Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
4Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
7 Portugal - o Estado Novo

7 Portugal - o Estado Novo

Ratings: (0)|Views: 215|Likes:
Published by Ana Pinto
Apontamentos da matéria de exame de História A 12º Ano – 2011/2012 Parte 7 Portugal - o Estado Novo
Apontamentos da matéria de exame de História A 12º Ano – 2011/2012 Parte 7 Portugal - o Estado Novo

More info:

categoriesTypes, School Work
Published by: Ana Pinto on Oct 05, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOCX, TXT or read online from Scribd
See More
See less

12/29/2013

pdf

text

original

 
Portugal: o Estado Novo
Após o golpe militar de 28 de Maioacrise politica e financeiraagravou-se cada vez mais. Neste contexto, António de Oliveira Salazar é nomeado para tratar as finanças do país, cargo queaceita com a condição de ter o controlo geral das despesas públicas, de forma a inverter asituação financeira vivida.O triunfo das forças conservadorasSalazar implanta medidas de controlo das despesas públicas e aumenta gradualmente osimpostos, o que resulta no equilíbrio do orçamento do estado e na eliminação do déficepublico. Com os resultados obtidos na gestão das finanças do país, Salazar começa a ganharpoder e prestigio, que lhe permitem ser nomeado Chefe do Governo.A progressiva adoção do modelo fascista italianono poder, Salazarpara impor a ordem social e resolver a situação financeira, adopta omodelofascista italiano, de forma a condicionar as liberdades individuais e a instalar umEstado autoritário. Assim, para impor a ordem social, é criado umconjunto de instituições,nomeadamente, aUnião Nacionalque deu lugar ao único partido autorizado, oPartido Nacional, oActo Colonial, que reafirma a missão civilizadora de Portugal nos territórios ultramarinos, oEstatuto do Trabalho Nacional, que regulava a o sector produtivo e, por fim, aConstituição de 1933, que marcava a transição da ditadura militar para a ditadura civil.Neste contexto, em1933 institucionalizou-se o Estado Novo, um regime autoritário,conservador, nacionalista, repressivo e corporativista. O Estado Novo eraautoritário, namedida em que rejeitava a liberdade e a soberania popular, rejeitava o sistema parlamentar eo poder pertencia ao Governo, que exercia autoridade sobre a população. O Estado Novo eraconservador, pois deu grande importância às tradições, nomeadamente à família tradicional,em que a mulher era apenas esposa e mãe, não tendo qualquer importância económica ousocial e em que o homem era quem sustentava a família. O Estado Novo eranacionalista,porque Salazar afirmava que tudo tinha de ser pela nação e nada contra a nação, havia aglorificação da História de Portugal, e valorizava-se o estilo de vida português e os produtosnacionais. O Estado Novo erarepressivo, na medida em que o interesse da Nação sesobrepunha aos interesses individuais, verificando-se também censura sobre as produçõesintelectuais e perseguições e mortes aos opositores do regime. Por fim, o Estado Novo eracorporativista, pois o sistema económico e social estava organizado em corporações queintegravam patrões e trabalhadores.Uma economia submetida aos imperativos políticosAeconomiado Estado Novo tinha comoobjectivo garantir a auto-suficiência do país, incrementando onacionalismo económico. Assim, Salazar conseguiu equilibrar as finançasatravés dointervencionismo e da autarcia. A autarcia conseguiu tornar Portugal menosdependente do exterior e o intervencionismo divulgou campanhas de produção e incentivos àespecialização de certos produtos. Houve uma melhor gestão do dinheiro do Estado, criaram-se novosimpostose aumentaram-se astarifas alfandegárias. Os novos impostos permitiram aumentar areceita fiscale para além disso, aneutralidade de Portugal na Segunda Guerra

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->