Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
4Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
00 - Barbara Cartland - Sinopse Dos Livros

00 - Barbara Cartland - Sinopse Dos Livros

Ratings: (0)|Views: 959 |Likes:
Published by nadijjacarmo

More info:

Published by: nadijjacarmo on Nov 28, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/29/2013

pdf

text

original

 
RESUMOS DE QUASE TODOS OS LIVROS DE BARBARA CARTLAND
ATUALIZADO EM: 01/08/2011
FLORES PARA O DEUS DO AMOR (Ed. Especial n° 1) NOTA DA AUTORAA história de Rex e Quenella se passa na época em que a índia, então sob dominação inglesa, era palco degrandes convulsões internas, instigadas por agentes do czar da Rússia. Naque tempo, os russosdominavam o Afeganistão, e os chineses, o Tibete. A índia estava nos planos de expansão da Rússia, quecomeçou a infiltrar espiões pela fronteira noroeste e, com a ajuda da China, também pela fronteiratibetana. A "guerra fria" que passou a ser travada em território indiano era chamada pelos ingleses de "OGrande Jogo". Tratava-se de uma rede de espionagem tão complicada que, com exceção dos principaischefes, nenhum de seus membros conhecia a identidade dos outros. O "Grande Jogo" terminou em 1903,quando a Inglaterra se aliou ao Japão, contra a Rússia, alterando a balança de poder na Ásia em favor dos britânicos.É neste cenário de intrigas e suspense que se desenrola o presente romance.001SEDUÇÃO DIABÓLICAQuando lady Circe Langstone botava as garras num homem, era a ruína dele. Dizia-se até que a chamadaqueles olhos verdes não era o fascínio do amor, mas o feitiço da magia negra. Dizia-se, também, quesó um homem, em toda a corte, seria capaz de resistir a ela: o galante e cínico conde de Rochester. Por isso, Circe estava disposta a tudo para conquistá-lo. Mas uma rival inesperada atravessou em seucaminho: sua própria enteada, Ofélia Langstone. De repente, o conde se viu preso numa armadilha: parasalvar Ofélia do ódio assassino da madrasta, teria que se tornar amante da diabólica Circe. Ou então ...seria sua morte.001AVE NOTURNA (Edio especial comemorativa 1)Ao se despedirem das ruínas do velho templo, Peter disse que o amor deles tinha asas: quando Amanda precisasse de ajuda, devia pensar nele com fervor, que seu coração receberia a mensagem. Depois disso,sumiu na noite escura. Agora, ela precisava desesperadamente ser salva das garras de lorde Ravenscar.Se Peter não chegasse depressa, seria obrigada a casar com aquele homem devasso que a enojava. Masonde estava ele? Por que não dava sinal de vida? Será que era mesmo um traidor, um espião francês,como diziam? Será que estava morto na floresta, crivado de balas dos soldados do rei?002LINDA DOMADORA, ACândida não sabia explicar aquela estranha sensação de que havia algo errado. O que a angustiava? Omajor Hooper tinha sido tão bom, deixando-a ficar ao lado de Pégaso, seu corcel negro. E a sra. Clinton,tão bondosa, dera-lhe roupas bonitas, luxuosas … Depois a preparara para sua primeira aparição no HydePark, aos pés da estátua de Aquiles, montando Pégaso, entre tanta gente elegante. Cândida só podiaagradecer, sem saber, no entanto, que estava entrando para o círculo das amantes bem pagas e dos agentesde mulheres. Foi então que caiu nos braços de lorde Manville, que queria uma “linda domadora” que lheagradasse os olhos com sua perícia sobre um cavalo e lhe desse prazer na cama …002FANTASMA DE MONTE CARLO, O Na temporada mais alegre de Monte Carlo, duas mulheres causavam sensação. Uma era velha, com umaexpressão maligna e misteriosa. A outra, sua companheira, jovem e linda. Mas também cercada demistérios. Dela, ninguém sabia nada. A não ser que se vestia sempre de cinza, usava magníficas e raras pérolas cinzentas e dizia se chamar srta. Fantasma. Realmente, atravessava os salões feericamenteiluminados do cassino como se fosse um ser etéreo, fora do alcance de qualquer um dos homens que aolhavam, deslumbrados. De onde vinha, que segredos escondia por trás daquela beleza fria, por que emseus olhos às vezes surgia um brilho de desespero?002AMANTES NO PARAÍSODebruçado no convés, o conde Viktor odiava cada minuto que ia passar na ilha de Bali, sem o brilho dossalões e a beleza das mulheres. Para ele, aquela viagem era um castigo, imposto pela rainha. O preço por ser envolver com uma mulher casada e temperamental, apaixonada demais para se conformar com o fatode que ele não a amava. Isolado naquela Terra selvagem, Viktor jurou não se meter em confusões, masnão podia imaginar que estava indo ao encontro de seu destino e de um amor que não pensou pudesseexistir para ele. Logo descobriria por que chamavam Bali a “Ilha do Paraíso”. Roxana vivia lá. MasRoxana corria um grande perigo ...003SEMPRE NO MEU CORAÇÃO No dia em que lady Gracila Sheringham descobriu que o seu noivo, o duque de Radstock, era amante desua madrasta, levou um terrível choque ... Então, seu próprio casamento tinha sido arranjado apenas parafacilitar os encontros daqueles traidores imorais? Revoltada, sem poder revelar nada ao pai, Gracila nãosabia como escapar àquela horrível união. Afinal, ela estava rejeitando um dos homens mais cobiçados
 
de todo o Império britânico! Desnorteada, Gracila resolveu fugir. Mas, sozinha, que seria dela? Quemse importaria em ajudar uma moça desamparada que não podia sequer revelar sua identidade?004FEITIÇO DE AMOO luxuoso trem particular do duque de Rannock atravessava a Escócia, levando Fiona para um futuroincerto. Ao longe, ela avistou os campos floridos e as montanhas enevoadas daquela Terra que aprenderaa odiar. E, mais do que tudo, odiava o duque, que agora tinha nas mãos a vida dela e da única pessoa quegostava no mundo: sua pequena sobrinha. Não me curvarei diante desse homem, pensou. Mas, atrás dasaltas muralhas de pedra do castelo de Rannock, havia mais perigos do que Fiona podia imaginar. Lá, elairia ser perseguida pela sombra de um crime, apaixonar-se perdidamente e arriscar a própria vida ...005DEUSA VENCIDA, AOs tambores do vodu ecoavam pela floresta, avisando do perigo, enquanto André e Sãona fugiam dossoldados do general Dessalines, sedentos de sangue. A não se que conseguissem despistar seus perseguidores, seriam torturados e mortos. Desde que chegara ao Haiti, para procurar um tesouroenterrado por seu tio, o conde André de Villaret tinha sido protegido pelos deuses nativos. Disfarçado,atravessou a ilha, dominada pelos ex-escravos que haviam massacrado os colonizadores franceses. Masagora precisava de toda a ajuda de Damballah, o deus-serpente, para salvar sua maior riqueza: a vida damulher a quem amava.005UMA DONZELA EM PARISParis de 1909 ... a cidade resplandece numa primavera vibrante de cores, de aromas, de flores ... E paraeste mundo, que respira novidades e o “frisson” do começo de um século cheio de promessas, chegaGardênia Weedon. Bela, ingênua, ela traduz a pureza de toda uma existência vivida numa pequena aldeiainglesa. Gardênia está só, precisa da proteção de sua tia, a famosa duquesa de Mabillon, conhecida emtoda Paris por suas festas loucas, pelas noitadas de jogo e de encontros clandestinos em seu palácio.Amor, traição, ódio, pecado ... O que poderia acontecer a Gardênia, virgem e inocente, forçada a participar de um ambiente onde fervilhavam todos os prazeres mundanos de Paris?006CANÇÃO DE AMO — Solte-me imediatamente ou gritarei por socorro gemeu Trina, enquanto o enfurecido Clevedon aarrastava para prendê-la na masmorra daquele misterioso castelo provençal. — Não a soltarei, a menosque me conte toda a verdade sobre esta farsa, armada contra minha mãe, para expô-la ao ridículo — respondeu o marquês, com os olhos brilhando de ódio. E agora, o que seria de Trina? Se revelasse osegredo, iria comprometer a reputação de sua família. Se calasse, acabaria seus dias trancada naquela prisão e perderia o amor do marquês, o primeiro homem que a beijara em sua vida e pelo qual estavairremediavelmente apaixonada.007SOL NUNCA MAIS VAI BRILHAR, OLá fora, Moscou estava em chamas e as tropas de Napoleão saqueavam a cidade. Sentada ao piano, Zóiatocava, com os olhos perdidos no céu avermelhado. Mas não era a guerra que torturava seu coração.Enquanto seus dedos percorriam o teclado, ela sabia que não importava como terminasse a luta: dequalquer forma seria derrotada, pois perderia seu grande amor. Para salvar a vida do duque deWelminster, teria que ajudá-lo a fugir para a Inglaterra e calar para sempre a paixão que sentia por ele.Era disso que sua música falava: do desespero de um amor impossível e do adeus, que estava próximo ...008OUTRA FACE DO AMOR, AAquilo parecia um verdadeiro conto de fadas, pensou Jemima, quando chegou na mansão do viscondeOckley, um homem que mal conhecia e com quem agora estava casada e amava acima de todas as coisas.Afinal, ele a libertara das garras do tio que a tratava como uma escrava! Mas, algum tempo depois,aquele conto de fadas iria se transformar num pesadelo, pois seu marido boêmio e cheio de dívidas estavaameaçado de ir para a prisão. Naquele momento, Jemima seria capaz de cometer qualquer loucura,qualquer gesto impensado para impedir aquela desgraça. Valeira a pena pagar um preço tão alto? Seráque Ockley merecia tanto sacrifício e desprendimento?009AINDA RESTA UMA ESPERANÇA Nevada acordou e teve a impressão de que todo o quarto balançava. Mas não era só impressão! Estavano iate de Tyrone Strome, em pleno Mediterrâneo e aquilo só podia ter uma explicação. Aquele inglêsarrogante a raptara em Cannes, a ela, Nevada van Arden, uma das maiores fortunas da América. Só podiaser uma vingança, pensou. Na verdade, além de uma vingança, era apenas o começo de uma sinistraaventura. E quando tudo terminasse, Nevada nunca mais riria dos sentimentos dos outros, como tinhazombado da paixão que o sobrinho de Tyrone sentia por ela. E seu orgulho de mulher vaidosa iriadesaparecer sob os véus da submissão muçulmana ...010À LUZ DO LUAAquele pedaço de papel com a assinatura do irmão poderia representar a prisão dele e a perda da únicacoisa que tinham no mundo: a casa de seus pais. Por isso, Neoma concordou em ir ao castelo domarquês de Rosyth, para tentar roubar o vale de duas mil libras que seu irmão devia a ele, por causa deum jogo de cartas. Mas a única maneira de entrar no castelo era comparecer a uma das famosas festas domarquês. E Neoma não sabia que só as cortesãs eram convidadas para aquelas verdadeiras orgias! Tardedemais, ela descobriu que o preço da honra do irmão era sua própria desonra ...011CASTIGO DE AMO
 
Meiga, tímica, Latônia estava quase desmaiando diante de lorde Branscombe. Os olhos acinzentados dohomem brilhavam de ira quando ele gritou, sem piedade: “Você é uma mentirosa, uma mulher semescrúpulos!”. Latônia sabia que ia ser castigada por culpa bem merecida. Por que ela havia enganado olorde, fingindo ser sua prima, e viajado com ele para a Índia? Agora, em meio à pompa e riqueza dos palácios indianos, a farsa foi descoberta. O pior é que lorde Branscombe escolheu um estranho castigo para Latônia: obrigou a moça a se casar com ele!012À BEIRA DO LAGO ENCANTADOA princípio, Ian Arkley pensou que aqueles gemidos no quarto ao lado fossem o lamento de umanimalzinho ferido. Então, ouviu claramente uma voz de mulher implorar: “Não me machuque,Friederich!”. A partir daquele momento, a princesa Mariska estaria sempre presente em seus pensamentos. Não apenas como a infeliz esposa de um inválido, bêbado e sádico, que a surrava com umchicote, mas como o único amor de sua vida; um amor sem esperança, porque, além de casada ela erauma princesa alemã, uma inimiga! E lorde Arkley tinha motivos para desconfiar que Mariska nuncadeixaria de ser fiel àquele marido que a odiava!013UMA ORQUÍDEA PARA CHANDRAChandra escutou passos decididos ecoando pela sala ... A tênue claridade de uma vela iluminou parcialmente um corpo bem-feito, alto e vigoroso. Por mais que ela se esforçasse, não conseguiaadivinhar as feições do homem que dela se aproximava. E foi então que, bruscamente, ele a puxou parasi, apertando seu corpo viril contra o dela e colocando seus lábios sobre os trêmulos lábios de Chandra.Ela sentiu-se possuída por um indizível arrebatamento e pensou, maravilhada: “Isto é amor!”.014MEU REINO POR UM AMO Ninguém podia acreditar! Charlotte recusou o pedido de casamento de Ivan, um príncipe russo,riquíssimo, desejado por todas as mulheres da Europa! Por que ela havia desprezado um homem com talfascínio e que lhe prometia todas as delícias do amor em seu fabuloso castelo? E o medo de morar com o príncipe era tanto, que Charlotte praticamente jogou Alana, sua melhor amiga, nos braços de Ivan, paraescapar daquele matrimônio. Mas o príncipe era um homem altivo e poderoso: preparou uma armadilhaem seu castelo para conseguir, à força, o amor da mulher que ele desejava!015PRISIONEIRA DO AMOO castelo estava em silêncio, no meio da noite, quando Sorilda escutou passos no corredor. A porta deseu quarto abriu de repente e um homem aproximou-se de Sorilda. Com os olhos arregalados de susto,ela reconheceu nele o jovem conde Silas Winsford, amante de sua tia. A partir desse momento tudo se precipitou: acusações, injúrias, falsidades forçaram Sorilda a se casar com o conde para reparar seu erro.Mas, no dia do casamento, na igreja do castelo, Sorilda fez seu noivo estremecer ... Caminhando para oaltar, pálida e linda, vinha Sorilda todinha vestida de negro!016UM BEIJO AO AMANHECEUma aposta cruel, insensata, foi o que sir Ugo fez usando como chamariz a pureza e bondade de suasobrinha Lorena. Educada num convento da Itália, a moça voltou para Londres e foi imediatamentelevada para os salões do mais conhecido conquistador da Europa, o jovem e rico duque Alstone. Sir Hugo apostou que Lorena, em uma semana, poderia conquistar todos os homens que conhecesse! MasLorena não queria todos os homens do mundo ... Seu coração ansiava apenas pelo amor de Alstone, justamente o homem que achava que as mulheres eram só fonte de prazer, nunca de amor verdadeiro!017UMA NOITE NO MOULIN ROUGEParis no século XIX! Capital dos prazeres proibidos, reino de belas e desinibidas cortesãs que se exibiamno cabaré Moulin Rouge cobertas de sedas e jóias espetaculares, ao lado de seus ricos amantes” Foinesse cenário deslumbrante de erotismo e boêmia, que Uma Thoreau, recém-saída de um convento, foi procurar seu pai, pintor, no bairro de Montmartre, refúgio dos artistas. E foi lá, numa sombria e velhacasa parisiense, que Uma abriu a porta de um quarto, esperando ver seu pai e foi agarrada por umdesconhecido! Não adiantava gritar ... Uma estava sozinha em Paris. Quem poderia salvá-la?018PIRATA SEDUTOR, OQuando Bertilla chegou à varanda, ela ouviu seu nome ser mencionado pela anfitriã e por uma senhoraque a visitava. “Não posso deixar de pensar – disse a senhora – que fosse divertido para lorde Saire, o“Pirata sedutor”, ter naufragado com alguém tão pouco excitante como é essa mocinha imatura!”.Tendo como pano de fundo o excitante e exótico século XIX em Málaca, esta é a história de uma jovemque se encontrou numa perigosa viagem marítima em companhia de um notório conquistador 019LIVRE DO MEDOA noite não estava fria, mas Yolanda tremia de medo enquanto cavalgava pelos bosques da periferia deParis, ao lado do duque de Ilkeston, fugindo da política de Napoleão Bonaparte. Yolanda sabia que nadarepresentava para o rico e orgulhoso duque, mas ela o amava e não poderia deixá-lo na hora da aflição.Depois da desesperada corrida, embarcaram num barco para chegar na Inglaterra. No meio da viagem ossoldados de Napoleão invadiram a embarcação! Nesse momento de angústia e perigo, Yolanda estavanos braços do duque, preferindo morrer com ele, do que viver sozinha!020AMOR, SOMENTE AMOR!Ser acordada no meio da noite, ter seu corpo enlaçado por dois braços fortes e viris, sentir sobre o rosto oslábios úmidos de sir Wolfe, seu jovem e rico patrão, era o desejo secreto de Amanda. Uma noite issoaconteceu ... Ela foi despertada por sir Wolfe e ele a agarrou em seus braços, mas para sacudi-la com

Activity (4)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Luiz Polito liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->