Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Boletim Do Fim de Semana

Boletim Do Fim de Semana

Ratings: (0)|Views: 7 |Likes:

More info:

Published by: Escola Brasileira Psicanálise Ebp Sp on Dec 11, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/13/2013

pdf

text

original

 
 
CUERPO
 a
TEXTO  / CORPO
 a
TEXTO
 
Boletín del fin de semana# 1  /  Boletín do fim de semana # 1
 
Sábado 8.12.2012
 
 Apresentação do VI ENAPOL
 Um novo Encontro Americano toma existência entre nós: o VI ENAPOL. A seguir apresentamos o boletim que será o meio para lhes informar, entrar em contato,debater e pesquisar: CORPOaTEXTO.Como se de um jornal se tratasse, chegará para vocês no fim de semana, e tomarão o café damanha no sábado ou no domingo enquanto o leem.Trata-se do primeiro de uma serie, que gostaríamos fosse intensa e interessante, sob osmúltiples temas que podem se desprender do título do nosso VI Encontro Americano: "Falarcom o corpo. A crise das normas e a agitação do real".Serão textos de pesquisa ou teóricos, ou bem clínicos, que, aos poucos, irão construindo umcampo de saber que preparará nosso encontro para o próximo mês de novembro.Neste número, vocês encontrarão a Apresentação, do dia 27 de outubro, nas Jornadas da NELem Medellín, de Elisa Alvarenga, Presidenta da FAPOL (Federação Americana da Psicanálise daOrientação Lacaniana).Esperamos que possa se produzir um verdadeiro trabalho na nossa comunidade psicanalíticaem América.
Ricardo Seldes - Presidente ENAPOL
 
Patricio Alvarez - Director ENAPOL
 
 
 
Falar com o corpo
 
crise das normas e a agitação do real
 
 Elisa Alvarenga
 
 Presidente de la FAPOL
 
“O que é um corpo? 
 
o corpo é o que sobrevive ao naufrágio do simbólico.” 
 
(Jacques-Alain Miller, citado por Eric Laurent na ENAPOL III, 2007, Belo Horizonte)(1)
 Nos tempos de uma nova ordem simbólica, que não da conta da desordem no real falaremoscom o corpo frente à crise das normas e a agitação do real (2). A crise das normas se manifesta, entre outras coisas, como crise das classificações, que para nosse apresenta com a clínica continuista no último ensino de Lacan. Trata-se de diferenciar estaclínica, por exemplo, da clínica dimensional do DSM V, que teremos no próximo ano.Como se manifesta a agitação do real? Violência, infrações, agressividade, automutilações,sintomas alimentares, drogas, alcoolismo, pânico, solidão, passagens ao ato, hiperatividade. Omal-estar na civilização cresceu muito desde Freud. A desordem na civilização provoca o acessoexcessivo aos psicotrópicos, às psicoterapias autoritárias, aos intentos de regular, avaliar.Frente a isso, qual é a potencia do discurso analítico? Embora seja filho da ciência e docapitalismo, sua potencia vem do fato de que é desmasificante, que rompe com os discursosconformistas. Na época do Outro que não existe, na análise se inventa um Outro à medida decada um. Nem sempre esse Outro é suposto saber - temos aí o Um sozinho. Um exemplo é aepidemia de jovens que não saem das suas casas, que dormem durante o dia e passam a noitecom seus computadores. Se no há inicialmente sujeito suposto saber, há sintoma. O sentidopode desaparecer, porém o real do sintoma permanece.O encontro do significante com o corpo produz um acontecimento do corpo, o surgimento deum gozo que nunca retorna a zero. Para fazer com isso sem o inconsciente simbólico e suasinterpretações, é preciso tempo. Se trata ai de um novo conceito, o inconsciente real que não sedecifra, senão que causa o ciframento simbólico do inconsciente.Se o corpo não fala, senão que goza no silencio das pulsões, é com esse corpo que se tratará de

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->