Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
4Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Auto-Controle Mental - Tomio Kikuchi

Auto-Controle Mental - Tomio Kikuchi

Ratings: (0)|Views: 7 |Likes:

More info:

Published by: Alessandra F. Torres on Oct 28, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/20/2014

pdf

text

original

 
AUTOCONTROLE MENTALPor: Tomio Kikuschi© 1980Direitos autorais reservados àMUSSO PUBLICAÇOES LTDA.Pça. Carlos Gomes, 60 - 1.0 andar01501 - Liberdade - São PauloTelefone 32-9738 - SP - BrasilProibida a reprodução total ou parcial,sem autorização expressa da editora.ApresentaçãoAutocontrole mental é sinimo de auto-conscientizão, de auto-libertação, deauto-realização, de auto-educação, de auto-crião, de auto-transformão e deauto-renascimento, individual e coletivo.Portanto, o autocontrole mental é um assunto grandemente atrativo e entusiásticopara todas as consciências inconscientes e para aqueles sem segurança, semliberdade, sem independência, sem criatividade e sem esperança, que vivem em meioa dificuldades imensas, impossibilitados para a realização do autocontrole mental.O Princípio Único, que ensina a ordem do Universo, é a base deste livro e ofereceráa teoria e a prática, absolutamente infalíveis, para a realização do autocontrole mentalimediato.Existem dois tipos de autocontrole mental: parcial e global, momentâneo econstante, provisório e definitivo, paliativo e efetivo, inconstante e persistente,superficial e profundo, descendente e ascendente, idêntico aos dois tipos demedicina, uma paliativa, alopática, e outra, radical, preventiva.AUTOCONTROLE MENTAL foi, originalmente, uma prelão comemorativa,realizada no II Seminário de Inverno, em presença da Profa. Lima Ohsawa, naEscola Musso, em julho de 1979. A III e IV partes foram preleções dadas noInstituto Principio Único, em março e abril de 1978. Com isto, espero confirmar acapacidade inesgotável, latente em cada um, a fim de que mergulhemos sempre bemno centro das dificuldades vicissitudinárias da vida para poder assim encontrar ofoco mais fácil de se iniciar a auto-transformação constante.TOMIO KIKUCHI
 
PRÁTICA PRODUTIVA E CONSTRUTIVADO RELACIONAMENTO HUMANO1. AS CONDIÇÕES DE ATRAÇÃO NO RELACIONAMENTO HUMANOA sociedade atual oferece grandes dificuldades para a realização de uma vidaprodutiva e construtiva no que concerne ao relacionamento humano. Ainda mais, atendência é a destruição do verdadeiro sentido da vida produtiva humana.Precisamos inicialmente ter consciência do comandante da nossa vida, isto é,precisamos pensar um pouco sobre a própria mente. Mas, infelizmente, ninguém usaessa capacidade principal do ser humano. Esse é o resultado da ausência dofuncionamento cerebral, o que resulta na degeneração da humanidade. Por isso,precisamos reconhecer e relembrar a formão do ser humano, como também odesenvolvimento do cérebro. Para controlarmos a mente, precisamos, antes de tudo,conhecer a própria mente. Quem ignora a própria mente, não pode controlá-la, poisestará apenas lutando com um fantasma, o obtendo assim nenhum resultado.Então, antes de tudo, precisamos saber sobre nossa própria mente.Qual é a essência e a qualidade da mente? Qual é o aspecto real, a existência real e oobjeto verdadeiro da própria mente? Seque a nossa mente também enfrenta adificuldade de confirmar a sua exisncia real, como os discos voadores, que foramconsiderados objetos não identificados, desconhecidos? Mas, de fato, um objeto ouum assunto relacionado com qualidade, capacidade, fato ou possibilidade oconfirmada e desconhecida, cria, normalmente, atração. Um objeto desconhecido,ou que se tem dificuldade de confir-lo, cria atração. Portanto, a atração pelosdiscos voadores e, mundialmente, muito grande, porque ninguém ainda osconfirmou. Há pessoas que dizem já ter encontros com esses seres extraterrestres,como também afirmam já terem viajado junto com eles dentro de suas naves, etc.,mas oficialmente ainda não está confirmado. Por esse motivo cria muita atração. Aatração, relacionada com o controle mental, é analogamente muito grande. Controlemental é moda, hoje em dia. Mas essa moda esbaseada na ignorância sobre amente. Ninguém a conhece, como o disco voador. Nossa mente cria atração,porque se assemelha a um "objeto" não identificado, não confirmado edesconhecido.Por que a mulher atrai o homem e o homem atrai a mulher? Porque esses "objetos"o mutuamente desconhecidos, o identificados. De fato, é muito dicil de seentender mutuamente. Aparentemente demonstramos entender, mas não é cil de seentender. Se alguém já confirmou seus conhecimentos, confirmando e identificandocompletamente sua esposa ou esposo, lamentavelmente é um caso perdido. Seacham que já estão mutuamente realizados, em relação ao conhecimento e
 
identificação completos, este caso é um caso perdido. Por que? Porque assimdesaparece a condição atrativa entre mulher e marido. Se já se conhecem, eno aatração desaparece. Realmente, o é o fácil. Mesmo demorando muito tempopara conhecer completamente, perde-se o interesse no momento do conhecimentocompleto. Por que ninguém sente atração pelo cadáver? Pelo contrário, sentimos atéuma sensação de repulsa e antipatia. É porque o caver o se movimenta, oesconde nada, nem manifesta nenhuma sensação vergonhosa. Mostra tudo, entregatudo, sem resistência e sem nenhuma reserva. Portanto, a mulher e o marido quesentem reciprocamente uma satisfação completa, sem dependência e semarrependimento nenhum, atras da confirmação e identificação completas, semdúvida nenhuma e sem nenhum elemento oculto, mostrando tudo e entregando tudo,é muito perigoso; é semelhante ao estado do cadáver ou do moribundo. Porexemplo, a mulher que tem facilidade de revelar sua qualidade e capacidade inteira,mostrando tudo e entregando tudo, sem reserva, sua atração já estarácompletamente perdida. Essa realidade é muito importante. Realmente, a mulher quegosta de se aproximar de qualquer homem com maior facilidade, mostrando seufísico o máximo possível, destrói a atração verdadeira e profunda da suafeminilidade.Por que todos sentem uma grande atração por Deus? Esta atração é, na realidade,incomparavelmente maior. É devido ao fato de que Deus nunca mostra sua figura aninguém, mesmo que seu movimento universalmente grande esteja sendomanifestado a cada momento.Existem dois elementos principais que determinam nossa atração para com Deus. Oprimeiro deles é que ninguém nunca pode identificar a capacidade e a qualidade deDeus, ainda que mobilizando todos os poderes da ciência atual. Portanto, mesmousando toda a capacidade que possuímos, nunca foi posvel identificar a Deus,nem sequer nas formas mais elementares da sua manifestação.O segundo elemento é a manifestação do movimento produtivo de Deus,incomparavelmente superior, ainda que escondendo completamente sua figura. Estessão os dois elementos fundamentais da atração por Deus. Isso é inteiramentecontrio ao fato do caver, que mostra totalmente sua figura sem manifestarnenhum movimento produtivo, não atraindo ninguém.Observando esses dois lados extremos, cheguei à conclusão sobre as condiçõesfundamentais da atração. Isso é muito importante. A atração o essomenterelacionada com a parte exterior. A atração é a base da autoconfiança. Quem osente atração pela própria existência, isto significa que essa pessoa já perdeu aconfiança em si mesma. Essa condição fundamental da atração é a base daobservação construtiva da própria existência.As Condições Fundamentais da Atração1.a O movimento e a expressão progressivos, produtivos e estéticos, proporçionais.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->