Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
PDM

PDM

Ratings: (0)|Views: 3|Likes:
Published by TaniaARSilva

More info:

Published by: TaniaARSilva on Mar 13, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/15/2014

pdf

text

original

 
 
Foi elaborada uma carta de conflitos, que teve como objectivo a inventariação de todos osaspectos, que no âmbito da elaboração das propostas de ordenamento da área de intervenção doPOOC contemplem as seguintes situações:· Alterações introduzidas pelo POOC às classes de espaços preconizadas nos PDM.· Sobreposição de espaços preconizados nos PDM como Espaços Urbanos, Urbanizáveis,Urbano-Urbanizáveis, Turísticos e de Equipamento, com o Domínio Público Marítimo.Elencam-se assim as áreas que mereceram um trabalho mais cuidado no contexto da área deintervenção, correspondendo a disfunções territoriais que podem constituir conflito com os
Planos em vigor. Este elenco vai de encontro ao apresentado nos capítulos das “Áreas
-Proble
ma” e“Áreas Críticas” dos Estudos de Base, sendo em certos casos integradas nas UOPG´s propostas.
 Estas áreas têm representação gráfica em carta própria, que acompanha o presente relatório eque esteve na origem do estabelecimento de medidas preventivas, entretanto publicadas.
Área de Conflito 1
Pedregal
 
Espaço Urbano no PDM de Sintra, proposto pelo POOC para Área de Protecção. O PNSC propõeesta área como Espaço Prioritário para a Conservação da Natureza, de Protecção Parcial e Total.Área próxima da arriba e com domínio na paisagem circundante, ocupada em cerca de 10%. Seráassim observado o disposto no DL 309/93, nomeadamente no anexo II. Foi considerado um recuode acordo com a Faixa de Risco identificada, relacionada com edificações, vias, estacionamento edemais infraestruturas, nomeadamente as inseridas em Domínio Hídrico ou com uma proximidadetal à arriba que a instabilidade da mesma possa constituir uma séria ameaça, bem como aafectação de uma área urbanizável no PDM de Sintra, onde foi assinalada a existência de Sítiosda Rede Natura, ao Espaço Natural. O POOC propõe UOPG. Propõe-se a adopção de medidaspreventivas naA faixa de risco e de protecção nas áreas previstas em PDM como EspaçoUrbanizávelUrbano encontra-se sujeita a medidas preventivas ao abrigo da Resolução deConselho de Ministros nº 56/2002, de 13 de Março.
Área de Conflito 2
Azenhas do Mar/Praia das Maçãs
 
Espaços Urbanizáveis Urbanos no PDM de Sintra, entre a Estrada Marginal e a falésia, entre asAzenhas do Mar e a Praia das Maçãs, são classificados pelo POOC como Áreas de Enquadramento,inseridas no Espaço Natural.
Área de Conflito 3
Pego
 
Espaços de “Áreas Preferenciais para Turismo e Recreio” no PDM de Sintra são propostos pelo
POOC para a Áreas Áreas de enquadramento Enquadramento, integrando o Espaço Natural.Entende-se que a área turística do Pego deverá ser equacionada no âmbito da revisão do Plano deOrdenamento do Parque Natural de Sintra-Cascais, considerando que em termos de ordenamentoda orla costeira não se justifica a manutenção destas pequenas bolsas e que a sua retirada nãoinviabilizará a área turística, caso futuramente se decida da sua manutenção na área do PNSCexterior à área de intervenção do POOC.
Área de Conflito 4
Guia
 
Uma Área de Desenvolvimento Singular no PDM de Cascais que, pelo grau de consolidação que
 
apresenta, justifica incluir nas Áreas Urbanizadas e de Urbanização Programada. A CâmaraMunicipal de Cascais subscreve esta proposta
.
Área de Conflito 5
Zona da Praça de Touros
 
Sendo uma Área de Equipamento no PDM de Cascais, esta área, pelo desenvolvimento da cidade ea pedidode acordo com solicitação da Câmara Municipal de Cascais, passa a integrar as ÁreasUrbanizadas e de Urbanização Programada. Justifica-se pelo carácter algo obsoleto doequipamento existente, bem como pela necessidade de permitir alguma construção que viabilize amodernização da área remanescente. NãoApenas se constitui como um conflito de ordenamentona medida em que implica a revisão do PDM para aquela área., de qualquer das formas, um conflitode ordenamento no sentido habitual, na medida em que há interesse na solução por parte da CMCascais.
 
Área de Conflito 6
Cidadela de Cascais
 
Não sendo exactamente um conflito de ordenamento, mas antes um acerto com as Classes deEspaço do POOC, um Espaço Cultural e Natural de nível 2 do PDM de Cascais é proposto peloPOOC como Espaço Área de para Equipamento.
 
Área de Conflito 5 7 - Zona de S. João/Santo António, Caparica
 
Áreas classificadas como turísticas no PDM de Almada, propostas pelo POOC como EspaçosNaturaisÁreas de Enquadramento, de forma a preservar as áreas de antepraia, em terrenos depatrimónio do estado. Pretende-se assegurar a descontinuidade urbana neste troço da orlacosteira, com a manutenção de um espaço natural que funcionará como área de descompressão ealternativa à já muito pressionada e reduzida Mata de Santo António. Desta forma, propõe-se atransformação dos Espaços Turísticos do PDM, a Norte dos Parques de Campismo e Instalaçõesdo INATEL, área maioritariamente integrada na REN, em Espaços NaturaisÁreas deEnquadramento. Estas áreas, há excepção das integradas em REN, encontram-se sujeitas amedidas preventivas ao abrigo da Resolução de Conselho de Ministros nº 56/2002, de 13 deMarço,Propõe-se Medidas Preventivas nas áreas não abrangidas pela REN. O POOC propõe aindauma UOPG.
 
Área de Conflito 6 8
Zona dos Parques de Campismo a Sul da Costa da Caparica
 
Parques de Campismo a Sul da Costa da Caparica. Áreas existentes e previstas pelo PDM paraampliação turística, . O POOC propõe a classificação como Àreas de Enquadramento de uma faixade sistemas dunares, correspondendo a um recuo do Espaço Turístico proposto no PDM.sãoafastados da frente da duna primária e interrompidos longitudinalmente por corredores verdes.Obtém-se assim uma penetração pelaos Espaços NaturaisÁreas de Protecção. SãoSão ainda relevantes a norte ndesta área as questões que se prendem com a desqualificação doextremo Sul do aglomerado da Costa da Caparica, nomeadamente o bairro dos pescadores. Aqualificação desta área urbana deverá ser interligada com as intervenções a realizar no âmbito dazona turística.O POOC põe em causa toda a mancha prevista no PDM de Almada, a Sul dos actuais Parques deCampismo, para Espaço Turístico, classificando-a como Espaço Natural de ProtecçãoÁrea deProtecção.EnquadramentoO POOC propõe para estas áreas o desenvolvimento de UOPG as quais sque se deverão regerpelos Planos de Pormenor integrados na zona de intervenção do Programa Polis da Costa da
 
Caparica . Nesta área deve ainda ser considerada a integração no Programa POLIS.
Área de Conflito 7 9
Margem Sul da Lagoa de Albufeira
 
Espaço de Equipamento no PDM de Sesimbra, proposto pelo POOC para Espaço Área Natural (deEnquadramento) e Área Agrícola .Propõe-se a adopção de medidas preventivas numaA faixa entre o perímetro urbano cartografadono PDM de Sesimbra e a linha de delimitação da REN, que a qual o PDM cartografa como espaçode equipamento, encontra-se sujeita a medidas preventivas ao abrigo da Resolução de Conselho
de Ministros nº 56/2002, de 13 de Março. Na “Revisão do Plano Parcial de Urbanização da Lagoade Albufeira”, em elaboração pela Câmara Municipal de Sesimbra, é proposto o alargamento do
perímetro urbano dentra dentro desta faixa. Em fase de concertação com a Câmara Municipal deSesimbra, e por se tratar da resolução de uma área AUGI, foi decidido rever os limites da ÁreaUrbana e de Urbanização Programada de acordo com o proposto na Planta de SínteseO POOC propõe a integração em nasem Espaço Áreas Naturalis, na subcategoriacomo Áreas deEnquadramento, da área que, naquela faixa, não se encontra comprometida com núcleoshabitacionais, não permitindo deste modo mais construções de habitação para além dasexistentes, à excepção da possibilidade de colmatar a frente urbana. Este espaço destina-seapenas a equipamentos de apoio à fruição pública, recreio e lazer.Subsistem divergências entre a classificação do PDM (espaço de Equipamento) e o uso actual etendencial do solo (Espaço Urbano-Urbanizável). Adoptou-se, fora da faixa de renaturalização erecuo das construções, a classificação como Área Urbanizada e de Urbanização ProgramadaEspaço Urbano-Urbanizável. O POOC propõe UOPG.
Área de Conflito 8 10
Praia das Bicas
 
Proposta no PDM de Sesimbra como Espaço de Equipamento, esta área conhece enormesproblemas de erosão e recuo da arriba. O POOC propõe a afectaçãoclassificação deste destaárea a um Espaço Naturalumacomo Área de Enquadramento.Pensa-se que esta classe de espaço será compatível com zonas de estacionamento. O POOCpropõe UOPG.
 
Área de Conflito 9 11 - Pedreira do Cavalo
 
É identificado como um conflito de ordenamento a área compreendida entre os limites do EspaçoTurístico do PDM e a proposta do POOC de redução daquela área. A redução do Espaço Turísticoprevisto em PDM prende-se com os objectivos de salvaguarda da crista da arriba, do conjuntocársico das grutas do Zambujal e do Frade e com a ocorrência de importantes endemismosflorísticos da Arrábida. Esta redefinição de limites apoiou-se por sua vez nos limites definidospelo "Projecto Integrado de Exploração e Recuperação Paisagística" (1997) o qual possuiu umacomissão de acompanhamento constituída pelo PN Arrábida, DRAOT LVT, DRELVT e CMSesimbra.As áreas de conflito são reclassificadas no âmbito do POOC. Muito embora o POOCse concordecom a integração da Pedreira do Cavalo em Espaço Áreas de Uso Turístico, com a consequenteviabilização da sua recuperação, revela-se premente o recuo da mancha turística face àproximidade da arriba. Esta pequena franja será integrada, por questões morfológicas, nos nas

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->