Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
231Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Resenha CrÍtica - Procedimentos e Exemplo - Si e Mat - i Período Unidesc

Resenha CrÍtica - Procedimentos e Exemplo - Si e Mat - i Período Unidesc

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 66,488 |Likes:
Published by logkgdf
nº10
nº10

More info:

Published by: logkgdf on Mar 03, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/21/2013

pdf

text

original

 
UNIDESC – AULA DO DIA 05/03/2009Curso: Matemática e Sistema de InformaçãoDisciplina: Leitura, Interpretação e Produção TextualTurma: I PeríodoProfessora: Nívia Maria A. CostaATIVIDADE INDIVIDUAL do dia 14/03/2009 para entregar dia 19/03.
Adquirir, na Xerox, a seguinte apostila (p. 64-82): “Parte III – Técnicasde Expressão Escrita”. Referência bibliográfica: ANDRADE, MariaMargarida, HENRIQUES, Antonio.
Língua Portuguesa: noções básicas para cursos superiores. 5. Ed. São Paulo: Atlas, 1996 
; E FAZER UMARESENHA CRÍTICA PARA SER ENTREGUE DIA 19/03 (quinta-feira).
1o. ITEM) REQUISITOS BÁSICOS PARA UM RESENHISTA ou CRÍTICO:
Em Metodologia Científica, o resenhista ou crítico é um cientista do conhecimento; não éum palpiteiro, opinador. Tradicionalmente, são pré-requisitos para um resenhista ou crítico:a) profundo conhecimento da obra que se pretende resenhar ou criticar (uma, duas ou dezleituras minuciosas da obra sob análise, às vezes, o francamente insuficientes); b) profundo conhecimento do tema a que se refere a obra sob atenção (o tema ou assunto daobra deve ser conhecido, sob todos ou o máximo de pontos de vista e escolas de pensamento possíveis);c) competência da matéria sobre a qual se sustenta a obra;d) capacidade para formar, reconhecer, identificar conceitos de valor;e) maturidade para exercer a atividade (essa maturidade tanto é emocional quantointelectual e profissional);f) correção e urbanidade (a correção envolve, inclusive conhecimento da língua materna oude outras línguas que facilitem conversar e escrever; urbanidade opõe-se à agressividade,inclusive verbal ou escrita);g) fidelidade ao pensamento do autor (resenhista ou crítico não emite juízo de valor sobre aobra; o que interessa é o pensamento do autor e não o pensamento do resenhista ou crítico);h) humildade (significa saber o que se sabe e saber o que não se sabe). 
2o. ITEM) ESTRUTURA DE UMA RESENHA CRÍTICA:
- Referência bibliográfica utilizada pelo autor da obra sob análise crítica;- credenciais do autor (da obra): quem é, nacionalidade, formação, titulação, publicações,sua relevância no campo científico, quando, porque e onde foi efetuado o estudo a que serefere a obra);-resumo da obra: o resumo deve conter as idéias centrais da obra em estudo (há diferençasentre idéias acessórias, idéias principais e idéias centrais); um resumo não contém o que o1
 
resenhista ou crítico ACHA ser importante. Ao contrário, dá informações sobre: de que tratao texto, o que explana, exige algum conhecimento prévio para o entendimento, possuialguma característica especial, como foi abordado o assunto;- conclusão do autor da obra: o resenhista ou crítico relata quais são as conclusões a que oautor da obra chega, aonde estão colocadas tais conclusões e quais são as mesmas;- referência do autor: mencionar a teoria ou pressupostos teóricos usados como apoio peloautor da obra;- metodologia da autoria da obra: identificar qual ou quais os métodos (instrumentos de pensamento) de que se serve o autor da obra sob análise; identificar quais as técnicas de pesquisa utilizadas pelo autor, dentro do método anteriormente identificado;- crítica ou apreciação do resenhista ou crítico: julgar a obra quanto a sua contribuição nocampo do conhecimento, originalidade de idéias, quanto às Escolas-Correntes-Tendênciascientíficas-filosóficas-culturais, quanto às circunstâncias culturais-sociais-econômicas-históricas... em que a obra foi escrita, qual é o estilo do autor (conciso, objetivo, simples,idealista, realista....);-mérito da obra: qual é a contribuição dada pela obra, as idéias são verdadeiras, originaiS,criativas; qual a contribuição ao conhecimento (apresenta conhecimentos novos, amplos,restritos, abordagem vigente, abordagem diferente?);- estilo: o autor é conciso, simples, claro, preciso, coerente, sua linguagem é ou não corretasegundo a língua em questão;- Forma: qual é a lógica sistematizadora da obra, sua originalidade, seu equilíbrio nadisposição e na explicitação das partes;- Indicação do resenhista: a que público a obra se dirige (geral, de especialistas, estudantes, pode ser adotado em algum curso ou disciplina).
ELEMENTOS DA RESENHA CRÍTICA
DESCRIÇÃO DOS ELEMENTOS DE UMA RESENHA CRÍTICANome:_____________________________________________ Curso: ________________ Data: ___/___/_______ Disciplina: ____________ Professora: ____________ 1 REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA
(SEGUIR AS NORMAS DAABNT)2
 
Fazer a referência bibliográfica completa da obra resenhada deacordo com o manual da faculdade; é recomendável, no caso deresenhas, colocar aqui somente a refencia da obra que foianalisada.
2 APRESENTAÇÃO DO/A AUTOR/A DA OBRA
Apresenta-se um autor falando dos principais fatos relacionadosà sua vida: local e ocasião de nascimento, formação acadêmica,pessoas que exerceram influência teórica sobre sua obra, fatos queteriam marcado sua vida e, conseqüentemente, sua forma de pensar.
3 PERSPECTIVA TEÓRICA DA OBRA
Toda obra escrita pertence a uma determinada perspectivateórica; é muito importante saber a que tradão/escola teóricapertence o/a autor/a da obra que se esanalisando, pois issopermite compreender a forma como está organizada, bem como alógica da argumentação utilizada; quando se reconhece a perspectivateórica do/a autor/a, sabe-se o que se pode esperar da obra que seráanalisada.
4 BREVE SÍNTESE DA OBRA
Antes de começar a análise de uma obra, é muito importanteprocurar ter uma vio panomica desta; isto pode ajudar avisualizar o começo, o meio e o fim da obra, permitindo saber deonde parte e para aonde vai o/ autor/a na sua argumentação; estaparte da resenha (somente esta!) pode ser feita na forma de umesquema.
5 PRINCIPAIS TESES DESENVOLVIDAS NA OBRA
Depois de tudo preparado se pode analisar o conteúdo da obrade forma propriamente dita; o objetivo é traçar as principais tesesdo/a autor/a e não resumir a sua obra (resenha não é resumo!); é
3

Activity (231)

You've already reviewed this. Edit your review.
Igor Parente added this note
.......
1 hundred reads
1 thousand reads
1 hundred thousand reads
Kellen Lustosa liked this
Maysa Parente liked this
Evanilza Adorno liked this
Evanilza Adorno liked this
Evanilza Adorno liked this
Luciano Ferreira liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->