Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more ➡
Standard view
Full view
of .
Add note
Save to My Library
Sync to mobile
Look up keyword
Like this
62Activity
×
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Polias e Correias(Pi)_1ºs

Polias e Correias(Pi)_1ºs

Ratings:

4.61

(18)
|Views: 55,331|Likes:
Published by trotro

More info:

Published by: trotro on Feb 21, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
See More
See less

07/24/2013

 
TRANSMISSÃO POR POLIAS E CORREIAS
Thalles Rezende de OliveiraRESUMOPolias são elementos mecânicos circulares, com ou sem canais periféricos, acopladas aeixos motores e movidas por máquinas e equipamentos. Para uma polia funcionar énecessário a presença de vínculos chamados correias. Há vários tipos de polias, e, para cadatipo existe uma correia que se acopla perfeitamente a ela. A transmissão de potência noconjunto só se verifica possível em decorrência do atrito existente entre polia e correia.Para se obter este atrito, deve-se montar o conjunto com uma tensão inicial que comprimiráa correia sobre a polia de forma uniforme. Em sua forma mais simples a transmissão por correias é composta por um par de polias, uma motriz (fixada ao eixo do motor) e outraconduzida ou movida, e uma ou mais correias.Palavras – chaves: Transmissão, polias e correias.Trabalho desenvolvido pelo aluno do 1º período de Engenharia Mecânica do UnilesteMG,relativo ao Programa Interdisciplinar – PI – Primeiro Semestre de 2006.Orientação: Prof. Gileno A. Oliveira.
1
 
1 INTRODUÇÃO
O presente trabalho tem como objetivo apresentar as polias e as correias como elementosde transmissão de movimento e potência, suas particularidades, características usos einovações.O conhecimento apurado desse tipo de transmissão, faz-se necessário, pois ele vemganhando cada vez mais espaço na indústria devido à facilidade de manutenção, limpeza e baixo custo.
1.1 Polias
Polias são elementos mecânicos circulares, com ou sem canais periféricos, acopladas aeixos motores e movidas por máquinas e equipamentos. Para uma polia funcionar énecessário a presença de vínculos chamados correias. Quando em funcionamento, polias ecorreias podem transferir ou transformar movimentos de um ponto para outro da máquina.Sempre haverá transferência de força.Os materiais que se empregam para a construção das polias são: ferro fundido (o maisutilizado), aços, ligas leves e materiais sintéticos. A superfície da polia não deve apresentar  porosidade, pois, do contrário, a correia irá se desgastar rapidamente.
1.2 Correias
Correias são elementos de máquinas que tem por função fazer o vínculo entre duas poliase transmitir forca e movimento através do atrito com a polia.Os materiais empregados na fabricação das correias são os seguintes: borracha; couro;materiais fibrosos e sintéticos à base de algodão; viscose; perlon; náilon e materiaiscombinados à base de couro e sintéticos. A grande maioria das correias utilizadas emmáquinas industriais são aquelas constituídas de borracha e revestidas de lona. Essascorreias apresentam cordonéis vulcanizados em seu interior para suportarem as forças detração.
2 PRICIPAIS TIPOS DE POLIAS E CORREIAS
Os tipos de polia são determinados pela forma da superfície na qual a correia se apresenta.
2.1 Polia plana
As polias planas podem apresentar dois formatos na sua superfície de contato. Essasuperfície pode ser plana ou abaulada. A polia plana conserva melhor as correias, e a poliacom superfície abaulada guia melhor as correias, ou seja, mantém a correia centrada. Talcorreia, que é um dos elementos mais antigos usados para transmitir potência de umaárvore para outra, é preferível em muitas transmissões, onde as seguintes características sãovantajosas: baixo custo inicial, flexível (conseqüentemente, absorvente de choques evibrações), adequada para grandes distâncias entre os centros das polias, de longa duração,de funcionamento silencioso, deslizante quando ocorrer sobrecarga (dentro de certa
2
 
intensidade). As transmissões, projetadas de maneira adequada, operam indefinidamentecom uma pequena manutenção, desde que a tensão na correia seja mantida corretamente.
2.2 Polia trapezoidal
A polia trapezoidal (ou polia em ´´V´´) recebe esse nome porque a superfície na qual acorreia se assenta, apresenta a forma de trapézio. Tais polias devem ser providas decanaletes (ou canais) e são dimensionados de acordo com o perfil padrão da correia a ser utilizada.Para funcionarem adequadamente as polias não devem apresentar desgastes nos canais, bordas trincadas, amassadas, oxidadas ou com porosidade, e devem apresentar os canaislivres de graxa, óleo ou tinta e corretamente dimensionados para receber as correias.Podem ser citados como vantagens da transmissão com correias e polias em ´´V´´ o baixocusto de manutenção, o funcionamento que é com baixa tensão(não trazendo sobrecargaaos mancais), a fácil instalação, a alta resistência à tração e flexão, e o fato de não patinarem facilmente.
2.3 Polia redonda
A polia redonda também pode ser chamada de polia para correias redondas ou polias paracabo de aço, isso porque o elemento que faz o vínculo entre as duas polias pode ser tantouma correia quanto um cabo de aço. É bastante comum o seu uso na indústria em pontesrolantes.
2.4 Polia dentada
 Outro tipo de polia utilizada é a polia dentada, para casos em que não se pode ter nenhumdeslizamento, como no comando de válvulas de um automóvel.
Figura 1
: Correia sincronizada e respectiva polia. Fonte: Apostila de Elementos deMáquinas do Tele Curso 2000.
3

Activity (62)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Aleka Fabio liked this
Priscilla Silva liked this
Vitor Bueno liked this
Sidney Lins liked this
dguia liked this
Luana S. Santos liked this
Mirão Reis liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->