Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
73Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
A Morte e o Morrer

A Morte e o Morrer

Ratings:

4.5

(2)
|Views: 6,758 |Likes:
Published by MariSuzarte
Trabalho em ppt sobre o tema Morte e Morrer na matéria Bioética e Deontologia
Trabalho em ppt sobre o tema Morte e Morrer na matéria Bioética e Deontologia

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: MariSuzarte on Mar 21, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/23/2013

pdf

text

original

 
 
A Morte e o Morrer A Morte e o Morrer 
Bioética e DeontologiaBioética e Deontologia
Feira de SantanaFeira de Santana20072007
 
 
Introdução
 As discussões acerca das questões fundamentais sobre o fim davida e da proximidade da morte, levam a uma reflexão bioéticasobre temas complexos como a qualidade de vida, dignidade noprocesso de morrer e autonomia nas escolhas em relação à própriavida nos seus momentos finais, além da diversidade de opiniõessobre as questões de morte e morrer, verdades e suposições. Ainterferência do avanço tecnológico na medicina favoreceu a curade doenças e prolongamento da vida, mas quando exageradoprolonga o sofrimento do indivíduo, estimulando discussões acercada autonomia de escolha sobre sua morte.
 
 
LegislaçãoLegislação
A lei 9434, de 1997, por morteencefálica permite a retirada deórgãos, tecidos e partes do corpohumano por ocasião de morteencefálica, que é a ausência total dasfunções cerebrais. Permite otransplante de órgãos.Não há autorização legal para aeutanásia nem para o suicídioassistido.
 
A Constituição Federal (art. 1.º, III, e art. 5.º, III) - que reconhece a dignidade dapessoa humana como fundamento do estado democrático brasileiro e dizexpressamente: ninguém será submetido a tortura nem a tratamento desumanoou degradante -, no Código Civil (art. 15) - que autoriza o paciente a recusar determinados procedimentos médicos -, na Lei Orgânica da Saúde (Lei n.8.080/90, art. 7.º, III) - que reconhece o direito à autonomia do paciente - e noCódigo de Ética Médica - que repete esses mesmos princípios legais e aindaproíbe o médico de realizar procedimentos terapêuticos contra a vontade dopaciente, fora de um quadro de emergência médica de salvação, o que não é ocaso de um quadro irreversível, sem nenhuma resposta a qualquer tipo detratamento.

Activity (73)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Cátia Ferreira liked this
Cilene Pereira liked this
Marcia Pelison liked this
Ingrid Alves liked this
Bruno Forte liked this
Mikhaelly liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->