Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
46Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Apostila da Lei de Improbidade Administrativa Comentada (Lei 8.429/92) para Concursos

Apostila da Lei de Improbidade Administrativa Comentada (Lei 8.429/92) para Concursos

Ratings: (0)|Views: 24,181|Likes:
Published by Achei Concursos
Apostila da Lei de Improbidade Administrativa Comentada (Lei 8.429/92) para Concursos, contendo:

1. Teoria completa sobre IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, em 100 perguntas e respostas didáticas;
2. A Lei nº 8.429/92, que dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional, didaticamente COMENTADA;
3. 68 questões gabaritadas de concursos anteriores das principais bancas;
4. 31 questões COMENTADAS didaticamente sobre ampla teoria.
Apostila da Lei de Improbidade Administrativa Comentada (Lei 8.429/92) para Concursos, contendo:

1. Teoria completa sobre IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA, em 100 perguntas e respostas didáticas;
2. A Lei nº 8.429/92, que dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos de enriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administração pública direta, indireta ou fundacional, didaticamente COMENTADA;
3. 68 questões gabaritadas de concursos anteriores das principais bancas;
4. 31 questões COMENTADAS didaticamente sobre ampla teoria.

More info:

Categories:Business/Law
Published by: Achei Concursos on Sep 25, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/17/2014

pdf

text

original

 
 CADERNO DE TEORIA E EXERCÍCIOS
DIREITO ADMINISTRATIVO
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA (LEI Nº 8.429/92)PARA GABARITAR PROVAS DE CONCURSOS
Conteúdo:Teoria completa sobre
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
, em 100 perguntas e respostasdidáticas.A Lei nº 8.429/92, que dispõe sobre as sanções aplicáveis aos agentes públicos nos casos deenriquecimento ilícito no exercício de mandato, cargo, emprego ou função na administraçãopública direta, indireta ou fundacional, didaticamente
COMENTADA
.68 questões gabaritadas de concursos anteriores das principais bancas.31 questões
COMENTADAS
didaticamente sobre ampla teoria.
TOTAL:
99
 questões exclusivamente sobre
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
.
124
 páginas de material.
 ATENÇÃO:Recomendamos a leitura e prática constante e periódica desta apostila, com a soluçãoexaustiva de suas baterias de questões. Assim, você fixará a matéria, melhorará suaperformance e obterá o sucesso esperado, gabaritando as questões sobreIMPROBIDADEADMINISTRATIVAque surgirão em sua prova.
Encontre o material de estudo para seu concurso preferido em
www.acheiconcursos.com.br
 
O que é improbidade administrativa?
1
Improbidade administrativa é a caracterização atribuída pela Lein. 8.429/1992, conhecida como LIA (Lei de Improbidade Administrati-va), a determinadas condutas praticadas por agentes públicos e tambémpor particulares que nelas tomem parte. A definição de tais condutas édada pelos artigos 9
o
, 10 e 11 da referida lei: o artigo 9
o
define os atosde enriquecimento ilícito; o artigo 10, os atos que acarretam lesão aoerário; e o artigo 11, os atos que violam os princípios da administraçãopública. Portanto, a noção de improbidade administrativa derivada daLei n. 8.429/1992 é bastante abrangente, modificando qualquer refe-rência legal ou teórica que, anteriormente à edição dessa lei, vinculasseo termo “improbidade” à idéia de desonestidade. A partir da LIA, devemosentender a improbidade administrativa como aquela conduta consideradainadequada – por desonestidade, descaso ou outro comportamento impró-prio – ao exercício da função pública, merecedora das sanções previstasno referido texto legal. A LIA adveio como concretização do mandamentoinserido no artigo 37, § 4
o
, da Constituição Federal, que assim dispõe:
osatos de improbidade administrativa importarão a suspensão dos direitos políticos, a perda da função pública, a indisponibilidade dos bens e o res- sarcimento ao erário, na forma e gradação previstas em lei 
[...].
A improbidade administrativa encontra-se pre-vista apenas na Lei n. 8.429/1992?
2
É certo, por um lado, que a Lei n. 8.429/1992 (LIA) constitui o textolegal regente da figura jurídica da improbidade administrativa. Por outrolado, é também verdadeiro que tal figura extravasa esse texto legal,aparecendo, por exemplo, na Constituição Federal, no seu artigo 85,inciso V, que indica como crime de responsabilidade do Presidente da
Definição de improbidadeadministrativa
www.acheiconcursos.com.br
1
 
República a prática de ato que viole a probidade administrativa. A Lein. 1.079/1950, que define os crimes de responsabilidade do Presidenteda República e de outras autoridades, caracteriza como crime de respon-sabilidade os atos que atentem contra a “probidade na administração”.Em outros textos legais, como, por exemplo, no Código Civil, emprega-seo termo probidade como sinônimo de honestidade e lealdade (veja-seo artigo 422 do Código Civil, que diz que a conclusão e a execução doscontratos estão sujeitas aos princípios de probidade e boa-fé).
3
Existe, quer na Lei n. 8.429/1992, quer em ou-tro texto legal, ou ainda na literatura jurídica,um critério geral definidor da improbidade ad-ministrativa?
Não há, de modo expresso, na Lei n. 8.429/1992 nem em qualquer outrotexto legal, um critério geral ou conceito geral de improbidade adminis-trativa que permita balizar, com maior segurança, a aplicação dos artigos9
o
, 10 e 11 da Lei de Improbidade Administrativa, até porque as leisnão costumam fornecer conceitos jurídicos. Ocorre que tampouco há nalegislação elementos seguros para a literatura jurídica, à qual competea construção de conceitos jurídicos, formular um critério geral ou con-ceito geral de improbidade administrativa, que teria de ser abrangentepara abarcar as condutas previstas nos artigos 9
o
, 10 e 11 e, ao mesmotempo, excludente daquelas condutas de menor gravidade.O que está claro é que tanto o constituinte, ao inserir o artigo 37, § 4
o
, naConstituição, quanto o legislador, ao elaborar a Lei n. 8.429/1992, comoconcretização do mencionado dispositivo constitucional, expressaramuma vontade política da sociedade voltada a um adequado gerenciamentoda coisa pública. Nessa linha de raciocínio, deve-se entender que a LIAestá direcionada não apenas aos atos de desonestidade, mas tambémaos de descaso do agente público para com o interesse público, ou,
www.acheiconcursos.com.br
2

Activity (46)

You've already reviewed this. Edit your review.
fergtavares liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
Kelly Marques liked this
Bruna Raylla liked this
Thiago Gerber liked this
Renata Moraes liked this
Jhon Almeida liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->