Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Proc_04066_11_0406611_fundo_munic_apoio_peq_negocios.doc.pdf

Proc_04066_11_0406611_fundo_munic_apoio_peq_negocios.doc.pdf

Ratings: (0)|Views: 1|Likes:

More info:

Published by: Tribunal de Contas do Estado da Paraíba on Feb 27, 2013
Copyright:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

02/27/2013

pdf

text

original

 
 
NCB
Proc. 04066/11 - FUNDO EMPREENDER - PCA 2010
1
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADOPROCESSO TC 04066/11
Prestação de Contas do Fundo Municipal de Apoio aosPequenos Negócios – EMPREENDER JP – Exercíciofinanceiro de 2010. Julga-se REGULAR.
ACÓRDÃO AC1 TC Nº 00320/13
RELATÓRIO
O Processo em pauta trata da Prestação de Contas do Fundo Municipalde Apoio aos Pequenos Negócios – EMPREENDER JP, relativa ao exercíciofinanceiro de 2010, de responsabilidade do Sr. Raimundo Nunes Pereira, e tendocomo contador responsável o Sr. Hugo André Figueiredo Gondim.O Fundo Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios – EMPREENDERJP foi instituído com a Lei nº 10.431, de 11 de abril de 2005 e regulamentado peloDecreto nº 5.294, de 11 de abril de 2005. O Fundo é de caráter permanente, comorçamento, autonomia financeira e contabilidade própria, estando vinculado aSecretaria de Desenvolvimento Sustentável da Produção – SEDESP, tendo comoobjetivo e finalidade a promoção da inclusão social e do desenvolvimentosustentável através de programas especiais de capacitação empreendedora efinanciamento, visando aumentar a geração e ampliação de oportunidades deocupação, trabalho e renda, com elevação da qualidade de vida da populaçãomenos assistida do Município.Os recursos do Fundo Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios –EMPREENDER JP são definidos conforme o art. 4º da Lei nº 10.431/2005, a saber:I – O produto resultante de 1,5% (hum vírgula cinco por cento) sobre todos osvalores de pagamentos realizados pelo Município de João Pessoa, relativos aofornecimento de bens, serviços e contratação de obras, creditados automaticamenteao FUNDO MUNICIPAL DE APOIO AOS PEQUENOS NEGÓCIOS;II – VETADOIII – As transferências de agências e fundos de desenvolvimento, nacionais einternacionais, a título de contribuição, subvenção ou doação, além de outrasformas de transferências a fundo perdido;IV – Os valores decorrentes da remuneração do Fundo pelos financiamentosconcedidos pelo agente financeiro e os rendimentos resultantes de aplicaçõesfinanceiras dos recursos não comprometidos;V – Doações de pessoas físicas e jurídicas, entidades públicas e privadas quedesejem participar de programas de redução das disparidades sociais de renda, noâmbito do município de João Pessoa;VI – Juros e quaisquer outros rendimentos eventuais;VII – Amortizações de empréstimos concedidos.
 
 
NCB
Proc. 04066/11 - FUNDO EMPREENDER - PCA 2010
2
Com base na documentação contida na Prestação de Contas, a Auditoriadesta Corte elaborou Relatório Preliminar, no qual constam, em síntese, asseguintes observações:1. A PCA foi encaminhada ao TCE no prazo legal;2. O Fundo apresentou uma receita arrecadada de R$ 4.502.851,52,correspondente a 59,95% da receita estimada, sendo 100% proveniente deReceita Corrente;3. Da receita total, 93,13% corresponde a recursos transferidos da PrefeituraMunicipal de João Pessoa;4. As despesas atingiram o montante de R$ 631.361,37, sendo a despesa maisrelevante a de Natureza Outras Despesas Correntes (R$ 615.789,27) quecorresponde a 97,53 % do total da despesa. As despesas classificadas noselementos de despesa Outros Serviços de Terceiros – Pessoa Física e OutrosServiços de Terceiros – Pessoa Jurídica somaram, respectivamente, R$240.617,00 e R$ 344.276,46, representando 38,11 % e 54,53 % da despesatotal;5. O orçamento do órgão para o exercício de 2010 estimou receita no valor deR$ 8.261.800,00 e fixou despesa no montante de R$ 961.800,00. O resultadoda execução orçamentária, no exercício de 2010, foi superavitário, tendo emvista a supremacia das receitas sobre as despesas;6. Foram abertos Créditos Adicionais Suplementares, no valor de R$ 279.000,00,tendo como fonte de recursos a anulação de dotações;7. O Fundo mobilizou recursos no montante de R$ 12.693.604,07, sendo 35,46%provenientes da Receita Orçamentária; 19,42% das Receitas Extra-orçamentárias e 45,12% remetem-se ao Saldo do Exercício Anterior;8. O Balanço Financeiro apresentou um Saldo para o Exercício Seguinte de R$6.745.347,04, sendo R$ 631.361,37 de Despesas Orçamentárias na Função“Trabalho”, e R$ 5.316.895,66 de Despesas Extra-Orçamentárias, sendo98,76% correspondente a “Outras Operações”, R$ 5.247.405,00 relativos aosempréstimos concedidos (Doc. 02854/12 e Doc. 02842/12); R$ 34,58referentes a “Diversos Responsáveis” (Doc. 02844/12) e R$ 3.752,81 relativosa aplicação da alíquota de 1,5% sobre as compras/serviços doEMPREENDER – (Doc. 02848/12);9. O Balanço Patrimonial apresentou um Saldo Patrimonial (Ativo Real Líquido)de R$ 17.204.074,63;10. Em 31 de dezembro de 2010, foram inscritos R$ 105.880,25 em Restos aPagar, e foram cancelados R$ 6.512,00, referentes aos Restos a Pagar de2009;11. Não houve registro de denúncias no exercício em análise;12. Foi realizada inspeção
in loco; 
 O Órgão Técnico desta Corte, em seu Relatório Inicial, apontou algumasirregularidades que motivou a citação dos Sr. Raimundo Nunes Pereira e docontador responsável o Sr. Hugo André Figueiredo Gondim, para apresentação deesclarecimentos junto a esta Corte de Contas. Após a análise da defesaapresentada, a Auditoria emitiu Relatório de Análise de Defesa no qual concluiu queremanesceram as seguintes eivas:
 
 
NCB
Proc. 04066/11 - FUNDO EMPREENDER - PCA 2010
3
1. Despesa realizada, no valor de R$ 89.966,63, sem amparo contratual,tendo em vista que o Contrato nº 002/2010 possui falhas graves que prejudicaram afiscalização de sua execução (item 2.0).2. Despesa indevidamente empenhada, no valor de R$ 1.935,00 – valorempenhado superior ao contratado (item 3.0).3. Prática constante de aditamentos de Contratos para serviços desegurança privada e para locação de veículos (item 4.0).4. Despesa indevidamente empenhada, no valor de R$ 16.000,00 – valorempenhado superior ao contratado (item 6.0).5. Não apresentação do Convênio celebrado com a Federação dasAssociações Comerciais e Empresariais da Paraíba – FACE/PB (item 7.0).6. Não observância da Lei Federal nº 11.788/2008, que estabelecenormas sobre estágio de estudantes (item 8.0).Os autos tramitaram pelo Ministério Público junto ao Tribunal de Contasque, em Parecer da lavra do Procurador Marcílio Toscano Franca Filho, opinou pela:1. REGULARIDADE COM RESSALVAS da prestação de contas doFundo Municipal de Apoio aos Pequenos Negócios – EMPREENDER JP, oraexaminada, relativa ao exercício de 2010.2. APLICAÇÃO DE MULTA ao Sr. Raimundo Nunes Pereira, com fulcrono artigo 56 da LOTCE.3. RECOMENDAÇÃO à gestão do Fundo Municipal de Apoio aosPequenos Negócios – EMPREENDER JP no sentido de evitar a reincidência dasmaculas constatadas na presente prestação de contas, em exercícios futuros.É o Relatório.
VOTO DO RELATOR
Conclusos os autos, remanesceram algumas impropriedades que nãotêm
per si 
o condão de macular as presentes contas, posto que refletem mais a faltade controle e planejamento, consubstanciados na inobservância de formalidadeslegais exigidas para fiel cumprimento das diretrizes estabelecidas, do quepropriamente descaso ou má-fé na administração dos recursos públicos do queTendo em vista que não foram apontadas pela auditoria quaisquer irregularidadesou atos de gestão que comprometessem a lisura da presente Prestação de Contas,este Relator
vota
pela
Regularidade
da Prestação de Contas do Fundo Municipalde Apoio aos Pequenos Negócios – EMPREENDER JP, relativa ao exercíciofinanceiro de 2010, de responsabilidade do Sr. Raimundo Nunes Pereira, naqualidade de Gestor do Órgão.É o voto.
DECISÃO DO TRIBUNAL
Vistos, relatados e discutidos os autos do Processo TC nº 04066/11,referente à Prestação de Contas Anuais do Fundo Municipal de Apoio aos

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->