Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
22Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Complexos Polinomios Geometria Plana

Complexos Polinomios Geometria Plana

Ratings:

4.0

(2)
|Views: 5,632 |Likes:
Published by kbcnto

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: kbcnto on Feb 20, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX or read online from Scribd
See more
See less

06/17/2013

 
1.Geometria Métrica
1.(UESB 04.1)
 
Em um triângulo, o maior dosângulos externos mede 140°, e as medidas dosângulos internos estão em progressãoaritmética. Sendo assim, o menor dos ângulosexternos mede, em graus,a) 80b)90c)100d)110e)1202.(UESB 04.1)
 
Um rculo com área igual a169π
cm2
possui uma corda que mede 24cm.Portanto, o comprimento da menorcircunferência tangente a essa corda e a essecírculo é igual, em cm, aa) 8πb)10πc)12πd)14πe)18π3.(UESB 04.2)DESENHOUm pedaço de papel quadrado ABCD, de ladoigual 4
3
u.c., é dobrado, segundo um ângulo de90°,ao longo da diagonal AC. Uma pirâmide,cuja base coincide com o triângulo ABC e ovértice com o ponto D, tem volume, em u.v.,igual aa)8
6
b)24
2
c)18
3
d)16
6
e)36
3
4.(UESB 05.1)DESENHONa figura, está representada uma escada AB, decomprimento c, apoiada em um muro.Considerando-se essa informão, pode-seconcluir que o valor de c é igual,em metros, aa)3
10
/2b)5
5
/4c)4
5
/3d)4
10
/5e)3
10
/55.(UESB 05.1)DESENHONa figura, todas as circunferências têm raio r =1u.c., e a circunferência central passa pelospontos de tangência das demais. Com basenessa informação, pode-se concluir que a áreada região sombreada mede, em u.a.,a)3π + 4b)2π + 4c)π + 4d)4π 2e)4π 16.(UEFS 05.1)DESENHOA figura é composta por oito triângulosretângulos isósceles, sendo a área do triângulomenor igual de 1u.a. A partir dessa informação,pode-se afirmar que as áreas dosoitos trngulos formam uma progresogeométrica de razão igual aa)2, e a soma de todas elas é igual a 255u.a.b)2, e a soma de todas elas é igual a 128u.a.c)
2
, e a soma de todas elas é igual a 128u.a.d)
2
, e a soma de todas elas é igual a 128
2
u.a.e)2
2
, e a soma de todas elas é igual a 128
2
u.a.7.(UEFS 05.1)DESENHOUma pessoa corre em uma planície, comvelocidade de 350m/mim, em direção a umpenhasco.Em determinado ponto, avista o cumedo penhasco sob um angulo de 30° e, apóscorrer durante 4 minutos, o avista sob umângulo de 45°. Com base nesse dados, pode-seconcluir que a altura do penhasco, em metros, éaproximadamente igual aa)1200b)1500c)2000d)2200e)24008.(UEFS 05.1)DESENHONa figura, os três triângulos ABD, ACF e AEH sãoequiláteros. Se o segmento AB mede6u.c.,então o segmento AH mede, em u.c.,a)3
3
b)9/2c)3
3
/2d)9/4e)
3
/29.(UESC 05.1)DESENHOA figura cuja largura e altura medem 3cm e4cm, respectivamente, foi elaborada nocomputador e, ao ser gravada, gerou umarquivo de tamanho 2KB. Sabendo-se que otamanho do arquivo que se obtém ao gravarfiguras semelhantes — figuras que mantêm aproporção entre a largura e a altura édiretamente proporcional à largura da figura,pode-se concluir que, para gravar uma figurasemelhante a essa, com área igual a 108cm² , otamanho do arquivo deverá ser igual aa) 18KBb)12KBc) 9 K Bd) 8 K Be) 6 K B10.(UESC 05.1)DESENHOA figura representa 4 quadrados de umaseqüência de 8 quadrados construídos de talforma que o primeiro quadrado (o maior deles)tem lado igual a 1u.c., e cada quadrado, a partirdo segundo, tem seus rtices nos pontosdios dos lados do quadrado anterior.Considerando-se a área da rego que seencontra no interior do primeiro quadrado e noexterior do segundo, e a área no interior do
 
terceiro quadrado e no exterior do quarto, eassim por diante, pode-se concluir que a somadetodas essas áreas é igual, em u.a., aa)171/256b)85/128c)43/64d)21/32e)11/1611.(UESC 05.1)DESENHONo triângulo ABC, tem-se que
AB
=5
EA
,
AC=
5
AD
,
FB
=5
FD'
,
FC
=5
FE
. Nestascondições, pode-se concluir que
FD'
e
EC
sãoiguais, respectivamente, aa)
DF
e 5
EF
b)
DF
e 6
EF
c)
DF
e 4
EF
d)2
DF
e 5
EF
e)2
DF
e 6
EF
12.(UESC 05.1)DESENHODeseja-se construir uma escada, conformeindicado na figura, tendo comprimento igual a10m, com degraus de mesmo tamanho, tal quea largura do degrau não seja menor que 30cm etamm não exceda a 40cm. Nessascondões, o mero, x, de degraus que aescada deve ter é tal quea)15 < x ≤ 20b)20 < x ≤ 30c)
 
30 < x ≤ 35d)
 
35 < x ≤ 45e)
 
45 < x ≤ 5013.(UESB 06.1)DESENHOUma folha de papel quadrada de lado 12cm édobrada de modo que o seu vértice D fiquesobre o lado AB, sendo Q a nova posição dovértice D, conforme a figura.Sabendo-se que o ângulo θ mede 30º, pode-seconcluir que o segmento AQ mede, em cm,a)5b)3
2
c)6d)4
3
e)714.(UESC 06.1)DESENHONum triângulo ABC de base b u.c. e altura iguala 10u.c. constroem-se 9 retângulos inscritos,como na figura, todos com altura de 1u.c. Adiferença entre a área do triângulo ABC e asoma das áreas dos retângulos inscritos é igualaa)4bb)2bc)bd)b/2e)b/515.(UEFS 07.1)Em um paralelogramo ABCD,tem-se que
AD = 3,0 cm;
DÂB = 30°;
P pertence ao segmeto DC;
DÂP e PÂB são iguais.Nessas condições, pode-se afirmar que o valorde E= 2-
AP6+ 2
éa)1b)1,5c)2d)2,5e)316.(UESC 07.1) Em um triângulo ABC, tem-se
AD é a altura relativa ao lado BC.
A medida do segmento CD é o triplo damedida do segmento BD.
O ângulo CAD mede o dobro do ânguloBAD.Com base nessas informações, é correto afirmarque a medida do ângulo o-nulo CAD, emradianos, éa)
 
π/15b)π/12c)π/6d)π/4e)π/317.(UESC 07.1)
 
Considere-se um quadrado delado L. Com vértices nos pontos médios dosseus lados, constrói-se um segundo quadrado.Com vértices nos pontos médios dos lados dosegundo quadrado, constrói-se um terceiroquadrado e assim por diante. Com base nessainformação e no conhecimento de seqüências, écorreto afirmar que o limite da soma dosperímetros dos quadrados construídos éigual aa)8L(1+
2
)b)4L(1+
2
)c)8L(2+
2
)d)4L(2-
2
)e)4L(2+
2
)18.(UESC 07.1)DESENHOSe o lado do quadrado da figura mede x cm,então a área, em cm², daregião sombreada éigual aa)x²/12 (3
3
- 2π)b) x²/12 (3
3
+ π)c) x²/12 (3
3
- π)d) x²/4 (3
3
+π)e) x²/4 (3
3
- π)19.(UEFS 07.2)Um operário apóia umaextremidade de uma escada de 4m decomprimento em uma parede vertical e a outraextremidade em um ponto P de um piso plano ehorizontal, formando um ângulo
=30° entre aescada e a parede. Ao subir na escada, estaescorregou ao longo da parede vertical, tendo a
 
sua extremidade inferior se afastando 0,5m,passando a formar, com a parede, um ângulocujo co-seno é igual aa)5/8b)
39
/8c)5
/39
d)3
2
/8e)5
2
/820.(UEFS 07.2)DESENHOEm uma pra retangular ABCD, no pontomédio de AB, é colocado, perpendicularmente aAB, um poste de iluminação, LM, de 4m dealtura. Considerando-se
11=3,3
, pode-seafirmar que a distância da lâmpada L ao vérticeC da praça mede, em metros,aproximadamente,a)18b)17c)16d)14e)1313.(UEFS 07.2) Duas pessoa, J e L, fazem emuma praça circular cujo rio mede 6m. Certo dia,partindo do mesmo ponto P, J caminhou por PQ(dmetro da pra), e L preferiu seguir ocaminho em volta da praça (sobre acircunferência). No instante em que J seencontrava a 9m do ponto de partida, L seencontrava em um ponto da circunferência emque JL é perpendicular a PQ. Nessas condições,pode-se afirmar que o comprimento do arco PLpercorrido por L éa)15
π
/4b)11π/3c)25π/6d)4πe)9π/214.(UEFS 07.2)DESENHODa figura,sabe-se que
ABC é um trngulo equilatero delado medindo 4uc;
M é o ponto médio de AB;
AM e MB o diâmetros de duassemicircunferências com centro em Be raio BA;
AC é um arco de circunferência comcentro em B e raio BA;
BC é um arco de circunferência comcentro em A e raio AB.A medida da área da região sombreada,emu.a.,é igual aa)19
3
-8π/3b)19π-8
3
/3c)19π/3-8
3
d)19π/3+8
3
e)19
3
+8π/315.(UESB 07.1)DESENHOA figura mostra uma rampa de 50 metros decomprimento que forma com o planovertical um ângulo de 60º. Uma pessoa sobea rampa inteira e eleva-se x metros. Combase nessas informações, pode-se concluirque o valor de x é igual aa)15b)20c)25d)25
3
e)30
3
16.(UESB 07.1)DESENHO O triângulo da figura tem a forma de umterreno que vai ser dividido em dois, poruma cerca que parte do ponto A e desceperpendicularmente ao lado BC. Com basenessas informações, pode-se afirmar que aárea do terreno menor, em
m2
, é igual aa)162b)216c)324d)432e)57621.(UEFS 08.1)Em uma circunferência decentro O e raio 6cm, é marcado um arco ABcujo ângulo central AOB mede 50°. Se, emoutra circunferência, de raio 10cm, émarcado um arco com a mesma medida deAB, o ângulo central correspondente mede,em radianos,a)π/3b)3π/10c)π/4d)2π/9e)π/622.(UESC 08.1)
 
Se a soma doscomprimentos das diagonais de um losangoé igual a 6u.c. e sua área A, dada emunidades de área, é a maior possível, pode-se afirmar:a) 5 < A ≤ 6b) 4 < A ≤ 5c) 3 < A ≤ 4d) 2 < A ≤ 3e) 1 < A ≤ 223.(UESC 08.1)DESENHONa figura,
AB
= 8u.c.,
BC
= 1u.c., e ostrngulos sombreados o eqüiteros.Sobre os triângulos sombreados, pode-seafirmar que o quociente entre o valor daárea do triângulo maior e a área dotriângulo menor é igual aa)64/49b)49/64c)8/7d)7/8e)1/824.(UESC 08.1)DESENHOA figura representa parte de uma espiralformada por infinitos semicírculos, taisque o primeiro, ABC, tem raio que mede1cm e cada novo semicírculo, a partir dosegundo, CDE, tem raio igual a 1/3 do raio

Activity (22)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Guilherme Nino liked this
Luan Queiroz liked this
Daniela Farias liked this
Mateus Rodrigues liked this
Angela Rangel liked this
Brunna Santos liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->