Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Sociologia e o Conhecimento Da Realidade Social

Sociologia e o Conhecimento Da Realidade Social

Ratings: (0)|Views: 217 |Likes:

More info:

Published by: Hugo Cesar Pangella Faskomy on Sep 24, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/21/2012

pdf

text

original

 
Sociologia e o conhecimento da realidade social
 A sociologia nasceu do positivismo, tendo sido o filósofo Augusto Comte (1798-
1857) o “pai” da sociologia, o primeiro a defender o método científico para o estudo da
realidade social, à semelhança de que acontecia com as ciências naturais. Foi, todavia,Emile Durkheima, (1857-1917) quem, de fato, aplicou o método científico no estudo de
um problema social grave na sua época, o suicido. As suas obras “Regras do Método
S
ociológico e “O Suicídio” marcam o nascimento da Sociologia com o estatuto de
ciência. Mas a origem da Sociologia tem outra vertente
 – 
as preocupações com asquestões sociais decorrentes da nova sociedade resultante da industrialização do séculoXIX. É com a intenção de compreender os novos problemas sociais que os novosinvestigadores, utilizando o método científico, deram origem á Sociologia.Sendo uma ciência nova é natural que os primeiros investigadores sepreocupassem com a definição do seu objeto e método. Emile Durkheim identifica osfatos sociais como o objeto da Sociologia e defende o método explicativo para osestudar; Marx Weber (1864-1920) refere a ação social resultante da estrutura socialcomo objeto de estudo e preconiza o método compreensivo para o estudo da ação social,embora não exclua o recurso à explicação para uma abordagem completa.
Objeto da Sociologia
 Durkheim considera os fatos sociais exteriores aos indivíduos como objeto daSociologia porque estes condicionam o comportamento social (impõem-se do exterior),atribuindo-lhes, assim, as características da exterioridade e coercitividade. Os fatossociais têm, igualmente, a característica da relatividade, na medida em que, para serementendidos, têm de ser analisados dentro do contexto em que ocorrem, não tendosignificado serem estudados em abstrato. Sendo um produto da sociedade, estudar osfatos sociais é encontrar o objeto da Sociologia.Max Weber considera que a ação social desenvolvida pelos indivíduos resulta daestrutura da sociedade em questão. Estudar a ação social é entender os valores, osmodelos, as características dessa sociedade. A ação social é, então, o objeto de estudoda Sociologia. A compreensão, método de análise que consiste em o cientista se colocarno lugar de quem estuda, é a proposta de Weber que a defende pelo fato de todossermos seres sociais, mas não exclui a necessidade de completarmos as nossasinstituições com a validação da explicação dada pelo método científico.
Investigação científica e obstáculos epistemológicos
 Para fazermos uma investigação científica e produzirmos conhecimentocientífico temos de respeitar alguns preceitos. O primeiro é fazer uma ruptura comalguns elementos que nos impedem de ser objetivos. Esses elementos são os obstáculosepistemológicos e entre eles estão o senso comum, a ilusão da transparência do social, afamiliaridade com o social, o naturalismo (tudo o que é social é criado pelo homem, nãoé natural), o individualismo (a Sociologia estuda a ação social em que o comportamento

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->