Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
63Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Idade Média Resumo Exercícios Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]

Idade Média Resumo Exercícios Marco Aurelio Gondim [www.mgondim.blogspot.com]

Ratings:

4.46

(13)
|Views: 38,049 |Likes:
Published by MGONDIM
Resumo sobre a Idade Média com 10 exercícios com gabarito. Ótimo para estudar!
Resumo sobre a Idade Média com 10 exercícios com gabarito. Ótimo para estudar!

More info:

Published by: MGONDIM on Feb 19, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

05/10/2014

 
1
ORG. PROF. MARCO AURÉLIO GONDIMHISTÓRIA
IDADE MÉDIAIntroduçãoA Idade Média teve início na Europa com as invasões germânicas (bárbaras), no século V, sobre oImpério Romano do Ocidente. Essa época estende-se até o século XV, com a retomada comercial e orenascimento urbano. A Idade Média caracteriza-se pela economia ruralizada, enfraquecimentocomercial, supremacia da Igreja Católica, sistema de produção feudal e sociedade hierarquizada.Estrutura PolíticaPrevaleceu na Idade Média as relações de vassalagem e suserania. O suserano era quem dava umlote de terra ao vassalo, sendo que este último deveria prestar fidelidade e ajuda ao seu suserano. Ovassalo oferecia ao senhor, ou suserano, fidelidade e trabalho, em troca de proteção e um lugar nosistema de produção. As redes de vassalagem se estendiam por várias regiões, sendo o rei o suseranomais poderoso.Todo os poderes jurídico, econômico e político concentravam-se nas mãos dos senhores feudais,donos de lotes de terras (feudos).Sociedade MedievalA sociedade era estática (com pouca mobilidade social) e hierarquizada. A nobreza feudal (senhoresfeudais, cavaleiros, condes, duques, viscondes) era detentora de terras e arrecadava impostos doscamponeses. O clero (membros da Igreja Católica) tinha um grande poder, pois era responsável pelaproteção espiritual da sociedade. Era isento de impostos e arrecadava o dízimo. A terceira camada dasociedade era formada pelos servos (camponeses) e pequenos artesãos. Os servos deviam pagarvárias taxas e tributos aos senhores feudais, tais como: corvéia (trabalho de 3 a 4 dias nas terras dosenhor feudal), talha (metade da produção), banalidades (taxas pagas pela utilização do moinho eforno do senhor feudal).Economia MedievalA economia feudal baseava-se principalmente na agricultura. Existiam moedas na Idade Média,porém eram pouco utilizadas. As trocas de produtos e mercadorias eram comuns na economia feudal.O feudo era a base econômica deste período, pois quem tinha a terra possuía mais poder. Oartesanato também era praticado na Idade Média. A produção era baixa, pois as técnicas de trabalhoagrícola eram extremamente rudimentares. O arado puxado por bois era muito utilizado naagricultura.Religião na Idade MédiaNa Idade Média, a Igreja Católica dominava o cenário religioso. Detentora do poder espiritual, aIgreja influenciava o modo de pensar, a psicologia e as formas de comportamento na Idade Média. Aigreja também tinha grande poder econômico, pois possuía terras em grande quantidade e até mesmoservos trabalhando. Os monges viviam em mosteiros e eram responsáveis pela proteção espiritual dasociedade. Passavam grande parte do tempo rezando e copiando livros e a Bíblia.Educação, cultura e arte medievalA educação era para poucos, pois só os filhos dos nobres estudavam. Esta era marcada pela
 
2influência da Igreja, ensinando o latim, doutrinas religiosas e táticas de guerras. Grande parte dapopulação medieval era analfabeta e não tinha acesso aos livros.A arte medieval também era fortemente marcada pela religiosidade da época. As pinturas retratavampassagens da Bíblia e ensinamentos religiosos. As pinturas medievais e os vitrais das igrejas eramformas de ensinar à população um pouco mais sobre a religião.Podemos dizer que, no geral, a cultura medieval foi fortemente influenciada pela religião. Naarquitetura destacou-se a construção de castelos, igrejas e catedrais.As CruzadasNo século XI, dentro do contexto histórico da expansão árabe, os muçulmanos conquistaram acidade sagrada de Jerusalém. Diante dessa situação, o papa Urbano II convocou a Primeira Cruzada(1096), com o objetivo de expulsar os "infiéis" (árabes) da Terra Santa. Essas batalhas, entrecatólicos e muçulmanos, duraram cerca de dois séculos, deixando milhares de mortos e um granderastro de destruição. Ao mesmo tempo em que eram guerras marcadas por diferenças religiosas,também possuíam um forte caráter econômico. Muitos cavaleiros cruzados, ao retornarem para aEuropa, saqueavam cidades árabes e vendiam produtos nas estradas, nas chamadas feiras e rotas decomércio. De certa forma, as Cruzadas contribuíram para o renascimento urbano e comercial a partirdo século XIII. Após as Cruzadas, o Mar Mediterrâneo foi aberto para os contatos comerciais.As Guerras MedievaisA guerra na Idade Média era uma das principais formas de obter poder. Os senhores feudaisenvolviam-se em guerras para aumentar suas terras e o poder. Os cavaleiros formavam a base dosexércitos medievais. Corajosos, leais e equipados com escudos, elmos e espadas, representavam oque havia de mais nobre no período medieval.Peste Negra ou Peste BubônicaEm meados do século XIV, uma doença devastou a população européia. Historiadores calculam queaproximadamente um terço dos habitantes morreram desta doença. A Peste Negra era transmitidaatravés da picada de pulgas de ratos doentes. Estes ratos chegavam à Europa nos porões dos naviosvindos do Oriente. Como as cidades medievais não tinham condições higiênicas adequadas, os ratosse espalharam facilmente. Após o contato com a doença, a pessoa tinha poucos dias de vida. Febre,mal-estar e bulbos (bolhas) de sangue e pus espalhavam-se pelo corpo do doente, principalmente nasaxilas e virilhas. Como os conhecimentos médicos eram pouco desenvolvidos, a morte era certa.Para complicar ainda mais a situação, muitos atribuíam a doença a fatores comportamentais,ambientais ou religiosos.Revoltas Camponesas: as JacqueriesApós a Peste Negra, a população européia diminuiu muito. Muitos senhores feudais resolveramaumentar os impostos, taxas e obrigações de trabalho dos servos sobreviventes. Muitos tiveram quetrabalhar dobrado para compensar o trabalho daqueles que tinham morrido na epidemia. Em muitasregiões da Inglaterra e da França estouraram revoltas camponesas contra o aumento da exploraçãodos senhores feudais. Combatidas com violência por partes dos nobres, muitas foram sufocadas eoutras conseguiram conquistar seus objetivos, diminuindo a exploração e trazendo conquistas paraos camponeses.EXERCÍCIOS(UEPA) Questão 1: “O Homem e o mundo”.O homem e o mundo De ciência avançada
 
3O homem e o mundo Mas também de AIDS e fomeQue mundo?De guerra, de terror.Onde a paz se faz ausente Mundo de pobresE a violência presente Mundo de ricosQue violência? Mundo, imundo, sujo eDo campo? Onde morrem poluído.os lavradores. Enfim ... HomemDa cidade? Onde o homem É este o mundo que tenssofre horrores Para nele viver, procriar eMundo de ontem, devagar morrer.Mundo de hoje, apressado, De que?Mundo de nets, sites, e De velhice, de doença, deemail. fome ou mesmo vítima daviolência.Lenora Maria“Do campo? Onde morrem os lavradores. Da cidade? Onde o homem sofre horrores”. Acompreensão da autora sobre campo e cidade, envolve visões de mundo que não apresentam espaçosde negociação e de mediação entre os diversos grupos sociais que compõe o cenário urbano e ruralem sociedades modernas. No entanto, estes espaços sempre existiram e revelaram ao longo dahistória diferentes formas de articulação e de negociação dos diversos sujeitos em situaçõesadversas. Assim sendo, na Baixa Idade Média, os:A - vilões se mobilizavam a cada situação de sofrimento imposta pelos senhores, permitindo, destemodo, que lavradores e servos se livrassem facilmente das obrigações feudais, como a corvéia.B - mercadores itinerantes agiam coletivamente cada vez que os vilões tentavam impedir o acessodas caravanas nas vilas e cidades próximas as rotas marítimas, fortalecendo as guildas e corporaçõeslocais.C - mestres de ofício estimularam a criação das guildas, onde os mercadores podiam negociar ospreços dos produtos locais e importados a serem vendidos nas feiras e nos mercados municipaislocalizadas nas principais cidades medievais.D - servos agruparam-se em associações criadas pela Igreja para defende-los da superexploraçãofeudal decorrente da crise generalizada de produção provocada pela guerra, pela fome e a peste queassolou o Ocidente Medieval.E - camponeses experimentaram, no interior da sociedade feudal, as mudanças nas técnicas agrícolasintroduzidas no campo após o Ano Mil; estas revigoraram produção e criaram novos espaços de açãodestes sujeitos no mundo do trabalho medieval.(UFPA) Questão 2: A imagem abaixo é um fragmento da famosa Tábula Peutingeriana, querepresenta a região da península grega próxima à ilha de Rhodes (em latim Insula Rhodos).Desenhada no século XII d. C., esta tábula demarca as principais estradas romanas ainda em uso naIdade Média.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->