Welcome to Scribd. Sign in or start your free trial to enjoy unlimited e-books, audiobooks & documents.Find out more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
03281_12_Decisao_moliveira_APL-TC.pdf

03281_12_Decisao_moliveira_APL-TC.pdf

Ratings: (0)|Views: 0|Likes:

More info:

Published by: Tribunal de Contas do Estado da Paraíba on Mar 21, 2013
Copyright:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/21/2013

pdf

text

original

 
 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC N.º 03281/12
Objeto: Prestação de Contas AnuaisÓrgão/Entidade: Câmara Municipal de PirpiritubaExercício: 2011Relator: Auditor Oscar Mamede Santiago MeloResponsáveis: João Vanderlan Costa Silva e Pedro Salustiano da SilvaEMENTA: PODER LEGISLATIVO MUNICIPAL – PRESTAÇÃO DECONTAS ANUAIS – PRESIDENTE DE CÂMARA DE VEREADORES –ORDENADOR DE DESPESAS – CONTAS DE GESTÃO – APRECIAÇÃODA MATÉRIA PARA FINS DE JULGAMENTO – ATRIBUIÇÃO DEFINIDANO ART. 71, INCISO II, DA CONSTITUIÇÃO DO ESTADO DAPARAÍBA, E NO ART. 1º, INCISO I, DA LEI COMPLEMENTAR ESTADUAL N.º 18/93 – Regularidade.
 ACÓRDÃO APL – TC – 00113/13
 Vistos, relatados e discutidos os autos da
PRESTAÇÃO DE CONTAS DE GESTÃO DOS PRESIDENTES DA CÂMARA MUNICIPAL DE PIRPIRITUBA,
relativa ao exercício financeiro de2011,
SRS. JOÃO VANDERLAN COSTA SILVA 
(período janeiro/fevereiro e maio a agosto) e
PEDRO SALUSTIANO DA SILVA 
(período março/abril e setembro a dezembro)
 ,
acordam, porunanimidade, os Conselheiros integrantes do
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DA PARAÍBA 
, em sessão plenária realizada nesta data, na conformidade da proposta de decisãodo relator, em, com fundamento no art. 71, inciso II, da Constituição Estadual, e no art. 1º,inciso I, da Lei Complementar Estadual n.º 18/93,
JULGAR REGULARES 
as referidas contas.Presente ao julgamento o Ministério Público junto ao Tribunal de ContasPublique-se, registre-se e intime-se.TCE – Plenário Ministro João Agripino
João Pessoa, 13 de março de 2013
Conselheiro Fábio Túlio Filgueiras Nogueira Presidente 
 
 Auditor Oscar Mamede Santiago Melo Relator Isabella Barbosa Marinho Falcão Procuradora Geral do MPE/TCE-PB 
 
 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC N.º 03281/12RELATÓRIO
 AUDITOR OSCAR MAMEDE SANTIAGO MELO (Relator): O processo eletrônico TC
03281/12
trata do exame das contas de gestão dos Presidentes da
Câmara Municipal dePirpirituba
, Vereadores
João Vanderlan Costa Silva
(período janeiro/fevereiro e maio aagosto) e
Pedro Salustiano da Silva
 
(período março/abril e setembro a dezembro)
 ,
 relativas ao exercício financeiro de
2011
. A Auditoria deste Tribunal, com base nos documentos que compõe os autos, emitiu relatórioconstatando, sumariamente, que:a) a Prestação de Contas foi apresentada ao TCE/PB no prazo legal e em conformidade coma Resolução RN TC 03/10;b) A Lei Orçamentária Anual de 2011 – LOA Nº 29, de 30 de dezembro de 2010, estimou astransferências em R$ 650.356,00 e fixou a despesa em igual valor;c) a receita orçamentária efetivamente transferida, durante o exercício, foi da ordem deR$ 520.061,41;d) a despesa orçamentária realizada atingiu R$ 520.954,08;e) o total da despesa do Poder Legislativo alcançou o percentual de 6,99% do somatório dareceita tributária e das transferências efetivamente arrecadadas no exercício anterior;f) os gastos com a folha de pagamento da Câmara Municipal corresponderam a 59,82% dastransferências recebidas;g) a remuneração de cada Vereador correspondeu a 13,73% (janeiro/2011) e a 9,84% (apartir de fevereiro) da remuneração recebida pelo Deputado Estadual e representou 65,00%do valor fixado no instrumento normativo que rege a matéria em análise: Lei nº 007/2008;h) os subsídios dos vereadores, no exercício, corresponderam a 2,45% da ReceitaEfetivamente Arrecadada pelo Município;i) a despesa com pessoal foi de 2,50% da RCL, obedecendo aos limites estabelecidos na Leide Responsabilidade Fiscal; j) os RGF foram enviados a este Tribunal dentro do prazo, foram devidamente publicados econtêm todos os demonstrativos previstos na Portaria nº 249/10 da Secretaria do TesouroNacional. A Auditoria concluiu pelo atendimento integral aos preceitos da LRF e que não foramevidenciadas irregularidades quanto aos demais aspectos examinados.É o relatório.
PROPOSTA DE DECISÃO
 AUDITOR OSCAR MAMEDE SANTIAGO MELO (Relator): Tendo em vista a conclusãoregistrada pelo Órgão Técnico de Instrução de que não foi evidenciada qualquerirregularidade nas contas em apreço, proponho que o Tribunal de Contas do Estado da
 
 TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO
PROCESSO TC N.º 03281/12
Paraíba, com fundamento no art. 71, inciso II, da Constituição Estadual, e no art. 1º, incisoI, da Lei Complementar Estadual n.º 18/93,
JULGUE REGULARES 
as contas dos Presidentesdo Poder Legislativo de Pirpirituba durante o exercício financeiro de 2011, Vereadores
João Vanderlan Costa Silva
(período janeiro/fevereiro e maio a agosto) e
Pedro Salustianoda Silva
 
(período março/abril e setembro a dezembro)
.
 É a proposta.
João Pessoa, 13 de março de 2013
 Auditor Oscar Mamede Santiago Melo Relator 

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->