Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
2Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Arte Romana

Arte Romana

Ratings:

5.0

(1)
|Views: 3,242|Likes:
Published by Wellington Barros

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Wellington Barros on Mar 12, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/16/2009

pdf

text

original

 
 Arte Romana
A arte romana desenvolve-se durante os quase seis séculos que vão da terceiraGuerra Púnica (146 A.C.) ao séc. IV D.C., quando perde a originalidade e se dissolve nacristã-primitiva, e na bizantina. Para sua formação contribuíram elementos gregos eetruscos – principalmente gregos, o que se explica pela conquista de toda a Itália, entãosede de inúmeras colônias gregas, pelas legiões romanas (séc. III A.C.). Os romanos,contudo, souberam adaptar tais elementos a seu gosto nacional, e forjaram um estiloque, muito embora derivado, não deixa de ser inconfundivelmente romano. É quesubsistiram, em Roma, duas artes, uma de cunho oficial e nitidamente grega, outra denatureza popular, bárbara. A vitalidade dessa arte bárbara, em que predominamelementos etruscos, aproxima-a de certas manifestações artísticas modernas, de que sãocomo que prenúncio.Herdeiros e continuadores da cultura grega, os romanos praticamente nadainovaram em matéria de arte. Mas sua contribuição original dá-se, no campo daarquitetura, na valorização do espaço interno – até então totalmente negligenciado, e nacompreensão da dupla importância, estética e estrutural, de elementos como o arco e aabóbada. Por sua forte dose de utilitarismo, a arquitetura romana aproxima-se damoderna mais do que qualquer outra antiga. Além do mais, foram os romanos grandesengenheiros e resolveram certos problemas de engenharia de pontes e aquedutos por métodos ainda hoje úteis.
 Escultura:
A escultura romana começa pelo retrato, que em suma se baseia no culto dosantepassados: o rosto do morto é reproduzido num material perdurável, e assim preservado. A semelhança era, por conseguinte, condição primordial dessa escultura, e para consegui-la não raro os artistas sublinhavam os traços mais típicos de um rosto,como o de Augusto de Primaporta, executado a maneira grega de Policleto por volta donascimento de Cristo. Mais puramente romanos são os relevos do Altar da Paz.Sob os flavianos, Vespasiano, Tito e Domiciano, desenvolve-se o estilo a que sechamou de flaviano. A escultura de retratos atinge então o naturalismo, com prejuízo daemoção.

Activity (2)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->