Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Deve Se Orar Especialmente Por Todo o Corpo Da Igreja Horas Vol IV 300

Deve Se Orar Especialmente Por Todo o Corpo Da Igreja Horas Vol IV 300

Ratings: (0)|Views: 293|Likes:
Do Tratado sobre Caim e Abel, de Santo Ambrósio, bispo
(Lib. 1,9,34.38-39: CSEL 32,369.371-372)
(Séc. IV)
Deve-se orar especialmente por todo o Corpo da Igreja

Imola a Deus um sacrifício de ação de graças e cumpre teus votos ao Altíssimo (Sl 49,14). Louvar a Deus é fazer um voto de louvor e cumpri-lo. Por isto o samaritano se sobressai aos de­mais porque, ao ser purificado com os outros nove da lepra, pela palavra do Senhor, voltou sozinho a Cristo e engrandeceu a Deus com ação de graças. Dele disse Jesus: Não houve dentre eles quem voltasse e desse graças a Deus a não ser este estran­geiro. E dirigindo-se a ele: Levanta-te e vai;tua fé te salvou (Lc 17,18-19).
O Senhor de modo divino também te ensinou a bondade do Pai que sabe dar coisas boas, para que ao Bom peças tudo o que é bom. E aconselhou a orar com instância e repetidamente; não em prece fastidiosa pela duração, mas continuada pela fre­quência. Futilidades afogam, as mais das vezes, a longa oração, e na muito interrompida facilmente se insinua o descuido.
Exorta ainda a que, quando lhe pedes perdão para ti, saibas que será concedido sobretudo aos outros, na medida em que apoiares o pedido coma voz de tuas obras. O Apóstolo também ensina que se deve orar sem ira nem contestação, para que não se turve, não se altere tua súplica. E ainda ensina que se há de rezar em todo lugar (cf. 1Tm 2,8), pois disse o Salvador: Entra em teu quarto (Mt 6,6).
Não entendas, porém, um quarto cercado por paredes, onde teu corpo fica fechado, mas o quarto que existe dentro de ti, onde são encerados teus pensamentos, onde moram teus senti­mentos. Este quarto de tua oração em toda parte está contigo, em toda parte é secreto, sem outro juiz que não Deus só.
Aprendeste também que se deve rezar principalmente pelo povo, quer dizer, pelo Corpo inteiro, por todos os membros de tua Mãe, onde se nota a mútua caridade. Se, pois, pedes por ti, somente por ti rogarás. E se apenas por si roga cada qual, será menor a graça do pecador do que a do intercessor. Agora, po­rém, já que cada um pede por todos, então todos rezam por cada um.
Portanto, para resumirmos, se apenas pedes por ti somente, como dissemos, pedirás por ti. Ao passo que se pedes por to­dos, todos pedirão por ti. Na verdade também tu estás em to­dos. É assim grande a recompensa: que pela intercessão de um se beneficie o povo inteiro. Não há nisto nenhuma arrogância; porém, há maior humildade e mais copiosos frutos.

Responsório
Sl 60(61),2-3a.6
R. Escutai, ó Senhor Deus, minha oração,
atendei à minha prece, ao meu clamor.
* Dos confins do universo a vós eu clamo.
V. Pois, ouvistes, ó Senhor, minhas promessas
e me fizestes tomar parte na herança
daqueles que respeitam vosso nome. * Dos confins.

Oração
Ó Deus eterno e todo-poderoso, que nos concedeis no vosso imenso amor de Pai mais do que merecemos e pedimos, derra­mai sobre nós a vossa misericórdia, perdoando o que nos pesa na consciência e dando-nos mais do que ousamos pedir. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora
V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.
Do Tratado sobre Caim e Abel, de Santo Ambrósio, bispo
(Lib. 1,9,34.38-39: CSEL 32,369.371-372)
(Séc. IV)
Deve-se orar especialmente por todo o Corpo da Igreja

Imola a Deus um sacrifício de ação de graças e cumpre teus votos ao Altíssimo (Sl 49,14). Louvar a Deus é fazer um voto de louvor e cumpri-lo. Por isto o samaritano se sobressai aos de­mais porque, ao ser purificado com os outros nove da lepra, pela palavra do Senhor, voltou sozinho a Cristo e engrandeceu a Deus com ação de graças. Dele disse Jesus: Não houve dentre eles quem voltasse e desse graças a Deus a não ser este estran­geiro. E dirigindo-se a ele: Levanta-te e vai;tua fé te salvou (Lc 17,18-19).
O Senhor de modo divino também te ensinou a bondade do Pai que sabe dar coisas boas, para que ao Bom peças tudo o que é bom. E aconselhou a orar com instância e repetidamente; não em prece fastidiosa pela duração, mas continuada pela fre­quência. Futilidades afogam, as mais das vezes, a longa oração, e na muito interrompida facilmente se insinua o descuido.
Exorta ainda a que, quando lhe pedes perdão para ti, saibas que será concedido sobretudo aos outros, na medida em que apoiares o pedido coma voz de tuas obras. O Apóstolo também ensina que se deve orar sem ira nem contestação, para que não se turve, não se altere tua súplica. E ainda ensina que se há de rezar em todo lugar (cf. 1Tm 2,8), pois disse o Salvador: Entra em teu quarto (Mt 6,6).
Não entendas, porém, um quarto cercado por paredes, onde teu corpo fica fechado, mas o quarto que existe dentro de ti, onde são encerados teus pensamentos, onde moram teus senti­mentos. Este quarto de tua oração em toda parte está contigo, em toda parte é secreto, sem outro juiz que não Deus só.
Aprendeste também que se deve rezar principalmente pelo povo, quer dizer, pelo Corpo inteiro, por todos os membros de tua Mãe, onde se nota a mútua caridade. Se, pois, pedes por ti, somente por ti rogarás. E se apenas por si roga cada qual, será menor a graça do pecador do que a do intercessor. Agora, po­rém, já que cada um pede por todos, então todos rezam por cada um.
Portanto, para resumirmos, se apenas pedes por ti somente, como dissemos, pedirás por ti. Ao passo que se pedes por to­dos, todos pedirão por ti. Na verdade também tu estás em to­dos. É assim grande a recompensa: que pela intercessão de um se beneficie o povo inteiro. Não há nisto nenhuma arrogância; porém, há maior humildade e mais copiosos frutos.

Responsório
Sl 60(61),2-3a.6
R. Escutai, ó Senhor Deus, minha oração,
atendei à minha prece, ao meu clamor.
* Dos confins do universo a vós eu clamo.
V. Pois, ouvistes, ó Senhor, minhas promessas
e me fizestes tomar parte na herança
daqueles que respeitam vosso nome. * Dos confins.

Oração
Ó Deus eterno e todo-poderoso, que nos concedeis no vosso imenso amor de Pai mais do que merecemos e pedimos, derra­mai sobre nós a vossa misericórdia, perdoando o que nos pesa na consciência e dando-nos mais do que ousamos pedir. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora
V. Bendigamos ao Senhor.
R. Graças a Deus.

More info:

Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/08/2012

pdf

text

original

 
27ª Semana do Tempo Comum
Segunda leitura
Do Tratado sobre Caim e Abel, de Santo Ambrósio, bispo
(Lib. 1,9,34.38-39: CSEL 32,369.371-372)(Séc. IV)
 Deve-se orar especialmente por todo o Corpo da Igreja
 Imola a Deus um sacrifício de ação de graças e cumpre teus votos ao Altíssimo
(Sl 49,
14
). Louvar a Deus é fazer um voto de louvor e cumpri-lo.Por isto o samaritano se sobressai aos demais porque, ao ser purificadocom os outros nove da lepra, pela palavra do Senhor, voltou sozinho aCristo e engrandeceu a Deus com ação de graças. Dele disse Jesus: Nãohouve dentre eles quem voltasse e desse graças a Deus a não ser esteestrangeiro. E dirigindo-se a ele:
 Levanta-te e vai;tua fé te salvou
(Lc 17,
18-19
).O Senhor de modo divino também te ensinou a bondade do Pai que sabedar coisas boas, para que ao Bom peças tudo o que é bom. E aconselhou aorar com instância e repetidamente; não em prece fastidiosa pela duração,mas continuada pela frequência. Futilidades afogam, as mais das vezes, alonga oração, e na muito interrompida facilmente se insinua o descuido.Exorta ainda a que, quando lhe pedes perdão para ti, saibas que seráconcedido sobretudo aos outros, na medida em que apoiares o pedido comavoz de tuas obras. O Apóstolo também ensina que se deve orar sem ira nemcontestação, para que não se turve, não se altere tua súplica. E ainda ensinaque se há de rezar em todo lugar (cf. 1Tm 2,
8
), pois disse o Salvador:
 Entraem teu quarto
(Mt 6,
6
). Não entendas, porém, um quarto cercado por paredes, onde teu corpofica fechado, mas o quarto que existe dentro de ti, onde são encerados teus pensamentos, onde moram teus sentimentos. Este quarto de tua oração emtoda parte está contigo, em toda parte é secreto, sem outro juiz que nãoDeus só.Aprendeste também que se deve rezar principalmente pelo povo, quer dizer, pelo Corpo inteiro, por todos os membros de tua Mãe, onde se nota amútua caridade. Se, pois, pedes por ti, somente por ti rogarás. E se apenas por si roga cada qual, será menor a graça do pecador do que a dointercessor. Agora, porém, já que cada um pede por todos, então todosrezam por cada um.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->