Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
3Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
REDE TRANSEUROPEIA TRANSPORTES - ORIENTAÇÕES [UE - 1996]

REDE TRANSEUROPEIA TRANSPORTES - ORIENTAÇÕES [UE - 1996]

Ratings: (0)|Views: 7|Likes:
Published by Rui M. C. Pimenta

More info:

Published by: Rui M. C. Pimenta on Apr 08, 2013
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/18/2013

pdf

text

original

 
Este documento constitui um instrumento de documentação e não vincula as instituições
B DECISÃO N.
o
1692/96/CE DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHOde 23 de Julho de 1996sobre as orientações comunitárias para o desenvolvimento da rede transeuropeia de transportes
(JO L 228 de 9.9.1996, p. 1)Alterado por:Jornal Oficialn.° página data
M1
Decisão n.
o
1346/2001/CE do Parlamento Europeu e do Conselho de22 de Maio de 2001L 185 1 6.7.2001
M2
decisão n.
o
884/2004/CE do Parlamento Europeu e do Conselhode 29 de Abril de 2004L 167 1 30.4.2004
M3
Regulamento (CE) n.
o
1791/2006 do Conselho de 20 de Novembro de2006L 363 1 20.12.2006Alterado por:
A1
Acto relativo às condições de adesão da República Checa, da Repúblicada Estónia, da República de Chipre, da República da Letónia, da Re pública da Lituânia, da República da Hungria, da República de Malta,da República da Polónia, da República da Eslovénia e da RepúblicaEslovaca e às adaptações dos Tratados em que se funda a União Euro peiaL 236 33 23.9.2003Rectificada por:
C1
Rectificação, JO L 15 de 17.1.1997, p. 1 (1692/96/CE)
C2
Rectificação, JO L 288 de 1.11.2001, p. 53 (1346/2001/CE)
C3
Rectificação, JO L 126 de 28.4.2004, p. 2 (1346/2001/EC)
C4
Rectificação, JO L 201 de 7.6.2004, p. 1 (2010/70/CE)1996D1692
— 
PT
— 
01.01.2007
— 
004.002
— 
1
 
DECISÃO N.
o
1692/96/CE DO PARLAMENTO EUROPEU E DOCONSELHOde 23 de Julho de 1996sobre as orientações comunitárias para o desenvolvimento da redetranseuropeia de transportes
O PARLAMENTO EUROPEU E O CONSELHO DA UNIÃO EUROPEIA,
Tendo em conta o Tratado que institui a Comunidade Europeia e, no-meadamente, o primeiro parágrafo do seu artigo 129.
o
D,Tendo em conta a proposta da Comissão (
1
),Tendo em conta o parecer do Comité Económico e Social (
2
),Tendo em conta o parecer do Comité das Regiões (
3
),Deliberando nos termos do procedimento previsto no artigo 189.
o
B doTratado (
4
),
(1)
Considerando que o estabelecimento e o desenvolvimento dasredes transeuropeias contribuem para a realização de importantesobjectivos comunitários, como o bom funcionamento do mercadointerno e o reforço da coesão económica e social;
(2)
Considerando que o estabelecimento e o desenvolvimento, emtodo o território comunitário, de redes transeuropeias no sector dos transportes têm igualmente como objectivos específicos ga-rantir uma mobilidade sustentável das pessoas e das mercadoriasnas melhores condições sociais, ambientais e de segurança possí-veis e integrar todos os modos de transporte tendo em conta assuas vantagens relativas; que a criação de postos de trabalho éuma das consequências possíveis da rede transeuropeia;
(3)
Considerando que o Livro Branco da Comissão sobre o desen-volvimento de uma política comum dos transportes preconiza amelhor utilização possível das capacidades existentes e a integra-ção de todas as redes relativas aos vários modos de transportenuma rede transeuropeia de transportes rodoviário, ferroviário, denavegação interna, marítimo e aéreo, tanto de mercadorias comode passageiros, bem como de transportes combinados;
(4)
Considerando que a navegação de curta distância pode, nomea-damente, contribuir para aliviar as vias de transportes terrestres;
(5)
Considerando que a integração das redes à escala europeia só pode ser desenvolvida progressivamente, com base numa interli-gação dos vários modos de transporte, tendo em vista uma me-lhor utilização das vantagens inerentes a cada um desses modos;
(6)
Considerando que, para atingir esses objectivos, é necessária umaacção comunitária de orientação que respeite o princípio da sub-sidiariedade; que é conveniente definir as grandes linhas e as prioridades da acção comunitária prevista no domínio das redestranseuropeias de transportes;
B
1996D1692
— 
PT
— 
01.01.2007
— 
004.002
— 
2
(
1
) JO n.
o
C 220 de 8. 8. 1994, p. 1 e JO n.
o
C 97 de 20. 4. 1995, p. 1.(
2
) JO n.
o
C 397 de 31. 12. 1994, p. 23.(
3
) JO n.
o
C 210 de 14. 8. 1995, p. 34.(
4
) Parecer do Parlamento Europeu de 18 de Maio de 1995 (JO n.
o
C 151 de 19.6. 1995, p. 234), posição comum do Conselho de 28 de Setembro de 1995(JO n.
o
C 331 de 8. 12. 1995, p. 1) e decisão do Parlamento Europeu de13 de Dezembro de 1995 (JO n.
o
C 17 de 22. 1. 1996, p. 58). Decisão doConselho de 15 de Julho de 1996 e decisão do Parlamento Europeu de 17 deJulho de 1996 (ainda não publicada no Jornal Oficial).
 
(7)
Considerando que é necessário identificar os projectos de inte-resse comum que correspondem a esses objectivos e se inscrevemnas prioridades da acção assim fixadas; que devem apenas ser tomados em consideração os projectos que apresentem boas pers- pectivas de viabilidade económica;
(8)
Considerando que é necessário que os Estadosmembros tenhamem conta a protecção do ambiente, mediante a realização deestudos de impacto ambiental, nos termos da Directiva85/337/CEE do Conselho, de 27 de Junho de 1985, relativa àavaliação dos efeitos de determinados projectos públicos e priva-dos no ambiente (
1
), e a aplicação da Directiva 92/43/CEE doConselho, de 21 de Maio de 1992, relativa à preservação dos
habitats
naturais e da fauna e da flora selvagens (
2
), aquandoda realização dos projectos de interesse comum;
(9)
Considerando que a autorização de determinados projectos públi-cos e privados susceptíveis de terem incidências significativas noambiente só deverá ser concedida após avaliação prévia dos efei-tos significativos que esses projectos são susceptíveis de ter noambiente, na observância da regulamentação comunitária em vi-gor;
(10)
Considerando que é conveniente identificar projectos de interessecomum respeitantes, não apenas aos diversos modos de transportenuma abordagem multimodal, mas também aos sistemas de ges-o do tráfego e de informão do utente e aos sistemas dedeterminação da posição e de navegação;
(11)
Considerando que a presente decisão tem por objectivo, entreoutros aspectos, a identificação desses projectos de interesse co-mum; que esses projectos são identificados no anexo I, no anexoII e no articulado da presente decisão; que o Conselho Europeude Essen atribuiu especial importância a catorze desses projectos;
(12)
Considerando que é conveniente que a Comissão apresente dedois em dois anos um relatório sobre a aplicação da presentedecisão e de cinco em cinco anos um relatório indicando se asorientações carecem ou não de revisão;
(13)
Considerando que é necessário instituir junto da Comissão umcomiencarregado nomeadamente de assistir a Comissãoaquando da análise da aplicação e do desenvolvimento das pre-sentes orientações,
ADOPTARAM A PRESENTE DECISÃO:SECÇÃO 1
PRINCÍPIOS GERAIS
 Artigo 1.
o
Objecto
1. A presente decisão destinase a estabelecer as orientações quantoaos objectivos, prioridades e grandes linhas de acção previstas no do-mínio da rede transeuropeia de transportes; estas orientações identifica-rão projectos de interesse comum cuja realização deverá contribuir parao desenvolvimento da rede à escala comunitária.2. As orientações referidas no n.
o
1 constituem um quadro geral dereferência destinado a incentivar as acções dos Estadosmembros e,eventualmente, da Comunidade, tendo em vista a realização de projectosde interesse comum que assegurem a coerência, a interconexão e a
B
1996D1692
— 
PT
— 
01.01.2007
— 
004.002
— 
3
(
1
) JO n.
o
L 175 de 5. 7. 1985, p. 40.(
2
) JO n.
o
L 206 de 22. 7. 1992, p. 7.

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->