Welcome to Scribd, the world's digital library. Read, publish, and share books and documents. See more
Download
Standard view
Full view
of .
Look up keyword
Like this
0Activity
0 of .
Results for:
No results containing your search query
P. 1
Proc_05632_06_0563206_pcaestado2005claudio.doc.pdf

Proc_05632_06_0563206_pcaestado2005claudio.doc.pdf

Ratings: (0)|Views: 0 |Likes:

More info:

Published by: Tribunal de Contas do Estado da Paraíba on Apr 23, 2013
Copyright:Public Domain

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/23/2013

pdf

text

original

 
 
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADOPROCESSO TC Nº 05632/06
acss Fl. 1/3 
OBJETO:
Análise das despesas com pessoal (Processo decorrente de decisão plenária – Acórdão APL TC449/2006)
ÓRGÃO/ENTIDADE:
Governo do Estado da Paraíba
RESPONSÁVEL:
Ex-Governador Cássio Rodrigues da Cunha Lima
 RELATOR:
Auditor Antônio Cláudio Silva SantosEMENTA: PODER EXECUTIVO ESTADUAL – PROCESSO DECORRENTE DEDECISÃO PLENÁRIA PARA ANÁLISE DAS DESPESAS COM PESSOAL(ACÓRDÃO APL TC 449/2006 – PROCESSO TC 01509/06) – CUMPRIMENTODAS DECISÕES – ARQUIVAMENTO DOS AUTOS.
ACÓRDÃO APL TC 00184/2013
RELATÓRIO
O Tribunal Pleno, na sessão de 06/07/2006, ao apreciar a prestação de contas do Governo do Estado daParaíba, exercício de 2005 (Processo TC 01509/06), de responsabilidade do ex-Governador Cássio Rodriguesda Cunha Lima Lima, decidiu, através do Acórdão APL TC 449/2006, publicado em 22/07/2006, em:
a)
assinarprazo de 30 dias ao Secretário da Controladoria Geral do Estado para fazer publicar no DOE o Demonstrativo daProjeção Atuarial do Regime Próprio de Previdência dos Servidores;
b)
assinar prazo de 60 dias ao Secretárioda Receita para adotar providência no sentido distinguir, nos documentos de arrecadação e competente registro,os valores provenientes de cobrança do ICMS daqueles provenientes de multas, juros e correção monetária;
c)
 assinar o prazo de 60 dias ao Secretário da Administração e ao Superintendente da CODATA para remeteremao Tribunal, em mídia magnética, a folha de pagamento do Poder Executivo (Administração Direta) do períodode dezembro de 2005 a junho de 2006, contendo as informações sobre nome, data de nascimento, CPF,matrícula, natureza e código do cargo, data de admissão, vencimento total e descontos;
d)
assinar o prazo de 60dias aos Presidentes da Assembléia Legislativa e dos Tribunais de Justiça e de Contas, bem como ao Chefe doMinistério Público para que remetam ou autorizem a CODATA a enviar as mesmas informações anteriormentecitadas;
d)
assinar o prazo de 90 dias ao Secretário de Finanças e ao Procurador do Estado para remeter aoTribunal levantamento da situação atual da dívida ativa do Estado;
e)
assinar o prazo de 120 dias ao Governadordo Estado e ao Secretário de Finanças para devolução aos cofres do DETRAN da importância de dois milhõesde reais;
f)
assinar o prazo de 30 dias ao Governador do Estado e ao Secretário da Comunicação Institucionalpara retirar da publicidade oficial, divulgada em qualquer tipo de mídia, nomes, símbolos e imagem, quecaracterizem promoção pessoal de autoridades ou de quaisquer servidores públicos;
g)
assinar o prazo de 30dias aos Secretários da Saúde e da Controladoria Geral do Estado para comprovarem medidas visando àutilização de recursos para a implementação de ações e serviços públicos de saúde através do FESEP;
h)
 assinar o prazo de 30 dias à Auditoria para que dê início, em processo específico, às verificações completassobre a situação do pessoal do Estado; e
i)
recomendar ao Governador do Estado e auxiliares o estritocumprimento das disposições constitucionais, legais e normativas que dizem respeito à correta gestão da coisapública.Visando cumprir o item “
h
” da decisão supra, foi devidamente formalizado o presente processo, e designado,pelo Presidente do TCE à época, Cons. José Marques Mariz, o Grupo Especial de Trabalho - GET, formado peloACP Evandro Claudino de Queiroga, Ênio Martins Norat, Ed Wilson Fernandes de Santana e Sueli da SilvaBezerra. O Grupo de Trabalho se pronunciou, inicialmente, às fls. 12/13 dos autos, concluindo que asdeterminações contidas nos itens “c” e “d” do Acórdão APL TC 449/2006 foram cumpridas.
 
 
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADOPROCESSO TC Nº 05632/06
acss Fl. 2/3 
Encaminhado ao Relator, cons. Flávio Sátiro Fernandes, este solicitou o pronunciamento do Grupo de Trabalhoquanto às demais determinações do referido acórdão.Através do relatório de fls. 14/16, o Grupo Especial informou que as determinações contidas nos itens “a”, “b”,“e”, “g” e “h” foram também cumpridas; permanecendo ainda sem cumprimento as decisões referentes aos itens“d” e “f”.Os autos retornaram ao gabinete do Relator. O Cons. André Carlo Torres Pontes, que sucedeu ao relatororiginário, se considerou impedido de atuar no feito, por ter participado, nos autos, na qualidade de membro doMinistério Público.Sendo sorteado o novo condutor do processo, determinei o envio dos autos à Auditoria para se falar novamentesobre os itens ainda não cumpridos, tendo em vista que o último relatório da DICOG I foi emitido em 21 deagosto de 2007.Em relatório conclusivo, fls. 20/22, a DICOG I informou que o item “d” foi posteriormente cumprido. Quanto aoitem “f”, após a emissão do último relatório, até o final de gestão do ex-governador Cássio Rodrigues CunhaLima, não foi realizada inspeção com a finalidade de verificar a retirada de publicidade que caracterizassepromoção pessoal de autoridades, ficando, portanto, prejudicada a verificação do efetivo cumprimento dadeterminação contida no item “f” do Acórdão APL TC 449/06.Ouvido o Ministério Público de Contas, este emitiu parecer, fls. 24/26, da lavra da d. Procuradora Geral IsabellaBarbosa Marinho Falcão, entendendo que a verificação do cumprimento das determinações consubstanciadasno Acórdão APL TC 449/06, por parte dos responsáveis, assim como a aplicação das cominações legaiscabíveis, caso houvesse injustificado descumprimento, não está condicionada a prévia oitiva deste Parquet.Nesse contexto, pugna pelo prosseguimento da marcha processual, cabendo ao Relator o exame meritório dopresente caso.
VOTO DO RELATOR
Ante as conclusões da Auditoria, o Relator vota pelo cumprimento das determinações contidas noAcórdão APL TC 449/2006, arquivando-se os autos.
DECISÃO DO TRIBUNAL PLENO
Vistos, relatados e discutidos os autos do Processo TC nº 05632/06, que tratam do cumprimento de decisõescontidas no Acórdão APL TC 449/2006, emitido na ocasião da apreciação da prestação de contas do Governodo Estado da Paraíba, exercício de 2005, de responsabilidade do ex-Governador Cássio Rodrigues Cunha Lima,ACORDAM os Conselheiros do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, na sessão realizada nesta data, porunanimidade, com declaração de impedimento do conselheiro André Carlo Torres Pontes, em considerarcumprida as determinações contidas no Acórdão em referência, determinando-se o arquivamento dos autos.Publique-se e cumpra-se.TC-PB – Plenário Min. João Agripino.João Pessoa, 10 de abril de 2013.
 

You're Reading a Free Preview

Download
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->