Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
02794_12_Decisao_jcampelo_APL-TC.pdf

02794_12_Decisao_jcampelo_APL-TC.pdf

Ratings: (0)|Views: 0 |Likes:

More info:

Published by: Tribunal de Contas do Estado da Paraíba on Mar 05, 2013
Copyright:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/05/2013

pdf

text

original

 
 
TRIBUNAL DE CONTAS DA PARAÍBATribunal PlenoPROCESSO TC Nº 02794/12
JGC Fl. 1/2 
 
Jurisdicionado:
Câmara Municipal de São Domingos do Cariri
Objeto:
Prestação de Contas, exercício de 2011
Gestor:
Gercino Joaquim de Andrade (Presidente)
Relator:
Auditor Antônio Cláudio Silva SantosEMENTA: PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL – PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAIS PRESIDENTE DE CÂMARA DE VEREADORES ORDENADOR DEDESPESAS – CONTAS DE GESTÃO – APRECIAÇÃO DA MATÉRIA PARA FINSDE JULGAMENTO – ATRIBUIÇÃO DEFINIDA NO ART. 71, INCISO II, DACONSTITUIÇÃO DO ESTADO DA PARAÍBA, E NO ART. 1º, INCISO I, DA LEICOMPLEMENTAR ESTADUAL Nº 18/93 – AUSÊNCIA DE EIVAS -REGULARIDADE DA PRESTAÇÃO DE CONTAS.
 ACÓRDÃO APL TC 85/2013
RELATÓRIO
 Analisa-se a prestação de contas da Mesa da Câmara Municipal de São Domingos do Cariri, relativa aoexercício financeiro de 2011, tendo como responsável o Presidente Gercino Joaquim de Andrade. Após a análise da prestação de contas, a Auditoria elaborou o relatório inicial, anotando asobservações a seguir resumidas:1.
 
 A prestação de contas foi encaminhada ao TCE em conformidade com a Resolução RN TC03/10;2.
 
O Orçamento, Lei nº 12/2010, estimou as transferências e fixou a despesa em R$341.970,00;3.
 
 As transferências recebidas somaram R$ 341.964,00 e a despesa orçamentária atingiu R$327.287,20, gerando um superávit de R$ 14.676,80;4.
 
Não há registro de despesa sem o devido processo licitatório;5.
 
 A despesa total do Poder Legislativo atingiu valor equivalente a 5,97% da receita tributáriae transferida em 2010, cumprindo o comando do art. 29-A da Constituição Federal;6.
 
 A despesa com folha de pagamento correspondeu a 68,65% das transferências recebidas,cumprindo o limite de 70% disposto no art. 29-A, § 1º, da Constituição Federal;7.
 
O Balanço Financeiro não apresenta saldo para o exercício subsequente;8.
 
 A receita extraorçamentária atingiu R$ 44.114,99, registrada em “Consignações - INSS” (R$ 21.705,20), “Consignações - ISS” (R$ 269,50), “Consignações – IR” (R$ 1.466,10), “Consignações - Outras” (R$ 20.176,49) e “Salário Família” (R$ 497,70), e a despesaextraorçamentária alcançou R$ 43.843,36, apropriada em “Consignações - INSS” (R$21.705,20), “Consignações – ISS” (R$ 270,00), “Consignações - IR” (R$ 1.466,10), “Consignações - Outras” (R$ 19.904,36) e “Salário-Família” (R$ 497,70);9.
 
Regularidade nos subsídios pagos aos Vereadores e ao Presidente da Câmara;
 
 
TRIBUNAL DE CONTAS DA PARAÍBATribunal PlenoPROCESSO TC Nº 02794/12
JGC Fl. 2/2 
 
10.
 
 A despesa com pessoal somou importância correspondente a 3,41% da receita correntelíquida, cumprindo o comando do art. 20 da Lei de Responsabilidade Fiscal;11.
 
Não há registro de saldo a pagar de despesas com pessoal;12.
 
Os Relatórios de Gestão Fiscal - RGF foram devidamente publicados e encaminhados aoTribunal dentro do prazo estabelecido;13.
 
Não há registro de denúncia relacionada ao exercício em análise; e14.
 
 Ao final, destacou que não foram verificadas quaisquer irregularidades na prestação decontas. Ante a falta de quaisquer restrições, o Relator não encaminhou o processo para pronunciamentoescrito do Ministério Público de Contas e nem determinou a intimação da autoridade responsável paraesta sessão de julgamento.Na sessão de julgamento, o Ministério Público de Contas pugnou pela regularidade das contas emapreço.É o relatório.
 VOTO DO RELATOR 
 Ante a ausência de irregularidades no presente processo, o Relator vota pela regularidade das contasem exame.
DECISÃO DO TRIBUNAL
 Vistos, relatados e discutidos os autos da prestação de contas anuais da Mesa da Câmara Municipal deSão Domingos do Cariri, relativa ao exercício financeiro de 2011, tendo como responsável o PresidenteGercino Joaquim de Andrade, ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba,com fundamento no art. 71, inciso II, da Constituição do Estado da Paraíba, e no art. 1º, inciso I, daLei Complementar Estadual nº 18/93, na sessão plenária hoje realizada, por unanimidade de votos,com declaração de impedimento do Conselheiro Fábio Túlio Filgueiras Nogueira, acatando a propostade decisão Relator em JULGAR REGULAR a prestação de contas mencionada.Publique-se e cumpra-se.TC – Plenário Min. João Agripino.João Pessoa, 27 de fevereiro de 2013.

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->