Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword or section
Like this
2Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Medicina Legal - Mapeamento Teórico

Medicina Legal - Mapeamento Teórico

Ratings: (0)|Views: 1,273|Likes:
Published by Albano Fidalgo
Medicina Legal - Mapeamento Teórico
Medicina Legal - Mapeamento Teórico

More info:

Categories:Types, Resumes & CVs
Published by: Albano Fidalgo on Feb 23, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOCX, TXT or read online from Scribd
See More
See less

12/17/2013

pdf

text

original

 
QUESTÕES ABERTAS EM MEDICINA LEGAL
INTRODUÇÃO
1. Estabelecer as diferenças entre norma moral e norma jurídica.OS VALORES DE ORDEM MORAL PROCURAM VALORIZAR AS AÇÕES HUMANASDENTRO DE UM CONTEXTO DO QUE É BOM E DO QUE É RUIM. A CONDUTAHUMANA É ORIENTADA PELA EDUCACAO NO SENTIDO DA COOPERACAO E DAOBEDIENCIA AO QUE É DADO COMO CORRETO E MORALMENTE VALIDO. NAOPRIVA O INDIVIDUO DA SUA LIBERDADE NEM LHE RETIRA BENS MATERIAIS. É ANORMA MAIS IMPORTANTE DO COMPORTAMENTO.AS NORMAS JURIDICAS SAO GARANTIDAS PELO PODER DO GOVERNO. SAOIMPOSTAS AOS CIDADAOS E TEM QUE SER OBEDECIDAS SOB PENA DERETALIACAO PROPORCIONAL A INFRACAO COMETIDA. É OBRIGATORIEDADE DOCIDADAO, DE CONTEUDO MORAL. NAO COMPETE AO CIDADAO COMUM NAOCONCORDAR E NAO CUMPRIR A LEI. NORMAIS MORAIS=MORALIDADE. NORMASJURIDICAS=LEGALIDADE.2. Fazer um atestado médico fictício.ALBANO SILVA FIDALGO JUNIOR(RADIOLOGISTA)ATESTO, PARA FINS ACADEMICOS, QUE O PACIENTE MARCOS VALLE, CARTEIRADE IDENTIDADE NUMERO 209878388, ESTEVE SOB MEUS CUIDADOSPROFISSIONAIS DO DIA 16 AO DIA 19 DO CORRENTE MÊS, TENDO LHERECOMENDADO REPOUSO NO LEITO DURANTE ESSE PERÍODO.RIO DE JANEIRO, 23 DE AGOSTO DE 2012ALBANO FIDALGORUA BRIGADEIRO JOSÉ, NUMERO 20 CRM 20291705TEL.: 67564578 CPF 098098876453. Enumerar os casos em que a lei proíbe o médico comum de firmar a declaração deóbito.- EM SE TRATAR DE MORTE EM QUE A CAUSA TENHA SIDO CLARAMENTEVIOLENTA OU TENHA HAVIDO SUSPEITA DE VIOLENCIA.- MORTE NATURAL A QUE NAO TENHA ASSISTIDO- DOENTE INTERNADO POR CURTO PERIODO (<24H), SEM QUE TENHA CHEGADOA UMA CONCLUSAO QUANTO A CAUSA DA MORTE (CABE AO SERVICO DEPATOLOGIA DO HOSPITAL A REALIZACAO DE AUTOPSIA PARA ESCLARECE-LA)
 
 4. Explicar por quê o médico plantonista de pronto socorro deve descrever comdetalhes as lesões que o paciente apresenta ao ser examinado inicialmente.PODERA SER A UNICA POSSIBILIDADE DE DETERMINAR O AGENTE CAUSAL SE AVITIMA PERMANECER INTERNADA POR VARIOS DIAS, TEMPO SUFICIENTE PARADESCARACTERIXACAO DAS FERIDAS PELO PROCESSO CICATRICIAL. NAEVENTUALIDADE DE VIR A FALECER NESSE PERIODO, SEU CORPO TERA QUE SEREXAMINADO POR MEDICO-LEGISTA, O QUAL NAO DISPORA DE ELEMENTOS PARADIZER QUE INSTRUMENTO OU MEIO TERIA CAUSADO AS LESOES. EVITAR PORDIAGNOSTICOS, EM PRONTUÁRIO DE PRONTO-SOCORRO.5. Explicar por quê a Medicina Legal deve ser considerada uma especialidademédica.PORQUE HÁ ASPECTOS PECULIARES A DISCIPLINA, E QUE SÓ A ELA DIZEMRESPEITO. EX.: INVESTIGACAO DE PATERNIDADE (DNA), ESTABELECIMENTOAPROXIMADO DA HORA DA MORTE SÓ TEM INTERESSE PARA O LEGISTA,DIAGNOSTICO DA DISTANCIA DE TIRO OU O TIPO DE INSTRUMENTO CAUSADORDE UMA LESAO, A AVALIACAO DA PERICULOSIDADE DE UM DOENTE MENTALCABE AO PSIQUIATRA FORENSE (IMPUTABILIDADE PENAL E CAPACIDADE CIVIL)6.
Conceituar corpo de delito
.CONJUNTO DE ELEMENTOS SENSIVEIS DENUNCIADORES DO FATO CRIMINOSO,QUANDO ESTE PRODUZ ALTERACOES MATERIAIS NO AMBIENTE. EX.; HOMICIDIOE LESAO CORPORAL.7. Conceituar perícia.EXAME DOS ELEMENTOS MATERIAIS, QUANDO FEITO POR TECNICO QUALIFICADO(PERIDO) PARA ATENDER SOLICITACAO DE AUTORIDADE COMPETENTE.8. Conceituar direito positivo.O CONJUNTO DE NORMAS JURIDICAS CONSAGRADAS PELO PODER PUBLICO EMUM DETERMINADO PAIS. ESTA ESCRITO EM LEIS ELABORADAS PELO PODERLEGISLATIVO E SANCIONADAS PELO EXECUTIVO. TEM 2 RAMOS: O OBJETIVO E OPROCESSUAL.OBJETIVO- FORMADO PELA NORMA QUE ESTABELECE A CONDUTA LEGÍTIMA. É ACONDUTA EM SÍ. EX.: DIREITO PENAL, CIVIL, TRABALHISTA, ETC.PROCESSUAL- CONJUNTO DE REGRAS SEGUNDO AS QUAIS O PODER PÚBLICO FAZCUMPRIR AS NORMAS OBJETIVAS. A VIOLAÇAO DELAS REQUER UM PROCESSO. É OMODO DE FAZER.
 
9. Enumerar as partes de um laudo médico-legal e dizer qual é a mais importante epor quê.DIVIDIDA EM 7 PARTES: PREAMBULO, QUESITOS, HISTÓRICO, DESCRICAO,DISCURSSAO, CONCLUSAO E RESPOSTA AOS QUESITOS.A MAIS IMPORTANTE É A DESCRICAO, PORQUE NAO PODE SER REFEITA COM AMESMA RIQUEZA DE DETALHES EM UM EXAME POSTERIOR. O MELHORMOMENTO PARA UMA BOA DESCRICAO É O 1 EXAME.10.
Um indivíduo adulto, portador de hemofilia, foi vítima de colisão de veículos, daqual resultou contusão abdominal com pequena laceração hepática. Foi internado emum hospital de pronto socorro, evoluiu com hemoperitônio de formação lenta emorreu dois dias após em choque hipovolêmico. Como deve ser feita a declaração deóbito neste caso? A quem compete o seu preenchimento? 
A- CHOQUE HIPOVOLEMICOB- HEMOPERITONEOC- RUPTURA DE FÍGADOD- ACAO CONTUNDENTE ABDOMINAL*COMORBIDADE ASSOCIADA: HEMOFILIACOMPETE AO MEDICO LEGISTA O SEU PREENCHIMENTO, POR SE TRATAR DE UMAMORTE COM COMPLICACAO RELACIONADA AO TRAUMA (MORTE VIOLENTA)11. Esclarecer quando a lei obriga o médico a declarar o óbito fetal em casos deinterrupção espontânea da gravidez cujo concepto seja expulso sem vida.A OBRIGATORIEDADE RECAI SOBRE AS PERDAS FETAIS TARDIAS, OU SEJA:- PARA SEPULTAMENTO: >28 SEMANAS, >1000G E >35CM.- PARA DECLARACAO DE ÓBITO: >20 SEMANAS (5 MESES), >500G E/OU ESTATURA>25CM.AS DEMAIS SÃO CONSIDERADAS ABORTO, E O MÉDICO NÃO ESTA OBRIGADO AFAZER A D.O.12. Em uma sociedade ideal, o campo da moralidade deve coincidir com o dalegalidade. Dar dois exemplos de situações concretas em que isto não ocorre.HA SITUACOES EM QUE AS ACOES SAO REALIZADAS DE ACORDO COM A LEI, MASNAO TRADUZEM COMPORTAMENTO ÉTICO. POR EXEMPLO:1) LEGISLADORES VOTAREM AUMENTO DE SEUS PRÓPRIOS SALÁRIOS QUANDO OGOVERNO, POR FALTA DE VERBAS, SE RECUSA A APROVAR AUMENTO PARA OSFUNCIONÁRIOS PUBLICOS.HÁ SITUACOES EM QUE A ACAO É MORALMENTE DIGNIFICANTE, MAS CONTRÁRIAÀ LEI. POR EXEMPLO:

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->