Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
02129_08_Decisao_cbarbosa_APL-TC.pdf

02129_08_Decisao_cbarbosa_APL-TC.pdf

Ratings: (0)|Views: 0|Likes:

More info:

Published by: Tribunal de Contas do Estado da Paraíba on Mar 07, 2013
Copyright:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/07/2013

pdf

text

original

 
 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC N.º 02129/08
Objeto: Recursos de ApelaçãoRelator: Auditor Renato Sérgio Santiago MeloImpetrantes: Rosália de Cássia Batista Barbosa e outraProcurador: José Virgolino JúniorEMENTA: PODER EXECUTIVO MUNICIPAL – ADMINISTRAÇÃODIRETA – PRESTAÇÃO DE CONTAS ANUAIS – GESTORAS DE FUNDOESPECIAL – ORDENADORAS DE DESPESAS – IRREGULARIDADE –IMPUTAÇÕES DE DÉBITOS E IMPOSIÇÕES DE PENALIDADES –FIXAÇÕES DE PRAZOS PARA RECOLHIMENTOS –RECOMENDAÇÕES – REPRESENTAÇÃO – INTERPOSIÇÃO DERECURSO DE APELAÇÃO – REMÉDIO JURÍDICO ESTABELECIDO NO ART. 31, INCISO I, C/C O ART. 32, AMBOS DA LEI COMPLEMENTAR ESTADUAL N.º 18/1993 – Elementos probatórios capazes de elidirapenas duas máculas constatadas e de reduzir as imputações dedébitos – Subsistência das demais eivas. Conhecimento e provimentoparcial do recurso. Remessa dos autos à Corregedoria da Corte. ACÓRDÃO APL – TC – 00093/13 Vistos, relatados e discutidos os autos dos
RECURSOS DE APELAÇÃO 
interpostos pelasex-gestoras do Fundo Municipal de Assistência Social de Santa Rita/PB, Sras. Rosália deCássia Batista Barbosa e Maria Gorett Rolim da Silva, em face da decisão da 1ª Câmaradesta Corte, consubstanciada no
 ACÓRDÃO AC1 – TC – 0473/2012 
, de 09 de fevereiro 2012,publicado no Diário Oficial Eletrônico do TCE/PB de 22 de fevereiro do mesmo ano, acordam,por unanimidade, os Conselheiros integrantes do
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DA PARAÍBA 
, em sessão plenária realizada nesta data, com as ausências justificadas dosConselheiros Arnóbio Alves Viana, Fernando Rodrigues Catão e Arthur Paredes Cunha Lima,a declaração de impedimento do Conselheiro André Carlo Torres Pontes e as convocaçõesdos Conselheiros Substitutos Antônio Cláudio Silva Santos e Antônio Gomes Vieira Filho, naconformidade da proposta de decisão do relator a seguir, em:1)
TOMAR 
conhecimento dos recursos, diante da legitimidade das recorrentes e datempestividade de suas apresentações, e, no mérito,
DAR-LHES PROVIMENTO PARCIAL 
,apenas para eliminar o valor de R$ 52.127,85 imputado à Sra. Rosália de Cássia BatistaBarbosa, concernente a despesas sem comprovação documental em favor da empresa LÁPIS& LAÇO PAPELARIA LTDA., bem como para reduzir o montante imputado à Sra. Maria GorettRolim da Silva de R$ 306.497,82 para R$ 109.548,37, sendo R$ 82.852,05 relativos àtransferências realizadas para a ASSOCIAÇÃO VIDAL DE NEGREIROS e R$ 26.696,32atinentes aos repasses efetuados para a ASSOCIAÇÃO DOS PAIS E AMIGOS DOSEXCEPCIONAIS – APAE, ambos sem a devida prestação de contas.2)
REMETER 
os presentes autos à Corregedoria deste Sinédrio de Contas para asprovidências que se fizerem necessárias.
 
 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC N.º 02129/08
Presente ao julgamento o Ministério Público junto ao Tribunal de ContasPublique-se, registre-se e intime-se.
TCE – Plenário Ministro João Agripino
João Pessoa, 27 de fevereiro de 2013
Conselheiro Fábio Túlio Filgueiras Nogueira
Presidente
 Auditor Renato Sérgio Santiago Melo
Relator
Presente:
 
Representante do Ministério Público Especial
 
 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC N.º 02129/08
RELATÓRIO AUDITOR RENATO SÉRGIO SANTIAGO MELO (Relator): A 1ª Câmara desta Corte, em sessãoordinária realizada no dia 09 de fevereiro de 2012, mediante o
 ACÓRDÃO AC1 TC n.º 0473/2012 
, fls. 1.244/1.253, publicado no Diário Oficial Eletrônico do TCE/PB de 22 defevereiro do mesmo ano, fls. 1.254/1.255, ao analisar as contas do exercício financeiro de2007 das ex-gestoras do Fundo Municipal de Assistência Social de Santa Rita/PB, Sra. Rosáliade Cássia Batista Barbosa (período de 01 de janeiro a 07 de outubro) e Sra. Maria GorettRolim da Silva (intervalo de 08 de outubro a 31 de dezembro), decidiu: a) julgar irregularesas referidas contas; b) imputar débitos de 52.127,85 a Sra. Rosália de Cássia BatistaBarbosa, concernente a despesas sem comprovação, bem como de R$ 306.497,82 aSra. Maria Gorett Rolim da Silva, sendo R$ 34.713,50 atinentes a dispêndios nãodemonstrados, R$ 245.088,00 relativos às transferências realizadas para a ASSOCIAÇÃO VIDAL DE NEGREIROS e R$ 26.696,32 respeitantes aos repasses efetuados para a ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS APAE, estes dois últimos sem adevida prestação de contas; c) fixar prazo de 60 (sessenta) dias para recolhimento;d) aplicar multas individuais às responsáveis na quantia de R$ 2.805,10; e) conceder lapsotemporal de 30 (trinta) dias para pagamento; f) fazer recomendações à nova gestão dofundo; e g) remeter cópia dos autos ao Ministério Público Comum para análise dos indíciosde cometimento de atos de improbidade administrativa. A supracitada decisão teve como base as seguintes máculas remanescentes. No período deresponsabilidade da Sra. Rosália de Cássia Batista Barbosa: a) realização de despesas semlicitação no montante de R$ 52.170,00; b) fracionamento de despesas com locação deveículos no total de R$ 178.720,00; c) carência de empenhamento e pagamento deobrigações patronais devidas ao Instituto Nacional do Seguro Social – INSS na importânciade R$ 105.533,40; d) implementação de procedimentos licitatórios com irregularidades; ee) realização de dispêndios sem comprovação no montante de R$ 52.127,85. No intervalo degestão da Sra. Maria Gorett Rolim da Silva: a) utilização de créditos adicionais sem fonte derecursos na quantia de R$ 32.026,00; b) déficit na execução orçamentária no valor deR$ 125.879,45; c) divergência entre os registros das receitas e despesas extraorçamentáriascontabilizadas no BALANÇO FINANCEIRO e os informados nos Sistema de Acompanhamentoda Gestão dos Recursos da Sociedade – SAGRES; d) realização de dispêndios sem licitaçãono montante de R$ 76.310,00; e) fracionamento de despesas com locação de veículos nototal de R$ 63.010,00; f) apropriação indébita de valores retidos a título de consignações nasoma de R$ 20.158,86; g) falta de empenhamento e pagamento de obrigações patronaisdevidas ao INSS na importância de R$ 34.895,70; h) carência de pagamento do décimoterceiro salário aos funcionários contratados; i) implementação do Convite n.º 335/2007 comirregularidades; j) realização de gastos não demonstrados na importância de R$ 34.713,50;k) ausência de prestação de contas de entidades beneficiadas com subvenções sociais,sendo R$ 245.088,00 transferidos à ASSOCIAÇÃO VIDAL DE NEGREIROS e R$ 26.696,32 à ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS APAE; e l) não apresentação aoTribunal de documentos solicitados.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->