Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
110Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
O que é educação?

O que é educação?

Ratings:

4.5

(4)
|Views: 36,904 |Likes:
Published by aninhazero

More info:

Published by: aninhazero on Mar 22, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/14/2013

pdf

text

original

 
O QUE É EDUCAÇÃO
“Imagina-te como uma parteira. Acompanhas o nascimento dealguém, sem exibição ou espalhafato. Tua tarefa é facilitar oque está acontecendo. Se deves assumir o comando, faz issode tal modo que auxilies a mãe e deixes que ela continue livre eresponsável. Quando nascer a criança, a mãe dirá com razão:nós três realizamos esse trabalho” 
 
(
Adaptação. de Lao Tse, séc. V a C
.)
“Desde pequeno tive que interromper minhaeducação para entrar na escola” 
 
 –
Bernard Shaw.
 A educação é uma das maneiras de tornar comum o saber, aidéia, a crença... Tem a ver com a prodão, transmiso ereprodução do conhecimento. A educação pode existir imposta por um sistema centralizado de poder que usa a educação como umrecurso a mais de dominação. Também pode ser uma construçãocoletiva, com participação co-responsável das pessoas envolvidas,que usa a educação como instrumento de libertação. A formação política é um processo educativo e significa uma disputa dehegemonia entre grupos que buscam dar a direção da sociedade, no plano político, ideológico e cultural.Toda formação tem uma intencionalidade, explícita ou oculta,a partir da perspectiva que rumo ao conhecimento. Aintencionalidade política da educação popular nasce da concepçãode mundo e da opção ideológica que sugere uma direção à classetrabalhadora. Por isso, o objetivo da formação política, da educação popular, é qualificar as pessoas da classe oprimida que se dispõem àluta contra a injustiça. Ela serve à estratégia de um grupo demilitantes, de determinada ideologia, que luta por transformações nonível político, econômico e cultural. Porque ajuda na elaboração,implantação, acompanhamento e, na permanente avaliação de umaestratégia de poder, essa formação será sempre um ato político.
 
Numa sociedade de classes, qualquer formação é uma preparação para acomodar-se a um sistema de dominação ou paraenvolver-se na sua transformação. Nascidas de visões antagônicas,a formão conservadora ou libertadora m cada qual suametodologia. Na educação domesticadora, tornar comum significanaturalizar a prática de impor, de forma autoritária ou populista,diferentes pacotes que perpetuam a ordem dominante, onde as
1
 
 pessoas são ensinadas a introjetar e a reproduzir conteúdos emodelos que fortalecem a estrutura de opressão. Na educaçãolibertadora, tornar comum é um caminho que busca incorporar as pessoas como protagonistas e estimula seu potencial silenciado eatrofiado para a construção de uma nova ordem, com pessoasnovas.Muita gente está convencida que o conhecimento liberta.Muitas vezes, de forma mais ou menos intencional, se reduz o saber à escolarizão, à erudição acadêmica, ao um arquivo deinformações ou à assimilação de conceitos. O conhecimento pressupõe dados, informações e assimilação de conceitos. Se oobjetivo do conhecimento é apenas entender o mundo, ele pode ser obtido na escola tradicional.Se o objetivo do saber é conhecer o mundo para transformá-lo, tal conhecimento, além de ser cienfico, teque seexperimentado na prática social. Aí, se comprova se os dados,informações, conceitos, planos e, com eles os “intelectuais”,significam erudição ou conhecimento. Quando colocado a serviço deuma estratégia e dentro um método, o saber pode tornar-se forçamaterial que transforma a natureza e a sociedade.A verdadeira formação será necessariamente crítica aqualquer endoutrinamento ou dogmatismo que treina obedientesseguidistas. É, igualmente, contrária a toda ausência de princípios,ecletismo ou forma de basismo (elogio oportunista a um falso saber  popular). A repetição de rmulas acabadas, de receitastransplantadas ou a aceitação do contraditório senso comum tem produzido imbecis disciplinados que levam ao afundamento qualquer organização. Criticar é um dever. Um educando só seria digno deseu educador se ousasse combater um ponto de vista que lhe parece equivocado.Educão popular é um ato de amor que contribui nodespertar da consciência crítica e que desafia os protagonistas aassumirem seu destino, individual e coletivo. Esse ato amoroso semanifesta na entrega solidária, (distinta de piedade, martírio ou técnica utilitarista), na recordação da memória subversiva quealimenta o ânimo da militância e na esperança que as pessoas sedesenvolvam, como gente e como povo. Nessa missão, oseducadores cultivam valores que se expressam no seu jeito de pensar, de agir e sentir e no amor pelo povo, no companheirismo, noespírito de superação, no espírito de humildade, no espírito de
2

Activity (110)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 thousand reads
1 hundred reads
emanuelle222 added this note
hurrulllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllslllllllllllllllllllllllllllllllllllllllslllllllllllllllllllllllllllllllllllslllllllllllllllllllllllllllllllllllsllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllsllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllllsllllllllllllllllllllllllllllllllllllllslllllllllllllllllllllllllllllllllllllslllllllllllllllllllllllllllllllsllllllll
Layla Pinheiro liked this
Edilce Miercalm liked this
João Pessoa liked this
Lucélia Viana liked this
Klévia Delmiro liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->