Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Cartografias de uma improvisação física e experimental

Cartografias de uma improvisação física e experimental

Ratings: (0)|Views: 32|Likes:
A dissertação trata da pesquisa em artes cênicas que se caracteriza como
improvisação física e experimental na modalidade de estudos compositivos. Suas cartografias, um conceito apresentado pelos pensadores Gilles Deleuze e Félix Guattari, implicam em abertura, conexão e multiplicidade, tanto no que se diz da própria prática-pensamento, em que se exercita, quanto dos diálogos que estabelece com outras práticas-pensamento, sejam conceituais ou de
procedimentos artísticos que se tornam disponíveis. A pesquisa transita por
vivências e fontes heterogêneas, como as oficinas com crianças, adolescentes com deficiência visual, usuários do sistema de saúde mental e aquelas que se deram nos espaços de formação teatral, incluindo as oficinas com atores e bailarinos. Entre as fontes de pesquisa, em ressonância com o estado da arte da cena contemporânea, encontram-se: o procedimento working in progress, as desestabilizações provocadas pelas vanguardas artísticas, os teatros pós-dramáticos, físicos e experimentais, a performance art e a dança pós-moderna. Em termos de fontes conceituais, a pesquisa apropria-se das ferramentas proporcionadas pelos pensadores Deleuze e Guattari, no sentido de provocar e potencializar sua prática-pensamento. A improvisação física e experimental configura-se a partir dos seguintes planos: corpo, espaço, objeto, tempo e fluxo operatório e expressivo. As materialidades expressivas, através das quais se improvisa e compõe-se física e experimentalmente, são: movimento, ação, gesto, imagem, escultura e som.
A dissertação trata da pesquisa em artes cênicas que se caracteriza como
improvisação física e experimental na modalidade de estudos compositivos. Suas cartografias, um conceito apresentado pelos pensadores Gilles Deleuze e Félix Guattari, implicam em abertura, conexão e multiplicidade, tanto no que se diz da própria prática-pensamento, em que se exercita, quanto dos diálogos que estabelece com outras práticas-pensamento, sejam conceituais ou de
procedimentos artísticos que se tornam disponíveis. A pesquisa transita por
vivências e fontes heterogêneas, como as oficinas com crianças, adolescentes com deficiência visual, usuários do sistema de saúde mental e aquelas que se deram nos espaços de formação teatral, incluindo as oficinas com atores e bailarinos. Entre as fontes de pesquisa, em ressonância com o estado da arte da cena contemporânea, encontram-se: o procedimento working in progress, as desestabilizações provocadas pelas vanguardas artísticas, os teatros pós-dramáticos, físicos e experimentais, a performance art e a dança pós-moderna. Em termos de fontes conceituais, a pesquisa apropria-se das ferramentas proporcionadas pelos pensadores Deleuze e Guattari, no sentido de provocar e potencializar sua prática-pensamento. A improvisação física e experimental configura-se a partir dos seguintes planos: corpo, espaço, objeto, tempo e fluxo operatório e expressivo. As materialidades expressivas, através das quais se improvisa e compõe-se física e experimentalmente, são: movimento, ação, gesto, imagem, escultura e som.

More info:

Categories:Topics, Art & Design
Published by: Luiz Carlos Garrocho on Apr 03, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/24/2014

pdf

text

original

 
0
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MINAS GERAIS – UFMG
Escola de Belas ArtesLuiz Carlos Garrocho
CARTOGRAFIAS DE UMA IMPROVISAÇÃOFÍSICA E EXPERIMENTAL
Belo Horizonte2007
 
1
Luiz Carlos Garrocho
CARTOGRAFIAS DE UMA IMPROVISAÇÃOFÍSICA E EXPERIMENTAL
Dissertação apresentada ao Programa dePós-Graduação em Artes da Escola deBelas Artes da Universidade Federal deMinas Gerais, como exigência parcialpara obtenção do título de Mestre emArtesÁrea de Concentração: Arte e Tecnologiada ImagemOrientador: Prof. Fernando AntônioMencarelliBelo HorizonteEscola de Belas Artes da UFMG2007
 
2
Garrocho, Luiz Carlos, 1954-Cartografias de uma improvisação física eexperimental /Luiz Carlos Garrocho. – 2007.228 f. : il.Orientador: Fernando Antonio MencarelliDissertação (mestrado) – Universidade Federal deMinas Gerais, Escola de Belas Artes, 2006.1. Improvisação (Artes cênicas) – Teses 2. Teatrofísico – Teses 3. Estudos compositivos (Artes cênicas) – TesesI. Mencarelli, Fernando Antonio II. Universidade Federal deMinas Gerais. Escola de Belas Artes III. Titulo.CDD: 792.028

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->