Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
1Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Khan Younis

Khan Younis

Ratings: (0)|Views: 9|Likes:
Published by Giuliano Valverde
O que aconteceu em Khan Younis – por mais que os israelenses disfarcem seu vandalismo com palavreado sobre a “segurança” – foi uma vergonha. Foi uma destruição de casas – não, chamemos de “destruição de lares” – a uma escala sem precedentes até o momento, pois enviaram uma bateria inteira de escavadeiras para pulverizar aquela parte elevada de Khan Younis de onde se via o mar, de onde – segundo o exército israelense – haviam atirado contra suas forças de ocupação.
O que aconteceu em Khan Younis – por mais que os israelenses disfarcem seu vandalismo com palavreado sobre a “segurança” – foi uma vergonha. Foi uma destruição de casas – não, chamemos de “destruição de lares” – a uma escala sem precedentes até o momento, pois enviaram uma bateria inteira de escavadeiras para pulverizar aquela parte elevada de Khan Younis de onde se via o mar, de onde – segundo o exército israelense – haviam atirado contra suas forças de ocupação.

More info:

Published by: Giuliano Valverde on Mar 15, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/15/2013

pdf

text

original

 
Extraído do livro
 A Grande Guerra pela Civilização: aconquista do Oriente Médio
, de Robert Fisk, páginas 639-640:
Estou em pé no meio do pó e dos escombros do campo de refugiadospalestino de Khan Younis no começo do ano 2001. Em meu caderno consta adata, 15 de abril, junto com as palavras:
Em qualquer outro lugar seria umescândalo, uma atrocidade
. Se os palestinos houvessem destruídodeliberadamente o lar de duzentos israelenses, como escrevi na reportagem parao
The Independent 
aquela noite, teriam falado de barbárie, de
terrorismo
,seriam ouvidas graves advertências do novo presidente dos Estados Unidos,George W. Bush, dirigidas a Arafat para
deter a violência
. Porém, foram osisraelenses que destruíram os lares de pelo menos duzentos palestinos em Gazana manhã do Domingo de Páscoa de 2001, que destruíram seus móveis, suasroupas, seus tapetes e seus colchões, e reduziram suas casinhas a cimentopulverizado, até o ponto de deixar Khan Younis parecendo vítima de umterremoto; então, evidentemente, não se tratava de
terrorismo
, mas de
segurança
.Os velhos estão sentados como estátuas no meio do lixão em que osisraelenses transformaram suas casas. Muitos deles, como Ahmed Hassan AbuRadwan, de 75 anos de idade, haviam sido expulsos de seus lares da Palestina
 em seu caso, de Beersheba
em 1948; agora, as mesmas pessoas osdesapropriam de seus bens pela segunda vez em 53 anos, desta vez por cortesiade Ariel Sharon. Talvez seja impossível desonrar a História. O que aconteceu emKhan Younis
por mais que os israelenses disfarcem seu vandalismo compalavreado sobre a
segurança
 
foi uma vergonha. Foi uma destruição decasas
não, chamemos de
destruição de lares
 
a uma escala sem precedentesaté o momento, pois enviaram uma bateria inteira de escavadeiras parapulverizar aquela parte elevada de Khan Younis de onde se via o mar, de onde
 segundo o exército israelense
haviam atirado contra suas forças de ocupação. À medida que as máquinas subiam da costa pela estrada, depois da meia-noite,milhares de palestinos começaram a sair correndo e gritando de suas casinhas erefúgios de cimento.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->