Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Save to My Library
Look up keyword
Like this
48Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
PRINCIPAIS AUTORES HUMANISTAS DO MOVIMENTO RENASCENTISTA, SUAS PRINCIPAIS IDÉIAS E CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DO CHAMADO “HOMEM MODERNO” - PROF. DR. PAULO GOMES LIMA - UFGD

PRINCIPAIS AUTORES HUMANISTAS DO MOVIMENTO RENASCENTISTA, SUAS PRINCIPAIS IDÉIAS E CONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DO CHAMADO “HOMEM MODERNO” - PROF. DR. PAULO GOMES LIMA - UFGD

Ratings:

5.0

(3)
|Views: 27,208 |Likes:
Published by Paulo Gomes Lima
Estudo sobre alguns dos representantes do pensamento humanista e suas contribuições para o pensamento e pedagogia moderna.
Estudo sobre alguns dos representantes do pensamento humanista e suas contribuições para o pensamento e pedagogia moderna.

More info:

Published by: Paulo Gomes Lima on Mar 22, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/09/2013

pdf

text

original

 
PRINCIPAIS AUTORES HUMANISTAS DO MOVIMENTORENASCENTISTA, SUAS PRINCIPAIS IDÉIAS ECONTRIBUIÇÕES PARA A FORMAÇÃO DO CHAMADO“HOMEM MODERNO”
Paulo Gomes LimaProf. Adjunto da FAED/UFGD – MS
.Área Fundamentos da Educação
Num primeiro momento podemos citar Pretarca (1304-1374). Suaprincipal contribuição foi a retomada do neoplatonismo como fiocondutor do pensamento de então. Lembrando que o pensamentoadvindo de “autoridades eclesiásticas” condicionava o ser e estar dohomem no mundo do peodo, além do que toda a ciência eraorientada por essa perspectiva. Através dessa revisitação de Pretarca éque foi recriada a Academia Platônica (1462), da qual viriam a sedestacar outros três nomes do período: Nicolau de Cusa (1400-1464),Marsilio Ficino (1433-1499) e Giovanni Pico Della Mirandola (1463-1494).Nicolau de Cusa (1400-1464), contesta a gica aristolica,enfatizando que o princípio da contradição utilizado pelos realistas nãodava conta de responder a todas as inquietações do homem, uma vezque responde à necessidade do mundo da natureza (finito), mas nemresvala na explicação do mundo dos mistérios e reflexões (infinito). Asua conclusão é de que existe um imenso abismo entre o finito e oinfinito, explicada somente pela “douta ignorância” reconhecimentoda finitude humana, frente a grandeza e o processo de revelador deDeus.Marsilio Ficino (1433-1499), acentua que sempre houve um podertranscendental manifesto ao homem, mostrando-lhe o seu Genesis e opropósito de sua vida e finalidade. Em último caso, lembra que, até pordesconhecimento atribuiu-se nomes diferentes para a mesmaentidade. Assim, para os antigos gregos que buscavam a arché era o
logos
, enquanto que para os cristãos era Deus. Crendo e apregoando a

Activity (48)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Noemi Silva liked this
Querolts Alves liked this
Job Paulo liked this
Leticia Bastos liked this
Joana Alves liked this
Francisca Mota liked this

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->