Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
2Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Cartilha Contra Trabalho Escravo

Cartilha Contra Trabalho Escravo

Ratings: (0)|Views: 149|Likes:
Published by Sérgio Henrique

More info:

Published by: Sérgio Henrique on Nov 17, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

10/02/2013

pdf

text

original

 
1
 
2
A busca pela real liberdade do trabalhador passa pela repressão aoilícito, com o resgate de todos aqueles que se encontrem em condiçõesanálogas a de escravo, assim como desafia a atuação promocional doMinistério Público do Trabalho para incrementar ações preventivas e deinclusão social dessas pessoas vitimizadas e em flagrante situação devulnerabilidade.
“Ninguém será mantido em escravidão ou servidão, a escravidão e o tráficode escravos serão proibidos em todas as suas formas.” Artigo IV da Declara-ção Universal dos Direitos Humanos.
INTRODUÇÃO
 
3
Atento à vocação institucional para expurgar o trabalho escravodefinitivamente da nossa sociedade, o Ministério Público do Trabalhocriou em 12 de setembro de 2002, por meio da portaria 231/2002 aatualmente denominada Coordenadoria Nacional de Erradicação doTrabalho Escravo. Antes da Coordenadoria, existiu no âmbito do MPTComissão que desenvolveu estudos sobre estratégias de combate aotrabalho escravo e regularização do trabalho indígena. Esta comissão foicriada em 5 de junho de 2001 e foi substituída pela Coordenadoria.Desde então, a CONAETE integra e protagoniza ações de repressão,interinstitucionais e próprias, vem implementando medidas que atacamo tráfico de pessoas configurado na origem do problema e projetos quevisam a inserção dos trabalhadores em cursos de qualificação profissionale, consequentemente, no mercado de trabalho, para evitar a reincidência etransformar a anterior hipossuficiência extrema do ser humano escravizadoem nova realidade social, efetivamente libertadora.
ATUAÇÃO

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->