Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
12Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Atividades de Língua Portuguesa - 4º Ano (Descritores)

Atividades de Língua Portuguesa - 4º Ano (Descritores)

Ratings: (0)|Views: 9,026 |Likes:
Published by Juciene Bertoldo

More info:

Published by: Juciene Bertoldo on Oct 29, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/18/2013

pdf

text

original

 
 
Caro professor,Nosso grande desafio é trabalhar com os nossos alunos para que eles sejam capazes de ler, escrever e seexpressar de maneira competente na língua portuguesa. Espero que as questões propostas possam ser ferramentas úteis ao seu trabalho.Um abraço,Cecília
CONTEÚDOSQUESTÕES
Texto 1Interpretação de texto1, 2, 3, 4, 6, 9, 10, 11, 12Produção de texto5Gramática/ortografia13Vocabulário7, 8Texto 2Interpretação de texto13, 14, 15, 16, 17, 18, 19, 20, 21Produção de texto22Gramática/ortografia23Texto 3Interpretação de texto24, 25, 26, 27, 28, 29Gramática/ortografia30Texto 4Interpretação de texto31, 32, 33, 34, 35, 36, 37, 38Produção de texto40Gramática/ortografia39
1
BANCO DE QUESTÕES
Disciplina: Língua PortuguesaSérie: 3ª/4º anoSegmento: Ensino FundamentalSemestre: 2º/2009Elaborador(a): Cecília Auler Valadares Ribeiro
 
TEXTO 1NO TEMPO EM QUE A TELEVISÃO MANDAVA NO CARLINHOS...
 A gente tem uma turma bem engraçada. Tem o Catapimba, que joga futebol muito bem; tem o Beto,que sabe tudo o que acontece no bairro; tem o Batata, que é o zagueiro do time da outra rua.Com o Batata aconteceu uma coisa engraçada. Pelo apelido dele você já pode imaginar como ele eragorducho. Mas também ele vivia comendo o dia inteiro. Tudo o que via anunciado pela televisão ele queria:queijinho que vale por um bifinho, achocolatado da Miúcha, macarrão da Patrícia, milquecheique do Bubu,pipoca do gatinho, biscoito do Xuxu, Coca-bola e tudo! Acho que nem sabia se era gostoso ou se era umaporcaria. Era só mania de ir atrás do que a televisão dizia.Com isso, ele foi engordando, engordando... Ficou uma bola.Dona Mariquinhas, que é a mãe dele, vivia querendo que ele comesse verduras, legumes e frutas. Masse tinha na mesa tomate e linguiça, o que é que você acha que ele comia?Por causa disso o Carlinhos já ganhou um montão de apelidos: Bola, Bolinha, Bolão, Bolacha, Gordo, ecomo eu já disse, Batata.De uns tempos pra cá, ele começou a não gostar dos apelidos. Ele dizia:- Meu nome é Carlos, não Batata. Se quiser me chamar de Carlão, tudo bem! Mas Bolacha, não!Mas sabe como é! Quanto mais a gente reclama, mais as pessoas chateiam, né?Então ele resolveu fazer regime, sem falar com ninguém. Assim como ele comia tudo o que a televisão mostrava, resolveu fazer também o regime que atelevisão mandava.O Batata viu um anúncio de uma tal de Gororoba Dois Mil, o melhor regime do Brasil! E no anúnciotinha uma porção de moças de biquíni que diziam que tinham emagrecido 200 quilos tomando a tal porcaria! Eera tudo importado dos Estados Unidos. Para mim, aquilo vinha da Transilvânia, que é a terra dos vampiros...Mas o Batata não teve dúvidas: encomendou pelo telefone. Por que será que tem tanta porcaria que agente pode encomendar por telefone?Era caríssimo, mas o Bat... quer dizer, o Carlão, pegou todas as economias dele e mandou pelo correio.Recebeu uma caixa cheia de envelopes, que era pra tomar dois por dia: um no almoço e outro no jantar,misturando com água.Pois o Batata, que vivia comendo o dia inteiro, passou a tomar a Gororoba duas vezes por dia. Tinhasabor de chocolate, sabor morango, sabor baunilha e sei lá mais o quê.Ele começou a derreter! E estava bem contente!Mas com o tempo passou a ficar cansado, sem vontade de nada, tinha sono o dia inteiro!E começou a ter dor de cabeça, enjoo, dor de barriga. Foi só aí que os pais dele descobriram o talregime!Dona Mariquinhas e o doutor Mesquita chamaram o médico, que era o médico do Bat... do Carlão hámuito tempo. O médico ficou furioso:- Como é que as autoridades permitem essa propaganda mentirosa?O médico passou um regime pro Carlinhos de bife, frango, peixe, verduras, legumes e frutas e só umpouco de pão e macarrão e só um pouquinho de manteiga. E disse que ele não tinha nada que comer entre asrefeições.Os pais dele começaram a chatear:- Viu, meu filho? Eu sempre disse!- Está vendo? A gente o tempo todo dá conselhos, mas as crianças não atendem!- Criança é assim mesmo, não tem juízo!Mas aí que todo mundo teve a maior surpresa:- Esperem um pouco – o médico disse. – Criança não tem juízo, mas adulto também não tem! Como éque vocês querem que a criança coma alface enquanto os outros comem feijoada? Que coma frutas enquantoos outros comem pudim? Por isso, doutor Mesquita e dona Mariquinhas, esse regime que eu passei para oCarlinhos é para toda a família. O doutor Mesquita está com uma barriga redondinha, dona Mariquinhas estátoda cheinha; é bom que todo mundo entre no regime. E nada mais de seguir conselho dos anúncios datelevisão.É bom ver televisãoMas é preciso lembrar Todo mundo tem cabeçaQue serve para pensar!
(Fonte: ROCHA, Ruth.
No tempo em que a televisão mandava no Carlinhos...
São Paulo, FTD, 2000.)
2
 
QUESTÃO 01
(Descritor: identificar o tema central em cada parte do texto
.
 )
Assunto:
InterpretaçãoNumere os parágrafos do texto.O texto pode ser dividido em três partes.Primeira parte: do primeiro ao oitavo parágrafo.Segunda parte: do nono ao décimo sétimo parágrafo.Terceira parte: do décimo oitavo parágrafo até o final do texto.Crie subtítulos para cada uma dessas partes, observando o que aconteceu de mais importante em cada umadelas.
QUESTÃO 02
(Descritor: analisar afirmativas a partir das informações implícitas e explícitas do texto.)
Assunto:
InterpretaçãoMarque as alternativas verdadeiras sobre o Batata:a) Levava a sério todos os conselhos dos seus pais.b) Jogava futebol e fazia parte de um time.c) Sabia tudo o que acontecia no bairro.d) De todos os apelidos que tinha, o único que gostava era Batata. 
QUESTÃO 03
(Descritor: localizar informações explícitas no texto.)
Assunto:
InterpretaçãoBatata vivia comendo o dia inteiro. Com isso, ele foi engordando, engordando... Ficou uma bola.Preencha o esquema com as informações do texto.
3
 
Situação que incomodava o Carlinhos:Primeira atitude que ele tomou para resolver oproblema:Solução encontrada por Carlinhos para acabar com o problema:

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->