Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
3Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Produção de Conteúdo Visual no Ensino de História e Geografia Local

Produção de Conteúdo Visual no Ensino de História e Geografia Local

Ratings: (0)|Views: 254|Likes:

GODOY, A.C., LASTÓRIA, A.C. Produção de Conteúdo Visual no Ensino de História e Geografia Local. TOMMASELLO, M.G.C.; MARIN, A.J. et al. (Coord.). Didática e Práticas de Ensino na Realidade Escolar Contemporânea: Constatações, Análises e Proposições. Araraquara-SP: Marin&Marin Editores, 2012. v.3. p.3349-3358. 1 CD-ROM

GODOY, A.C., LASTÓRIA, A.C. Produção de Conteúdo Visual no Ensino de História e Geografia Local. TOMMASELLO, M.G.C.; MARIN, A.J. et al. (Coord.). Didática e Práticas de Ensino na Realidade Escolar Contemporânea: Constatações, Análises e Proposições. Araraquara-SP: Marin&Marin Editores, 2012. v.3. p.3349-3358. 1 CD-ROM

More info:

Published by: Grupo de Estudos da Localidade - ELO on Feb 03, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See More
See less

09/17/2013

pdf

text

original

 
PRODUÇÃO DE CONTEÚDO VISUAL NO ENSINO DE HISTÓRIA EGEOGRAFIA LOCAL
Adriana Cristina de GodoyAndrea Coelho LastóriaFFCLRP/USPEste trabalho apresenta uma pesquisa de mestrado que está sendo desenvolvida noPrograma de Pós-Graduação em Educação, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letrasde Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo. O contexto da pesquisa envolve umaescola da Rede Pública Municipal de Ribeirão Preto-SP que participou de um Projetodenominado “Curtas de Animação” em 2010. Este resultou no curta
 Ribeirão Preto-terra do
 
café 
, para o qual os estudantes desenvolveram pesquisas sobre História,Geografia e meio ambiente na localidade. A presente pesquisa foca dentro do contextodo estudo da imagem, o da produção imagética feita pelos próprios alunos do EnsinoFundamental. As questões principais são: Como a leitura e a produção de materialimagético pelos alunos podem colaborar (ou não) com o aprendizado e o interesse peloestudo da Geografia e História Local? Qual(is) o(s) impacto(s) que a participação noprojeto “Curtas de Animação” possibilitou(aram) aos alunos envolvidos? A pesquisaparte da descrição crítica do projeto de produção do curta de animação e busca verificarquais conhecimentos específicos sobre a localidade de Ribeirão Preto-SP foram (ounão) adquiridos pelos alunos participantes. A pesquisa discute ainda os aspectospositivos e negativos da realização de projetos de tal natureza no interior da escolapública. Os resultados propostos deverão apontar para uma abordagem da questão dasimagens no ensino de Geografia e História, passando pelo pensar sobre a imagem, porsi, e pelo caminho percorrido pelo seu uso e assimilação como documento histórico edas representações da paisagem geográfica, assim como da sua produção em sala deaula.Palavras-chave: Ensino de História, Geografia Escolar, localidade, imagem.
INTRODUÇÃO
Este trabalho apresenta uma pesquisa de mestrado que está sendodesenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Educação, na Faculdade de Filosofia,Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), na Universidade de São Paulo.Ao fazer uso de imagens durante as aulas de História em uma escola públicade Ensino Fundamental o que sempre se observava era um despertar do interesse porparte dos alunos, atraídos pela figura apresentada. Somos indivíduos imersos em ummundo de imagens. Neste contexto, pairavam questões sobre o melhor aproveitamentodo trabalho com imagens, sua leitura crítica e uso como fonte histórica.Estas inquietações foram o ponto de partida para a pesquisa que resultou naescrita da monografia intitulada
O uso das imagens no ensino da
 
 História,
soborientação da Profª Drª Giulia Crippa. A proposta da monografia foi a de discutir eabordar a questão das imagens estáticas no ensino da História, em especial os quadros
XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didtica e Prticas de Ensino - UNICAMP - Campinas - 2012Junqueira&Marin EditoresLivro 3 - p.003349
 
2
retratando temas e/ou personagens históricos. Passando pelo pensar sobre a imagem emsi e pelo caminho percorrido por seu uso e assimilação como documento histórico. Domomento em que deixa de ser apenas um objeto artístico e passa a ser um testemunhode sua época por meio da visão daquele que a produziu. Por meio da pesquisa, foipossível constatar que existe uma variedade de tipos de imagens que podem serutilizados em uma aula, e que, no entanto, sua presença mais constante neste ambienteainda continua sendo a que perdura nos livros didáticos, caracterizados pelo mero usoilustrativo.Mesmo com o término da escrita da monografia, o tema das imagenscontinuou presente, tanto por meio dos trabalhos apresentados em eventos científicos,os quais possibilitaram a troca de experiências de ensino e pesquisa, quanto nocotidiano das atividades de História em sala de aula e das discussões do Grupo deEstudo da Localidade (ELO),
 
grupo inserido no LAIFE (Laboratório Interdisciplinar deFormação do Educador) da FFCLRP/USP, composto por estudantes de Pedagogia eprofessores de Educação Infantil, dos anos iniciais do Ensino Fundamental, e deHistória e Geografia. Contudo, o convite para participação em um projeto direcionado àprodução de imagens pelos alunos, relacionando História e Geografia na localidade,trouxe novos questionamentos e despertou para a presente pesquisa.A escola da Rede Pública Municipal na qual a primeira autora leciona, aEMEF Vereador José Delibo, foi indicada pela Secretaria Municipal da Educação deRibeirão Preto-SP para participar de um Projeto denominado “Curtas de Animação”, doNúcleo de Cinema de Animação de Campinas-SP. Ela participou diretamente doprojeto que foi desenvolvido e que gerou um produto final no formato de um curta deanimação de quatro minutos e onze segundos de duração.A participação na produção do curta de animação
 Ribeirão Preto- terra do
 
café 
reforçou o entendimento a respeito de quão importante é o papel da imagem naaprendizagem e no interesse dos alunos no estudo da História e da Geografia. Isto ficouaparente tanto no desenvolvimento do curta, quanto no envolvimento dos demais alunosna primeira fase, na qual deveriam pesquisar a localidade e desenvolver um texto sobreo tema, que envolvesse cultura, história ou meio ambiente da cidade, ou mesmo os três, junto com um desenho representando o escrito. Foram entregues produções sobre osparques, os monumentos, as personalidades, os times de futebol, entre outros.
XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didtica e Prticas de Ensino - UNICAMP - Campinas - 2012Junqueira&Marin EditoresLivro 3 - p.003350
 
3
A monografia, na qual havia uma preocupação com a leitura das imagens,havia se desdobrado em um novo contexto no estudo da imagem, a da produçãoimagética feita pelo aluno. As questões passaram a ser: como a leitura e a produção dematerial imagético pelos alunos pode colaborar com o seu aprendizado e interesse noestudo da História e da Geografia? Passado o tempo da realização do projeto o que ficoudo conhecimento de História e Geografia da localidade para estes alunos?Esta pesquisa tem o intuito de que as situações nela propostas façam parte de umcontexto mais amplo. Partindo da descrição do processo de produção de um curta deanimação e suas implicações na assimilação dos conhecimentos pelo grupo de alunosenvolvidos, seguindo em direção a uma reflexão a respeito da entrada destes projetosnas escolas, e se estes contribuem para a aprendizagem dos alunos. E que os resultadosda pesquisa possam colaborar com as discussões relacionadas ao tema e tragamcontribuições relevantes aos conhecimentos já produzidos no âmbito das pesquisas emEducação, História e Geografia Escolares e das Imagens.
DESENVOLVIMENTO DA PESQUISA
O objetivo geral da pesquisa é o de estudar como a produção de materialimagético pelos alunos pode colaborar na aprendizagem de conhecimentos da História eGeografia local, possibilitada pela participação no Projeto “Curtas de Animação”. Osobjetivos específicos são descrever e compreender todas as etapas do projeto deprodução do curta de animação, analisar, sob a ótica dos alunos envolvidos, quais osimpactos na aprendizagem dos conhecimentos de História e Geografia local ecompreender as habilidades na leitura de imagens diversas (educação por imagens).
 
Como referencial teórico, a pesquisa partiu dos estudos realizados no âmbitoda imagem, por autores que dela fazem uso como objeto de pesquisa, com destaque paraJoly e Aumont, passando pelas pesquisas de historiadores e geógrafos, além depesquisadores da História e Geografia Escolares. Quando relacionados com a leitura deimagens nas aulas, assim como nas práticas relatadas, os diferentes significados daimagem e seus problemas levantados por Joly (1996) e da relação do observador com amesma (AUMONT, 1993) contribuem com a formação de um professor capaz de umaleitura crítica das imagens e, por conseguinte, mais preparado para o seu uso em sala deaula. A cena visual passa pelo olhar do observador que busca explorá-la em detalhes pormeio de fixações sucessivas, as quais são mais demoradas nos locais onde há maior
XVI ENDIPE - Encontro Nacional de Didtica e Prticas de Ensino - UNICAMP - Campinas - 2012Junqueira&Marin EditoresLivro 3 - p.003351

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->