Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
71Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
ANÁLISE LIQUIDEZ

ANÁLISE LIQUIDEZ

Ratings:

4.83

(12)
|Views: 11,874 |Likes:
Published by g3heavy
Análise dos índices de liquidez..
Análise dos índices de liquidez..

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: g3heavy on Feb 12, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC or read online from Scribd
See more
See less

06/12/2013

 
VI SIAR & IV SIACC, Auriflama, SP, Brasil, 17 a 19 de Outubro de 2007
Uma abordagem prática sobre os indicadores econômico - financeiros
Silvio Paula Ribeiro – email: spribeiro@hotmail.com
Resumo
 Esse artigo realiza uma discussão teórica sobre a importância dos indicadores econômico- financeiros na atualidade dos negócios. O presente estudo aborda os seguintes grupos deindicadores: Liquidez, Rentabilidade, Endividamento ou Estrutura de Capitais e por fim os Indicadores de Rotatividade. A metodologia utilizada refere-se a uma pesquisa bibliográfica sobre o tema abordado, e uma aplicação prática nos relatórios de uma empresa. No estudorealizado concluiu-se que o assunto indicador econômico-financeiros já foi discutido em várias situações como artigos científicos, monografias, dissertações, teses, livros e outras, maisqualquer nova discussão, seja ela tradicional ou não, sempre é bem vinda, em virtude dacomplexidade e importância do tema para as organizações nos dias atuais.
Palavras-chaves:
Indicadores. Liquidez. Rentabilidade. Endividamento. Rotatividade.
1 Introdução
 No contexto atual, onde a concorrência é cada vez mais forte entre as empresas e a busca pela competitividade é uma necessidade constante até mesmo para a sobrevivência do negócio, aanálise da capacidade de pagamento, da rentabilidade, do endividamento e da rotatividade dosativos, tornam-se fundamental para sobrevivência da empresa.Sem dúvida, a análise das demonstrações contábeis por meio de indicadores é importanteno contexto atual das empresas. Segundo Matarazzo (2003, p. 15) “a Análise de Balançosobjetiva extrair informações das Demonstrações Financeiras para a tomada de decisões”.A Análise das Demonstrações Financeiras pode ser entendida como um conjunto detécnicas que mostra a situação econômico-financeira da empresa em determinado momento, por meio de indicadores. Observa-se que a análise começa justamente onde termina a contabilidade(nos relatórios contábeis) e tem como principal objetivo extrair informações úteis para ser base para tomada de decisão.As principais Demonstrações Contábeis que podem ser analisadas o: BalaoPatrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração de Lucros ou PrejuízosAcumulados, Demonstração de Fluxo de Caixa e Demonstração do Valor Adicionado.
Para ser feita a análise, deve averiguar se tem a posse de todas as DemonstraçõesContábeis (inclusive Notas Explicativas). Também seria desejável ter em mão asDemonstrações Contábeis de três períodos. Com as publicações em colunascomparativas, tem-se de posse de uma única publicação, dois períodos: exercícioatual e exercício anterior (MARION, 2002, p. 22).
Vale lembrar que o principal objetivo desse trabalho é mostrar a importância dosindicadores econômico-financeiros na atualidade para as empresas. Para atender ao referidoobjetivo realizou-se uma discussão teórica sobre a visão de alguns especialistas do temaabordado.Esse trabalho tem como problema principal tentar responder ao seguinte questionamento:Atualmente é necessário utilizar os indicadores econômico – financeiros na administração dasempresas?
 
VI SIAR & IV SIACC, Auriflama, SP, Brasil, 17 a 19 de Outubro de 2007
 Na verdade, além de realizar uma discussão teórica sobre o tema principal: IndicadoresEconômico - Financeiros, este trabalho pretende aplicar nos demonstrativos contábeis, os índicesselecionados e mostrar a importância desse tema para a administração, como base para suatomada de decisões.O presente trabalho divide-se em quatro partes: a primeira refere-se à abordagemintrodutória, a segunda mostra a abordagem teórica sobre os Indicadores Econômico-Financeiros,a terceira apresenta a aplicação dos Indicadores em uma empresa fictícia e a quarta e última parteapresenta as considerações finais e as referências bibliográficas utilizadas no decorrer no presenteartigo.
2 Abordagem teórica
Abaixo apresenta-se um quadro com os Indicadores Econômico-Financeiros abordados nodecorrer do estudo. Salienta-se que os referidos índices foram selecionados, em virtude de seremos mais utilizados. Porém, cabe lembrar que esses não são os únicos.
2.1 Quadro l:
Os indicadores econômico - financeiros
ÍNDICESFÓRMULASESTRUTURADECAPITAIS
1. Participação de Capitais de TerceirosExigível TotalPatrimônio Líquido2. Composição do EndividamentoPassivo CirculanteExigível Total3. Imobilização do Patrimônio LíquidoAtivo PermanentePatrimônio Líquido4. Imobilização dos Recursos Não-CorrentesAtivo PermanentePL + ELP
LIQUIDEZOUSOLVENCIA
5. Liquidez GeralAC+RLPPC + ELP6. Liquidez CorrenteAtivo CirculantePassivo Circulante7. Liquidez SecaAtivo Circulante EstoquesPassivo Circulante8. Liquidez Imediata____Disponível__Passivo Circulante
RENTABILIDADE
9. Liquidez ou Giro do AtivoVendas LíquidasAtivo Total10. Margem Líquida__Lucro LíquidoVendas Líquidas11. Rentabilidade do AtivoLucro LíquidoAtivo Total12. Rentabilidade. do Patrimônio LíquidoLucro Líquido/Patrimônio Líquido
ROTATIVIDADE
13. Rotação de EstoquesCusto das Mercadorias VendidasEstoque Médio de Mercadorias14. Rotação de Duplicatas a ReceberVendas a Prazo/Média de Clientes15. Rotação de FornecedoresCompra a Prazo/Média de Fornecedores16. Rotação do Ativo CirculanteVendas/Ativo Circulante
Fonte:
Marion (1998), adaptado.
 
VI SIAR & IV SIACC, Auriflama, SP, Brasil, 17 a 19 de Outubro de 2007
2.1.1 Índices de endividamento ou estrutura de capitais
Os Índices de Endividamento m como principal objetivo mostrar o grau decomprometimento do capital próprio de uma empresa, com o capital de terceiros. Esses índicesmostram, por exemplo, o quanto por cento do capital de terceiros vencem a curto prazo. Alémdisso, é possível verificar o quanto do capital próprio e dos recursos não correntes foramaplicados no Ativo Permanente.
Cada empreendimento possui estrutura ótima de composição de recursos e nãoexistem regras fixas. A natureza do endividamento, as taxas de juros e asdespesas reais de financiamento, quando comparadas com o retorno que taisrecursos tem uma vez investidos no ativo, em confronto com os custosalternativos do que o nível absoluto de tais quocientes em determinadosmomentos (IUDICIBUS, 1998, p. 83).
Observa-se que não existem regras definidas sobre estrutura de capitais, a empresa podetrabalhar com o capital próprio, sendo superior ao de terceiros, ou com capital de terceiros sendosuperior ao próprio. Na verdade, o que importa é a comparação dos juros pagos referente aofinanciamento, com os proporcionados pelo mercado onde foi aplicado o valor do capital.
2.1.2 Índices de liquidez ou solvência
São quatro os índices de liquidez: imediata, seca, corrente e geral. Os Índices de Liquidezmostram a capacidade que a empresa tem para cumprir com os compromissos assumidos.Para obter um diagnostico mais correto sobre a liquidez da empresa é fundamental que aorganização utilize os quatro índices com o propósito de reduzir equívocos na análise. Se aempresa analisar apenas o índice de liquidez geral poderá concluir que tem problemas de liquideze o índice de liquidez corrente pode mostrar justamente o contrário, um índice satisfatório. Podeocorrer também que os índices de liquidez corrente e geral não sejam satisfatórios, mas a analiseda liquidez imediata pode ser adequada para o momento. Percebe-se, portanto, que a análiseindividual não pode ser parâmetro para um relatório, o analista deve aplicar os quatro índices deliquidez para chegar a uma conclusão sobre a capacidade da empresa cumprir com oscompromissos assumidos.Conforme Zdanawicz (1998, p. 60) “a liquidez é denominada de análise de razão ouquociente, visa a mensuração da capacidade financeira da empresa em pagar seus compromissosde formas imediata, a curto e a longo prazo”.
2.1.3 Índices de rentabilidade
Os índices de rentabilidade selecionados nesse trabalho mostram, por exemplo, o retornoque a empresa está proporcionando sobre o capital próprio. Entende-se que o capital própriocorresponde ao valor investido no negócio pelos proprietários, o lucro e as respectivas reservas.Esse dinheiro (investido no negócio pelos proprietários) sai da pessoa física e entra na pessoa jurídica. Além do retorno sobre o capital próprio é possível verificar a rentabilidade, o giro doativo total e a margem líquida proporcionada pela comercialização das mercadorias compradas pela empresa para revenda.

Activity (71)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Roberta Salomé liked this
Igara Luna liked this
Diego Elbert liked this
Natali Araujo liked this
Nany Sodré liked this
Camila Marinho liked this
jesuinolopes5241 liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->