Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
9Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
inteligencia_emocional

inteligencia_emocional

Ratings: (0)|Views: 580|Likes:
Published by Lucimar

More info:

Published by: Lucimar on Mar 24, 2009
Copyright:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/10/2014

pdf

text

original

 
 IInntteelliiggêênncciiaaEEmmoocciioonnaall
 
Eu vejo a
LUZ!2008
Prof.ª Rosana Spinelli dos Santos
rjcursos@uol.com.br 
 
IInntteelliiggêênncciiaaEEmmoocciioonnaall 
Tem aumentado sistematicamente os transtornos emocionais como adepressão e delinqüência (transtornos de conduta anti-social), aumento daviolência em todos os níveis e setores sociais, atentados terroristas,seqüestros, conflitos raciais e religiosos, aumento da fome no mundo, donúmero de homicídios e suicídios, do abuso físico e sexual de mulheres ecrianças, dos problemas de não satisfação com o trabalho. Ressurgimentode focos de trabalho escravo, do número de crianças abandonadas, dodesemprego em todos os níveis, do uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas,dos problemas de conduta e evasão escolar na infância e adolescência emtodas as classes sociais, dos problemas conjugais e conflitos entre pais efilhos. Aumento vertiginoso da taxa de divórcios, da gravidez na adolescênciae do fenômeno da mãe solteira refletem uma cultura que só apostou nointelecto. Em um século avançamos tecnologicamente mais do que osdezenove que passamos, no entanto descuidamos do lado emocional...Segundo Daniel Goleman, autor do livro Inteligência Emocional, essainteligência refere-se à capacidade de identificar nossos própriossentimentos e os dos outros, de nos motivar e de gerenciar bem as emoçõesdentro de nós e em nossos relacionamentos. Isto implica autoconsciência,motivação, persistência, empatia e entendimento e também ascaracterísticas sociais como persuasão, cooperação, negociações eliderança. Esta é uma maneira alternativa de ser esperto, não em termos deQ.I. (Quociente de Inteligência), mas em termos de qualidades humanas docoração (Q.E. = Quociente Emocional).A formação acadêmica não oferece praticamente nenhum preparo para astempestades ou oportunidades que a vida impõe. Apesar de um alto Q.I. nãoser garantia de prosperidade, prestígio ou felicidade, nossas escolas ecultura concentram-se na capacidade acadêmica, ignorando odesenvolvimento da inteligência emocional. As emoções da mesma formacomo matemática ou física, com maior ou menor talento, exige seu conjuntoexclusivo de aptidões. Essas aptidões são decisivas para a compreensão dopor que um indivíduo prospera na vida, enquanto outro, de igual capacidadeintelectual, não passa da estaca zero.O que parece importar mais é como a pessoa reage às vicissitudes da vida.Quem lida com os próprios sentimentos e com os dos outros tem maiorprobabilidade de se sentir satisfeito e ser eficiente. Os que não conseguemexercer controle sobre a sua vida emocional, travam batalhas internas, nãose concentram no trabalho, perdem a capacidade de pensar com clareza.
 
A Inteligência Emocional representa a capacidade de conciliar a emoção e arazão. É essencial para a criação de carreiras profissionais prósperas erelacionamentos equilibrados e felizes. Muitas pessoas deixam de alcançarseus objetivos simplesmente porque não sabem reagir com inteligência. Osindivíduos emocionalmente inteligentes são os que usam a razão paracompreender e lidar com as emoções (as suas e as dos outros), e recorremàs emoções para interpretar o meio envolvente e tomar as melhoresdecisões. Goleman define esses comportamentos como usarinteligentemente a emoção, “as emoções podem tornar o pensamento maisinteligente, e a inteligência pode permitir pensar e usar de modo maisapurado as emoções”.
A importância das emoções
Nossas emoções foram desenvolvidas naturalmente através de milhões deanos de evolução. Como resultado, elas possuem o potencial de nos servircomo um sofisticado e delicado sistema interno de orientação quando asnecessidades humanas naturais não são encontradas. Por exemplo, quandonos sentimos sozinhos, nossa necessidade é encontrar outras pessoas.As emoções são fontes da informação e nos ajudam a tomar decisões. Osestudos mostram que quando as conexões emocionais de uma pessoa estãodanificadas no cérebro, ela não pode tomar nem mesmo as decisões maissimples, porque não sentirá nada sobre suas escolhas.Quando nos sentimos incomodados com o comportamento de uma pessoa,nossas emoções nos alertam. Se nós aprendermos a confiar em nossasemoções e sensações, ajustaremos nossos limites e protegeremos nossasaúde física e mental.As emoções nos ajudam a comunicar com os outros. Nossas expressõesfaciais, por exemplo, podem demonstrar uma grande quantidade deemoções. Se formos também verbalmente hábeis teremos uma possibilidademaior de expressar nossas emoções. Também é necessário que sejamoseficazes no escutar e entender os problemas alheios.Costumam ser classificadas como positivas ou negativas. O primeiro gruporefere-se às emoções que despertam experiências agradáveis e prazerosas,como o amor e a alegria. No outro, estão aquelas que despertam sensaçõesdesagradáveis e que podem atrapalhar a comunicação e o entendimentoentre as pessoas se não forem compreendidas, como a tristeza, o medo, araiva.

Activity (9)

You've already reviewed this. Edit your review.
1 hundred reads
1 thousand reads
Fernando Olivera liked this
mmg_ribeiro8974 liked this
Clarissa Jesus liked this
WagnerAlan liked this
ccan87 liked this
RoseCTT liked this
RoseCTT liked this

You're Reading a Free Preview

Download
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->