Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
41774077 Estudo Sobre REIKI Em Enfermagem

41774077 Estudo Sobre REIKI Em Enfermagem

Ratings:
(0)
|Views: 3|Likes:

More info:

Published by: Alessandra F. Torres on Oct 28, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/20/2014

pdf

text

original

 
C
UIDADO
 
DE
E
NFERMAGEM
: O
TOQUE
 
TERAPÊUTICO
 
DO
EIKI
 
EM
 
IDOSOS
 
RESIDENTES
 
EM
 I
NSTITUIÇÃO
 
DE
 
LONGA
 
PERMANÊNCIA
 
1
Aline Cristina C. Oliveira ²Marlene Teda Pelzer³
RESUMO
O presente estudo tem como meta divulgar a Terapia Reiki como tratamento complementar aos cuidados de enfermagem, objetivando promover a harmonização, o resgate da auto-estimae da cidadania do idoso. A metodologia consta de uma abordagem qualitativa e os dadosforam coletados por um questionário semi- estruturado e observação participante. Os sujeitosda pesquisa foram cinco idosos residentes no Pensionato Meu Terceiro Lar, no município deRio Grande (RS). A análise dos dados confirmou o intuito desse trabalho, fato constatado pelaaceitabilidade dos idosos e seu entusiasmo em participar da pesquisa.Palavras- chave: terapia reikiana; cuidado de enfermagem; resgate da auto- estima ecidadania do idoso.
1- Introdução
Ao refletir sobre o cuidado de enfermagem nesse novo milênio e sobretudo no processo saúde- doença, penso que devemos ir além do convencional. Isso significa enfocar as ões de enfermagem o na doença, mas sim num processo de constrão eautoconhecimento de nosso próprio corpo e da forma que interagimos com o mundo. Sendoassim, esse trabalho buscou divulgar a Terapia Reiki como alternativa complementar aoscuidados de enfermagem, através da harmonização, resgate da auto-estima e cidadania dosidosos.
1
Artigo apresentado para disciplina de Trabalho Monográfico II, do Curso de Enfermagem e Obstetrícia daFundação Universidade Federal do Rio Grande – FURG2
Enfermeira, Professor Educacional III, SENAC- Rio Grande, Membro do GEP –GERON CNpq,Fundação Universidade Federal do Rio Grande- FURG- Rua Santa Catarina, 647 - Telefone: (053)233 3089 E-mail: ACCM82@brturbo.com.br 
³ Enfermeira, Professor Adjunto IV, Departamento de Enfermagem, Membro do GEP- Geron., FundaçãoUniversidade Federal do Rio Grande – FURG – Mestre em Assistência de Enfermagem, Doutoranda emEnfermagem, Orientadora. 
 
Durante minha formão acadêmica sempre me questionei o que é o “olhar hostico”, o debatido e propagado por todos. A busca dessa resposta levou-me adesenvolver minha monografia embasada na Terapia Reiki em uma Instituição de LongaPermanência para Idosos (ILPI), localizada em Rio Grande/RS. Percebi que é possívelincorporar à profissão Enfermagem e ao seu “fazer” essa terapia alternativa, a qual, segundo(HORAN, s/d, p. 23,) “(..) é uma ferramenta maravilhosa para ajudar as pessoas a desenvolver a percepção consciente, a mesma chave para o esclarecimento (...)”.A maioria dos idosos são desrespeitados e abandonados pelas famílias,quandoinseridos em ILPIs. Sabemos que a expectativa de vida aumenta a cada ano e no Brasil asestatísticas mostram essa mudança. Segundo Heredia (1999, p.14),
“O Brasil é um dos países da América Latina que tem experimentado um dosmaiores aumentos em relação a sua proporção de idosos na população total. Issosignifica uma acelerada tendência de envelhecimento populacional. Nas últimasdécadas constata-se esta afirmação ao longo dos Censos e as projeções até 2020 aconfirmam”.
O Reiki é uma alternativa capaz de direcionar o envelhecimento a uma melhor qualidade de vida. Macri (2001,p.3) afirma que “ Reiki é energia ou sabedoria universal. É ainteligência natural, harmônica e essencial que sustenta a energia vital (ki). (...) É um métodoque canaliza e transmite essa energia através das mãos, equilibrando os níveis físico, mental ,emocional e espiritual”.Por sua vez, Stein (1995,p.40) pondera:“(...)A origem de toda doença física é provavelmente mais do que física, e a causa não física deve ser tratada para se debelar a dor no corpo(....)”. Assim, de acordo com Horan (s/d, p.37):
“o formato de um tratamento de Reiki variará um pouco com cada praticante; porém, o foco primário estará igualmente em qualquer das áreas dolorosas ou“problemáticas” do corpo e do sistema endócrino.(...) No nível do etérico, cada umdos sete chacras principais, ou centros de energia, correspondem a uma dasglândulas endócrinas.(...) Todos os níveis estão de algum modo interligados”.
Em face do exposto, entendemos que devemos olhar o ser humano de formadinâmica no espaço e no tempo. Nesse sentido, alguns autores colocam que:
“Cuidar com base em um sinal não nos é relevante, por que o corpo interage com oambiente na totalidade do ser, envolvido de nervos, pele, músculo e sangue paraexpressar e sentir suas emoções e, nesse mesmo corpo, o enfermeiro buscatranscender aquilo que o paciente não conhece, aplicando a terapia natural,mostrando pelo toque físico que é possível despertar o sistema energético, indo alémdo tradicional de nossa prática, pois o homem é holodinâmico”.
(TASHIRO;ORLANDI; MARTINS;SANTOS, 2001, p. 662).
 
Assim, os idosos constituem um desafio para a sociedade civil e para o Estado quedeve procurar oferecer qualidade de vida apropriada e eficiente. Nessa perspectiva, aenfermagem é elo fundamental, principalmente no que tange à promoção da saúde, prevençãode Doenças Crônicas Não-Transmíssiveis (DCNT) e educação em saúde.
2-Revisão de literatura
Ao refletir sobre a Terapia Reiki, Macri (2001, p.3) afirma que “Reiki é Energia ouSabedoria Universal. É a Inteligência natural, harmônica e essencial que sustenta a EnergiaVital (KI). É o nome dado por Mikao Usui a Poderosa Energia Cósmica que sustenta a vida.Sendo um método que canaliza e transmite essa energia através das mãos equilibrando osníveis físico, mental, emocional e espiritual”.Ao considerar a Energia Reiki, (Stein, 1995, p.188) pondera:
“ O processo iniciático pode ser considerado hoje uma das coisas mais sagradas naTerra. Desde o momento da iniciação, um novo curador é criado – ou melhor,despertado. A capacidade de curar faz parte do código genético humano impresso nonosso DNA. A iniciação Reiki acende uma luz numa casa escura, reativando donsque um dia foram universais, mas que hoje estão praticamente esquecidos. O Reiki éuma das maiores forças deste planeta na evolução das pessoas. As iniciações curamo nosso DNA, ligando-nos novamente à “Luz” da informação que foi perdida peloshabitantes da terra”.
 No clima aberto de hoje, no qual as pessoas estão procurando soluções alternativasa muitos dos problemas da vida, há uma consciência aumentada que a cura acontece além donível físico. Nesse sentido, Horan (s/d,p.138) nos traz que “Um dos maiores benefícios doReiki é a possibilidade de autotratamento. É simplicidade. Mas não é placebo, nem efeito psicológico, nem fé que cura as pessoas, pois também funciona em animais e plantas”.Ainda podemos considerar Macri (2001,p.3), quando salienta que: “Um dos principais efeitos da energia Reiki é a melhora na conexão entre corpo, espírito e alma,sentimento e razão, consciente e inconsciente”.Dessa forma, o Reiki não só pode efetuar mudança na estrutura química do corpo,ajudando regenerar os órgãos e reconstituir tecido e osso, mas também ajuda a criar oequilíbrio no nível mental. Segundo Horan ( s/d, p.21-39), a energia Reiki atua da seguinteforma:
“No nível de etérico, cada um dos chacras principais, ou centros de energia,correspondem a uma das glândulas endócrinas (...). Assim, o sistema endócrino agecomo um “transformador” de energia para os centros de energia etéricos, ou chacras,e igualmente os chacras agem como “transformadores” de energia de volta para o

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->