Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
cartilha-17-nucleos

cartilha-17-nucleos

Ratings: (0)|Views: 0 |Likes:
Published by Paola Estrada

More info:

Published by: Paola Estrada on Feb 13, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/13/2013

pdf

text

original

 
OS NÚCLEOSMOVIMENTO CONSULTA POPULARCARTILHA 17
SUMÁRIO
1)
APRESENTAÇÃO
2)
AS 7 REGRAS FUNDAMENTAIS DE FUNCIONAMENTO
3)
O QUE FAZ UM NÚCLEO
4)
COMO ORGANIZAR UM NÚCLEO
5)
O TRIPÉ PERMANENTE
6)
O MÉTODO DE FUNCIONAMENTO DO TRABALHOORGANIZATIVO
7)
A FORMAÇÃO E OS CÍRCULOS DE LEITURA “FLORESTANFERNANDES”
8)
O FUNCIONAMENTO DAS REUNIÕES
9)
AS QUALIDADES DE UM LUTADOR DO POVO
1
 
APRESENTAÇÃO
Estamos empenhados na construção de umaorganização de novo tipo. E construir algo novo é muito maisdifícil. Exige perseverança, moral elevado, confiança, junto comreflexão constante, humildade e capacidade de autocrítica. Aoafirmar a necessidade e a possibilidade de construir um projetopopular e assumir isso como uma tarefa para hoje o
Movimento Consulta Popular
chama as pessoas para umamilitância que exige mais seriedade e dedicação.Deparamos-nos com um desafio estratégico. Construirnossa organização assentada em
núcleos
que se transformem emestruturas vivas, democráticas, com funcionamento regular evoltado para a construção de lutas. Os anos de neoliberalismoproduziram um grande estrago na capacidade de construir laçosorganizativos e isso dificulta qualquer intento organizativo.Não existe receita pronta e acabada. Apenas podemoscontar com o aprendizado de outras experncias e muitapersistência.Esta Cartilha foi construída utilizando na íntegra,trechos, frases e parágrafos de diversos textos, documentos eestudos que se encontram relacionados na última gina.Optamos por não inserir notas para não torna-la muito pesada. Éum esforço para sistematizar experiências acumuladas no trabalhoorganizativo.Confiamos em que se converta em mais uminstrumento de trabalho para a construção do Projeto Popular.
Coordenação Nacional do Movimento ConsultaPopularOutubro de 2005
2
 
A organizão revolucioria o se converte emvanguarda pelo fato de autodenominar-se como tal. Paraisso é necessário passar à ação e acumular uma práticarevolucionária convincente, pois somente a ação faz avanguarda”.Carlos MarighellaAS 7 REGRAS FUNDAMENTAIS DE FUNCIONAMENTO1) O Movimento Consulta Popular é um meio, não um fim
. Omotivo de sua existência não é criar mais uma estrutura de poder,voltada para alimentar uma nova burocracia. O formato de cadaorganização é determinado pelas condições determinadas pelaluta de classes. A organização é uma ferramenta e não existemferramentas universais senão aquelas que são mais adequadas àtarefa que se pretende realizar. O conceito é formulado por CarlosMarighella no texto Questões de Organização: “
Nosso conceito deorganização não é estático, nem dogmático, pois o existesegundo a teoria marxista-leninista nenhuma organização emabstrato. A organização essempre a servo de umadeterminada linha política. Entendemos que qualquer mudança dequalidade do movimento revolucionário determina mudança dequalidade na organização revolucionária”.
Em outras palavras,
3

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->