Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
03917_12_Decisao_jcampelo_APL-TC.pdf

03917_12_Decisao_jcampelo_APL-TC.pdf

Ratings: (0)|Views: 44|Likes:

More info:

Published by: Tribunal de Contas do Estado da Paraíba on Feb 22, 2013
Copyright:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/22/2013

pdf

text

original

 
 
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADOTribunal PlenoPROCESSO TC Nº 03917/12
JGC Fl. 1/2 
Jurisdicionado:
Câmara Municipal de Catolé do Rocha
Objeto:
Recurso de Revisão (Prestação de Contas, exercício de 2005 – Processo TC 02541/06)
Responsável:
Ex-presidente Sinfrônio Gonçalves Neto
 Relator:
Auditor Antônio Cláudio Silva SantosEMENTA: PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL – CÂMARA MUNICIPAL DECATOLÉ DO ROCHA – RECURSO DE REVISÃO CONTRA A DECISÃOCONSUBSTANCIADA NO ACÓRDÃO APL TC 581/2007, EMITIDO NAOCASIÃO DO JULGAMENTO DA PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAIS DO EX-PRESIDENTE SINFRÔNIO GONÇALVES NETO – REMÉDIO JURÍDICOESTABELECIDO NO ART. 31, INCISO IV, C/C O ART. 35, AMBOS DA LEICOMPLEMENTAR ESTADUAL Nº 18/1993 - CONHECIMENTO – NÃOPROVIMENTO.
 ACÓRDÃO APL TC 50/2013
RELATÓRIO
 Analisa-se o recurso de revisão interposto pelo Ex-presidente da Câmara Municipal de Catolé doRocha, Sr. Sinfrônio Gonçalves Neto, contra a decisão consubstanciada no Acórdão APL TC 581/2007,publicado em 14/09/2007, emitido na ocasião do julgamento de suas contas relativas ao exercício de2005 (Processo TC 02541/06), cuja decisão consistiu em julgá-las irregulares, em decorrência da faltade recolhimento previdenciário sobre os subsídios dos Vereadores, representar junto ao INSS e emitirrecomendações.O recurso foi protocolizado em 03/04/2012, por meio do Documento TC 06423/12, tendo o Relatordeterminado a formalização do presente processo.Em suas alegações, o impetrante assegura que deixou de recolher a previdência de 2005 em razão daexistência de processo administrativo de pedido de recuperação de crédito previdenciário.Complementa, informando que obteve êxito no pleito e os Vereadores receberam valores recolhidosindevidamente. No tocante à parcela patronal, informa que foi celebrado parcelamento, anexando aosautos cópias de formulários da Secretaria da Receita Federal do Brasil relativos à confissão de dívida,emitidos em 20/12/2005 e 29/10/2007, tendo como signatário o Ex-prefeito de Catolé do Rocha, Sr.Leomar Benício Maia.Os autos foram submetidos à análise da Auditoria, que, através do relatório de fls. 19/20, elaboradopela Auditora de Contas Públicas Sueli da Silva Bezerra, entendeu cumpridos os pressupostos deadmissibilidade, informando, no entanto, que a documentação acostada se refere a pedido deparcelamento de débitos previdenciários do Poder Executivo, o que a fez concluir pelo não provimentodo recurso.Provocado a se manifestar, o Ministério Público junto ao TCE/PB emitiu o Parecer nº 1501/12, da lavrada d. Procuradora Elvira Samara Pereira de Oliveira, entendendo que o recurso não atende a nenhumdos pressupostos do art. 35 da Lei Orgânica do TCE/PB, vez que não traz a lume qualquer documentonovo com eficácia sobre a prova produzida, não aponta a existência de falsidade ou insuficiência dedocumentos em que se tenha baseado a decisão impugnada, nem suscita erro de cálculos em contas,

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->