Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A Formiga e a Pomba

A Formiga e a Pomba

Ratings: (0)|Views: 47 |Likes:
Published by thiagonmat

More info:

Published by: thiagonmat on Feb 17, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

06/14/2009

 
A Formiga e a Pomba 
Uma pequena formiga parou de trabalhar, a fim de observar uma pombinhabranca que de asas abertas voava pela amplidão. O entusiasmo foi tão grandeque a formiguinha nem reparava onde punha as pernas. Sem saber como, caiunas águas de um regato que ali corria. Teria sido levada pelas águas se apomba não a visse quando de um vôo rasteiro. Interrompeu suas acrobacias edesceu até quase tocar as águas; depois, com um fino galho preso ao bico,conseguiu salvar a formiguinha, que saiu gotejante do regato e se estendeuna relva fina para se aquecer ao sol.Como farei para demonstrar gratidão e reconhecimento a essa tão doce ave queme socorreu com tanta presteza? - pensava a formiguinha.Enquanto isso iaacompanhando com o olhar a generosa pombinha, que retornara ao vôo.Acontece que a oportunidade não tardou muito a aparecer.Na tarde do dia seguinte, a pombinha, exausta dos seus novos exercícios esentindo um forte calor, pousou num ramo de árvore junto ao regato e aliadormeceu. Um garoto desocupado, que vivia à caça de passarinhos com seuestilingue, viu a pomba que dormia despreocupadamente.Era uma presa fácil.Assim, sem perda de tempo, o moleque procurou algumas pedras e, colocando-as de jeito, usou uma entesando o arco, fez pontaria, já preparado para atacar.A formiguinha, que voltava para casa trazendo uma enorme carga às costas,viu angustiada aquele gesto impiedoso. Largou o fardo e pensou: "O que fazernesse momento para alertar a pombinha?" Em fração de segundo, ela decidiu a coisacom acerto. Aproximou-se do garoto e lhe deu uma forte ferroada no calcanhar.- Ai... ai... ai! Mas que dor... - gritou o moleque, erguendo o pé eesfregando o local onde a formiga o picara.A decisão funcionou direitinho, porque a pombinha acordou espantada com ogrito do garoto e, quando viu bem de perto o perigo tão sério que ameaçavasua própria vida, abriu rapidamente as asas e alçou um vôo ligeiro,desaparecendo no azul do firmamento.O garoto, desapontado, seguiu seu caminho, levando uma marca avermelhada nocalcanhar...Enquanto isso, a formiguinha feliz agradecia na sua linguagem aoportunidade que teve de, embora pequenina e frágil, poder recompensar um favorrecebido, numa hora oportuna.(Desconheço o autor)A mensagem é simples... Apenas expressa o senso de gratidão que devemos ter paracom os amigos e também para com Deus.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->