Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Como fazer Peróxido de Acetona

Como fazer Peróxido de Acetona

Ratings: (0)|Views: 3,465|Likes:
Published by Nuno de Almeida

More info:

Published by: Nuno de Almeida on Dec 17, 2012
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/16/2013

pdf

text

original

 
Como fazer Peróxido de Acetona
O que é a TATP?
 A TATP (triacetone triperoxide, ou, triperóxido de triacetona), tambémdenominada por Pexido de Acetona, ou, na sua forma mais simples,Peroxiacetona, é um forte explosivo primário, apresentando-se sob a forma demacios cristais em pó. A Peroxiacetona ser um explosivo primário significa quepode ser usada por si mesma, ou para detonar outros explosivos (secundários),tal como o nitrato de amónio. Alegadamente usada nos atentados em Londres a 7 de Julho de 2005, temsido usada com alguma regularidade em ataques suicidas e em engenhosexplosivos improvisados. Uma vez que é muito sensível à detonação acidentalpor choque, fricção ou faíscas, ganhou no seio de alguns grupos militantesislâmicos a alcunha de “Mãe de Satã”. Por essa mesma instabilidade, não éusada com fins militares.Um simples rastilho ou chama são quanto basta para detonar a Peroxiacetona,sendo que, por razões de segurança, não é aconselhável o uso de grandesquantidades, tornando-se a sua compartimentação em quantidades menoresuma exigência da precaução.Com uma densidade de 1,18 g/m³, uma velocidade de detonação de 5300 m/se uma relação de eficiência de 0,83, quanto a qualidades explosivas, encontra-se ligeiramente acima do ANFO e um tanto ou quanto abaixo do TNT (matériade referência para explosivos), mas muito acima da pólvora, a qual apresentauma densidade de 1,70 g/m³, uma velocidade de detonação de 400 m/s e umarelação de eficiência de 0,55.
 
Materiais necessários
1 – Jarro grande em vidro2 – Jarro em vidro, de preferência com tampa3 – Filtros brancos de café4 – Trapo ou t-shirt velha5 – Termómetro digital (opcional), se possível termómetro em vidro sem pontametálica (muito menos se for de alumínio) e com graduação negativa6 – Vara para mexer (madeira, vidro ou plástico), por exemplo, o cabo de umacolher de pau7 – Jarro graduado
Ingredientes químicos
1 – Acetona Aquela que é utilizada para a remoção de verniz de unhas não serve, umavez que está demasiado diluída. Procurar Acetona o mais pura possível,sendo encontrada facilmente em supermercados, lojas de bricolage ou demateriais de construção. É utilizada normalmente para a remoção desujidades profundas e de vernizes.2 – Peróxido de HidrogénioÉ o componente activo da Água Oxigenada. A mais comum, encontradaem qualquer superfície comercial, é a de 10 volumes, com 3% dePexido de Hidrogénio. Apesar de funcional, origina muito poucaPeroxiacetona, mesmo aumentando a quantidade no procedimento. Oideal é a utilização de Água Oxigenada de 20 ou 30 volumes (com 6% e9% de Peróxido de Hidrogénio, respectivamente), que se encontra em
 
farmácias ou em lojas de artigos para cabelo, pois para além dedesinfectante de superfícies e de removedor de nódoas de sangue, étambém largamente usada na descoloração de cabelos.3 – Ácido MuriáticoO Ácido Muriático encontra-se em qualquer superfície com secção deprodutos para canalização, uma vez que é usada em desentupimentos.Convém encontrar uma solução que contenha um mínimo de 25% de Ácido Clorídrico (HCl). As embalagens mais pequenas de 1 litro têm,normalmente, uma menor percentagem de HCl, ao contrário das maioresde 5 litros.
Procedimento
Conselho: A colocação prévia dos ingredientes químicos no frigorífico(um dia antes do procedimento será suficiente) irá assegurar umprocesso mais rápido na manufactura, evitando alguns passos deespera e uma boa reacção química. Tal como o procedimento ser feitoutilizando um banho de gelo (uma tina grande ou alguidar com águapreviamente arrefecida no frigorífico e com alguns cubos de gelo)garantirá a manutenção dos 5º centígrados essenciais para o sucessoda operação.1.Reúnem-se todos os químicos, o jarro grande em vidro, o jarro graduado,o jarro de vidro com tampa e a vara.2.Primeiro, pega-se na Acetona e medem-se exactamente 650 ml dolíquido. Então, verte-se o líquido medido no jarro grande em vidro.3.Em segundo, pega-se na Água Oxigenada e medem-se 1000 ml dolíquido. Então, cautelosamente, adiciona-se-o à Acetona no jarro grandeem vidro (a mistura pode efervescer ou borbulhar quando os elementos se juntam).4.De imediato, com a vara, mexe-se muito bem e calmamente a misturadurante 5 minutos. Depois coloca-se o jarro no frigorífico. Por forma aevitar a acumulação de cheiros no frigorífico, pode-se colocar o jarrodentro de um saco de plástico.5.Em seguida, pega-se no jarro em vidro, que de preferência tenha tampa, eno Ácido Muriático. Medem-se 500 ml e verte-se-o no jarro. No caso de o jarro não ter tampa, cobre-se-o com filme transparente de cozinha, demodo a não emitir o forte odor libertado pelo ácido e a evitar qualquer derrame deste líquido corrosivo. Depois coloca-se o jarro no frigorífico.6.Após 1 ou 2 horas, regressa-se ao frigofico, mede-se a temperatura dasolução de Acetona e Água Oxigenada, limpa-se o termómetro e mede-se

Activity (3)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
Jair Silva liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->