, LorenDubois, parecia mais do que adequada para ocupar a posição de esposa...perante a sociedade e também na cama dele. Só que Alexander jamais esperaraque Loren o cativasse tanto, a ponto de conquistar seu coração.
 
109494453.doc 
Tradução
Monica Britto
Harlequin
2011
Querida leitora,
 A possibilidade de um casamento arranjado é capaz de provocar arrepios a muitaspessoas, não é mesmo? Alexandrer sentia-se assim. Desde a infância, Loren foraprometida a ele. Mas o que parece nada empolgante pode tomar outros rumos... Acompanhe... e torça pelo poder do amor!
Equipe Editorial Harlequin Books
PUBLICADO SOB ACORDO COM HARLEQUIN ENTERPRISES II B.V./S.à.r.l.Todos os direitos reservados. Proibidos a reprodução, o armazenamento ou atransmissão, no todo ou em parte.Todos os personagens desta obra são fictícios. Qualquer semelhança com pessoas vivasou mortas é mera coincidência.Título original: HONOR-BOUND GROOMCopyright © 2010 by Dolce Vita TrustOriginalmente publicado em 2010 por Silhouette Desire Arte-final de capa: nucleo-i designers associadosEditoração eletrônica: ABREU’S SYSTEMTel.: (55 XX 21) 2220-3654 / 2524-8037Impressão:RR DONNELLEYTel.: (55 XX 11) 2148-3500,www.rrdonnelley.com.br Distribuição exclusiva para bancas de jornais e revistas de todo o Brasil:Fernando Chinaglia Distribuidora S/A.Rua Teodoro da Silva, 907Grajaú, Rio de Janeiro, RJ — 20563-900Para solicitar edições antigas, entre em contato com oDISK BANCAS: (55 XX 11-) 2195-3186/2195-3185/2195-3182Editora HR Ltda.Rua Argentina, 171, 4
o
andar São Cristóvão, Rio de Janeiro, RJ — 20921-380Correspondência para:Caixa Postal 8516Rio de Janeiro, RJ — 20220-971 Aos cuidados de Virgínia Riveravirginia.rivera@harlequihbooks.com.br 
2
 
109494453.doc 
PRÓLOGO
Isla Sagrado, três meses atrás...
— Abuelo está perdendo o juízo. Hoje ele falou novamente sobre a maldição. Alexander Castillo recostou-se na cadeira confortável de couro e olhou penalizadoseu irmão Reynard.Nosso avô não esficando louco, apenas envelhecendo e se preocupaconosco. — O olhar de Alex abrangia o irmão caçula, Benedict, também. — Temos defazer algo a respeito, alguma coisa drástica, e logo. Esta publicidade negativa sobre amaldição não afeta somente a ele, mas também nossos negócios.— É verdade. A receita da adega está baixa este trimestre. Mais do que o previsto— Benedict concordou, pegando seu copo de Castillo Tempranillo e dando um gole. —Certamente não é a qualidade do vinho que está fazendo com que isso aconteça.— Coloque seu ego em seu lugar de direito e mantenha o foco — Alex resmungou.— Isto é sério, Reynard, você é o cabeça da nossa publicidade. O que podemos fazer pela família como um todo a fim de deixar essa maldição idiota para trás?Reynard olhou-o, incrédulo.— Você realmente quer dar crédito à maldição?— Se isso significar que vamos poder fazer as coisas em equilíbrio novamente.Devemos isso a
abuelo.
Se tivéssemos agido de maneira mais tradicional, então o as-sunto não teria vindo à tona.Os Castillo nunca foram reconhecidos pela sua perspectiva tradicional,
mi hermano
— Reynard enfatizou com um sorriso depreciativo.E veja onde isto nos colocou Alex questionou. Trezentos anos e amaldição da governanta ainda recai sobre nós. Acreditando ou não, de acordo com alenda, somos nós, a última geração. Se não fizermos as coisas direito, uma nação inteira,o que inclui nosso avô, acreditará que será o fim da família Castillo. Quer isso em suaconsciência? — Ele olhou para o irmão do meio, antes de fixar o olhar em Benedict. — Evocê?Reynard sacudiu levemente a cabeça, incrédulo. Parecia atordoado por seu irmãomais velho ter se juntado a seu avô naquela crença louca de que uma lenda antigapudesse ser baseada na verdade. E mais: que ela pudesse afetar a prosperidade deles eaté mesmo ameaçar a vida que tinham hoje. Alex entendia o ceticismo de Reynard, mas que escolha tinham? Enquanto oshabitantes locais acreditassem na maldição, a má publicidade afetaria o modo com o quala família Castillo conduzia os negócios. E enquanto
abuelo
acreditasse na maldição, oscaminhos escolhidos por ele e seus irmãos poderiam criar ou destruir a felicidade dohomem que os havia criado.— Não, Alex. — Reynard suspirou. — Não quero ser responsável pela falência denossa família mais do que você já é.Então o que faremos a respeito? Benedict desafiou-os com um riso mal-
3

Activity (12)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
Thayze Tiburcio liked this
Alessanda Ramos liked this
Suelma Soares liked this
Suelma Soares liked this
Larissa Neri liked this
Larissa Carvalho liked this
Joana Rakel liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->