Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword or section
Like this
138Activity
×
P. 1
Apostila de Gerenciamento de produtos, serviços e marcas

Apostila de Gerenciamento de produtos, serviços e marcas

Ratings:

4.83

(35)
|Views: 44,792|Likes:
Published by IanaraTeixeira
Resumo teórico sobre gestão de Marcas
Resumo teórico sobre gestão de Marcas

More info:

Published by: IanaraTeixeira on Feb 08, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

01/09/2014

pdf

text

original

 
 
2009
IPESUIanara R.T.S. Santos
GERENCIAMENTO DE PRODUTOS,SERVIÇOS E MARCAS
 
 
 
Produtos e Serviços
Na visão de gerenciamento de marketing, um “produto” não é só bens tangíveis,(aquilo que se pode tocar) como um carro, uma casa, um liquidificador, mas tambémbens intangíveis, como o serviço de conserto de um carro, o serviço de pintura de umacasa ou o reparo do liquidificador. Serviço, didaticamente, é o contrário de produto,pois não pode ser tocado, cheirado, nem estocado para venda posterior, pois éconsumido ao mesmo tempo em que é produzido. O serviço de conserto em um carro,por exemplo, ocorre na hora em que o mecânico exerce sua habilidade. Levamos ocarro consertado para casa, ou seja, o resultado do serviço do mecânico, e não oserviço em si, que foi o conserto. O mesmo ocorre com a pintura da casa e comqualquer serviço. Compare com o ato de compra de um produto, um carro, porexemplo: neste caso levamos o produto carro para casa.Entretanto, para efeitos de estratégia de marketing não vamos diferenciar produtos deserviços. Quase tudo o que é correto para produto se aplica a serviço. O mesmofaremos com marca e embalagem: consideraremos ambas como um tipo de serviçoque gera valor para o cliente.Desse modo, trataremos produto, serviço e marca como integrante do composto demarketing. E, quando for necessário, mostraremos as diferenças entre eles.
1 Classificação de produtos
Existem diversas formas de agrupar os produtos, com vistas a facilitar ogerenciamento de marketing. As mais usadas são separá-los por mercados e pordurabilidade. Desse modo dizemos que existem dois mercados:1. consumidores e2. organizações.E dois tipos de produtos:1. duráveis e2. não-duráveis.Os produtos e serviços destinados às organizações são chamados de
produtosindustriais
. E os produtos destinados aos consumidores são chamados de
produtode consumo
. Essa separação não é apenas didática, mas leva em conta a formacomo o composto de marketing é trabalhado. As compras organizacionais, sejam elaspara consumo interno da organização ou para fabricação de outros produtos paravenda, são realizadas de forma totalmente diferente das compras dos consumidores.Por isso a estratégia de venda tem que ser específica para o segmento, não sendopossível aproveitar as estratégias usadas no mercado de consumo.
 
 Produtos industriais
Tudo o que é consumidor pelas organizações passam por um departamento ou poruma pessoa especializada nas compras. Se a empresa for de pequeno porte, ocomprador será a pessoa do proprietário, mas se for uma corporação com milhares defuncionários, haverá até a figura do diretor de compras. A função do compradororganizacional é suprir a empresa de produtos e serviços para seu funcionamento.Em função de sua utilização podemos dividir os produtos industriais em grupos.1.
Instalações.
São todos os bens não portáteis, como uma máquina para fazerpapel, que tem mais de dois andares de altura, ou fornos siderúrgicos. Sãousados para produzir outros bens ou serviços.2.
Acessórios.
Neste grupo ficam todos os equipamentos e ferramentas portáteisusados no processo de fabricação, por exemplo: alicates, carrinhos detransporte interno, computadores etc.3.
Componentes.
São os materiais acabados, produzidos ou não internamente,que passam a fazer parte do produto. Por exemplo, numa fábrica degeladeiras, o motor é um componente.
4. Matéria-prima.
Todos os itens não processados que entram no processo deprodução e passam a fazer parte do produto é matéria-prima. A farinha detrigo, por exemplo, é matéria-prima do pão. Do mesmo modo, as chapas deaço para carrocerias de carro também são matérias-primas.
 5. Suprimentos.
Este grupo é composto pelos produtos que ajudam nafabricação, mas que não entram diretamente no produto. São as lâmpadas dalinha de produção ou o papel sulfite do escritório.
6. Serviços empresariais.
Dão suporte às atividades da empresa. Podem serserviços de limpeza ou pesquisa de marketing. As empresas contratam osserviços de outras empresas e dessa forma passam a se preocupar com asatividades específicas de seu negócio.
 

Activity (138)

You've already reviewed this. Edit your review.
Kelly Oliveira liked this
1 thousand reads
1 hundred reads
Éverton Moura liked this
Nelson Serra liked this
Renato Nisiyama liked this
Alayni Silva liked this
Inglitt Oliveira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->