Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
5Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
CONCEPÇÃO EDUCACIONAL EM ARISTÓTELES - PROF. DR. PAULO GOMES LIMA

CONCEPÇÃO EDUCACIONAL EM ARISTÓTELES - PROF. DR. PAULO GOMES LIMA

Ratings:

4.6

(5)
|Views: 2,824 |Likes:
Published by Paulo Gomes Lima
ABSTRACT
Rescuing the Aristotelian writings, mainly the referring ones to the education, we tried to
consider the importance of the human being formation holístic in a transformed world and
in transformation. The author considers that only through the to think and to rethink of the
education on this prism can adapt ourselves to the new world order of a world in
globalization process; placing about central point the importance of being while to be.
keywords: Education, holístic, globalization, relationships, interdependence
ABSTRACT
Rescuing the Aristotelian writings, mainly the referring ones to the education, we tried to
consider the importance of the human being formation holístic in a transformed world and
in transformation. The author considers that only through the to think and to rethink of the
education on this prism can adapt ourselves to the new world order of a world in
globalization process; placing about central point the importance of being while to be.
keywords: Education, holístic, globalization, relationships, interdependence

More info:

Published by: Paulo Gomes Lima on Jan 28, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

08/07/2013

 
REVISITANDO A CONCEPÇÃO EDUCACIONALARISTOTÉLICA - DA EUGENIA E DA EDUCAÇÃO: UMA LEITURA
1
Paulo Gomes Lima
RESUMO
Resgatando os escritos aristolicos, principalmente os referentes à educão, procuramos considerar a importância da formação holística do ser humano num mundotransformado e em transformação. O autor considera que somente através do pensar erepensar da educação sobre este prisma poderemos adequarmo-nos à nova ordemmundial de um mundo em processo de globalização; colocando como ponto central aimportância do ser enquanto ser.Palavras-chave: Educação, holístico, globalização, relações, interdependência
ABSTRACT
Rescuing the Aristotelian writings, mainly the referring ones to the education, we tried toconsider the importance of the human being formation holístic in a transformed world and in transformation. The author considers that only through the to think and to rethink of theeducation on this prism can adapt ourselves to the new world order of a world inglobalization process; placing about central point the importance of being while to be.keywords: Education, holístic, globalization, relationships, interdependence
1
 
PhD. by School Education by the UNESP- Campus de Araraquara/SP; Full Professorof the Graduate School of Education of the Instituto Adventista de São Paulo –IASP/Brazil.
2
1
 
REVISITANDO A CONCEPÇÃO EDUCACIONALARISTOTÉLICA - DA EUGENIA E DA EDUCAÇÃO: UMA LEITURA
“...há pontos de vistas opostos sobre a prática pedagógica.Não há um consenso geral sobre o que os jovens devemaprender, seja em relação à civilidade, seja em relação auma vida melhor; tampouco fica claro se a educação deveestar dirigida mais para o intelecto que para a afetividadeou a constrão do cater. O problema tende a secomplicar e muita polêemica e insegurança sobre ocomo deveríamos fazer”. Aristóteles (“A Política”)
INTRODUÇÃO
Em sua obra
“ A Política” 
, Aristóteles trabalha sobre a doutrina do Estado, desde asua concepção propriamente dita, assim como as formas que podem caracterizá-lo enessa perspectiva discorre sobre os principais direitos e deveres que o “cidadão” deveexercer a fim de que o “todo” (Estado) possa ajudar as “partes” (cidadãos e instituições) evice-versa. Nesta mesma obra destacamos a presença de um capítulo intitulado “Daeugenia e da educação”, por denotar uma preocupação toda especial do estagirita, umapreocupação com a educação de sua época. Preocupação esta que o mobilizou aelaborar alguns “requisitos ideais” para que, dentro de sua óptica, houvesse benefíciotanto para o aluno (cidadão em formação) quanto para o Estado. Entretanto, para quediscorramos com mais propriedade sobre este ponto específico que o “nosso autor”destaca, necessário se faz conhecermos um “um pouquinho” mais de Aristóteles, de suavida, sua essência filosófica e o que produziu em sua contemporaneidade, desta maneira,organizamos o presente esforço em três partes complementares, a saber, 1) biografia,características e obras; 2. Compreendendo a eugenia e a educação aristotélica e 3. Oprocesso educativo.
2
 
1. Biografia, características e obras de Aristóteles
Biografia
*
384 a.C. em Estagira, na Calcídia.
+
322 a.C. em Calcis, na Eubéia.Da união de Nicômaco e Festis, ambos da corporação dos asclepiadeos, isto é,daqueles que exerciam a medicina, nasceu Aristóteles. REALE (1985: 12) afirma que opai de Aristóteles, segundo a tradição , era muito influente, pois além de se destacar emsua profissão, escreveu muitos livros de medicina, inclusive um livro de
física,
além domais era amigo e médico do rei dos macedônios, Amintas (pai de Filipe, seu sucessor),que requereu que Nicômaco e por conseguinte toda a família, inclusive Aristóteles, fossemmorar em Pella, cidade que servia como residência oficial dos reis macenios.Entretanto, Aristóteles não permaneceu durante um longo período nesta cidade, pois osseus pais faleceram, estando ele em pleno vigor de sua juventude.A partir deste evento em sua vida, Aristóteles vai para a Academia
3
platônica no anode 367/66 a.C., onde permanece durante vinte anos, compartilhando o saber filosófico eelaborando o que seria a posteriori sua própria essência filosófica.
 
Em 359 a.C. Filipeassume o governo da Macedônia no lugar de seu pai e avança conquistando a Grécia,três anos mais tarde (356 a.C) nasce seu filho Alexandre ( que seria considerado “ogrande” conquistador macedônio ), na cidade de Pella, capital da Macedônia. Nove anosdepois Platão morre (347 a.C.) e seu sobrinho Spêusippo torna-se o chefe da academia;triste
4
com isso Aristóteles deixa Atenas e dirige-se para a cidade de Assos, que eragovernada pelo tirano Hérmias, ex-integrante da academia de Platão e ex-escravo,permanecendo por lá de 347 a.C. até 344 a.C, neste último ano Hérmias é assassinadopor um general persa e Aristóteles casa-se com Pythia, sobrinha de Hérmias e dirige-separa cidade de Mitilene, onde permanece por um ano (344/43 a.C.).Em 343/342 a.C. Aristóteles recebe um convite de Filipe da Macedônia para que setornasse professor de seu filho Alexandre que estava com 13 anos de idade. Ele aceita o
3
Fundada em 387 a.C. na cidade de Atenas por Platão (ver 
Os Pensadores
, 1999: 29)
4
Apesar de se entristecer por não ser “o escolhido” para ocupar a liderança da Academia, a partir desse desligamento, odesenvolvimento das opiniões e idéias de Aristóteles floresceram consideravelmente (ALLAN, 1970: 11)3

Activity (5)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Luiz Baronto liked this
Jader Mendes liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->