Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Download
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
4Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O PÃO QUE DESCEU DO CÉU

O PÃO QUE DESCEU DO CÉU

Ratings: (0)|Views: 5,192|Likes:
Segundo o Psicólogo chamado Maslow, do grupo do pensamento administrativo chamado “beharioristas”, as nossas necessidades obedecem a uma escala de prioridades. Ele chama isso de hierarquia das necessidades. Isto que dizer que existem aquelas necessidades que vem em primeiro lugar. Só nos preocupamos em satisfazer a próxima da lista quando a anterior estiver satisfeita, e assim por diante.
As primeiras necessidades são chamadas de necessidades básicas, ou de sobrevivência. A primeiríssima delas é a necessidade de alimentção. Se tivermos o que vestir e casa para morar, mas não tivermos alimento, certamente não sobrevivemos. Mas o contrário é possível. Alimentados e sem roupa ou abrigo podemos sobreviver.
Segundo o Psicólogo chamado Maslow, do grupo do pensamento administrativo chamado “beharioristas”, as nossas necessidades obedecem a uma escala de prioridades. Ele chama isso de hierarquia das necessidades. Isto que dizer que existem aquelas necessidades que vem em primeiro lugar. Só nos preocupamos em satisfazer a próxima da lista quando a anterior estiver satisfeita, e assim por diante.
As primeiras necessidades são chamadas de necessidades básicas, ou de sobrevivência. A primeiríssima delas é a necessidade de alimentção. Se tivermos o que vestir e casa para morar, mas não tivermos alimento, certamente não sobrevivemos. Mas o contrário é possível. Alimentados e sem roupa ou abrigo podemos sobreviver.

More info:

Published by: Rev. Alcenir Oliveira, MDiv, MBA, BBA & BPA on Feb 21, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, DOC, TXT or read online from Scribd
See More
See less

12/03/2012

pdf

text

original

 
O PÃO QUE DESCEU DO CÉU
João 6:48-60Rev. Alcenir Oliveira12 de março de 2008Revisão em 29 de março de 2012
 Eu sou o pão da vida.
Todo aquele que come a minha carne e bebe o meu sangue tem avida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Pois a minha carne é verdadeira comida eo meu sangue é verdadeira bebida. Todo aquele que come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele. Da mesma forma como o Pai que vive me enviou e euvivo por causa do Pai, assim aquele que se alimenta de mim viverá por minha causa. Esteé o pão que desceu dos céus. Os antepassados de vocês comeram o maná e morreram, masaquele que se alimenta deste pão viverá para sempre
”.
Segundo o Psicólogo chamado Maslow, do grupo do pensamentoadministrativo chamado
“beharioristas” 
,
as nossas necessidades obedecem a uma escalade prioridades. Ele chama isso de hierarquia das necessidades. Isto que dizer que existemaquelas necessidades que vem em primeiro lugar. Só nos preocupamos em satisfazer a próxima da lista quando a anterior estiver satisfeita, e assim por diante.
As primeiras necessidades são chamadas de necessidades básicas,
ou desobrevivência. A primeiríssima delas é a necessidade de alimentção. Se tivermos o quevestir e casa para morar, mas não tivermos alimento, certamente não sobrevivemos. Mas ocontrário é possível. Alimentados e sem roupa ou abrigo podemos sobreviver.
Estamos vivendo momento de crise. Primeiro foi a pressão do preço dopetróleo e a euforia em busca de alternativas.
Uma das alternativas é usar produtosagrícolas, grãos, para fazer álcool. Isso gerou grandes críticas, porque estava havendo umainversão de valores. Dizem que dentro de não muito tempo a produção de grãos não serásuficiente para alimentar a humanidade.
A segunda crise é a que nasceu com a quebra imobiliária e que se expandiupara a área financeira mundial.
Essa crise afeta mais diretamente a humanidade porque
 
os pobres dependem da saúde econômica dos países para terem emprego. E essa crise podeafetar a produção das empresas em muitos países gerar muito desemprego.
Nós sabemos que o pão, o alimento básico da sobrevivência, depende deemprego.
Falar de pão, de carne, é muito sensível à realidade nossa. Mas era tambémmuito sensível à realidade daquele momento em que Cristo estava pregando para os judeuse seus discípulos em Cafarnaum.
O pão simboliza comida, alimento.
O pão contém basicamente carbohidratos dafarinha de trigo, que é energia para o corpo. Para que nós possamos trabalhar, necessitamosde calorias no nosso organismo. Se não fizermos a reposição de carbohidratos sempre,nosso corpo consume todas as reservas até a gente desfalecer.
O pão ou qualquer que seja o alimento que usamos para nos manter vivos,temos que produzi-lo plantando e colhendo,
ou comprando para nos suprir. O alimentoexige que façamos alguma coisa para consegui-lo.
Quando não podemos plantar e produzir o nosso alimento e o temosdinheiro ou emprego que nos possibilite consegui-lo, estamos em problema.
Uma dascoisas que mais me sensibilizam é o nível de pobreza em que as pessoas passam fome. Esseestado de pobreza é conhecido como miséria. Esse é o estado de maior desespero do ser humano em termos de necessidades.
Jesus diz: “
eu sou o pão da vida
”. Isso parece redundante, pois pão é básicopara sobrevivência.
A diferença é que aquele que comer desse pão e beber dessa fonte jamais terá fome, nem sede, porque é verdadeira comida e verdadeira bebida.
 
Jamais terá fome.
Imagina se houvesse um alimento que nos alimentasse pelomenos por uma semana! Jesus diz que é para sempre. Então a comida passaria a ser apenasuma diversão, um prazer, algo para compartilhar e festejar.
O Pão Espiritual.
Jesus se compara ao maná, mas Ele diz que é um maná quealimenta para a vida eterna.
Os judeus não entenderam
que o alimento a que Jesus está se referindo aqui é oalimento espiritual. Como podemos comer a carne deste homem?
Jesus rebate ainda mais forte
– comer a minha carne e beber o meu sangue. Issoera uma grande afronta para os judeus porque o cerimonial de Levíticos proibia os judeusde comer sangue. Todo animal deveria ter todo o sangue esgotado.
Em Levíticos 7:26-27 diz:
“E nenhum sangue comereis,
quer de aves, quer de gado, em qualquer das vossas habitações. Toda pessoa que comer algum sangue seráextirpada do seu povo”.
Agora Jesus está dizendo “
se não comerdes a carne do Filho do homem, e nãobeberdes o seu sangue,
não tereis vida em vós mesmo
s”. Isto é demais para os judeus, éum pecado descrito por Deus, comer ou beber sangue. No entanto, Jesus diz que isto vainos trazer vida.
Jesus Cristo, nesse estágio do seu ministério,
está se preparando para descer paraJerusalém, pois está aproximando a páscoa. Depois de seu curto ministério em Jerusalém,ele irá celebrar a ceia da páscoa com os discípulos.
O sangue nos sacrifícios do pacto feito por Deus em Moisés
tem um significadomuito grande. O sangue era derramado para perdão dos pecados. Uma vez por ano esse

Activity (4)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Jorge Luis liked this
Tonleo Ton liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->